Por que o abdome inferior dói?

A dor no abdome inferior tem várias causas possíveis que exigem avaliação médica para decidir a melhor forma de agir. Aprenda quais são os motivos para que ela apareça e não ignore os sintomas.
Por que o abdome inferior dói?

Última atualização: 14 Janeiro, 2022

Quando a parte inferior do abdome dói, sentimos um desconforto na área abaixo da barriga e na região pélvica. As causas estão relacionadas aos órgãos localizados nessa área:

  • Intestinos.
  • Bexiga.
  • Apêndice.
  • Ureteres.

Além disso estão incluídos o útero e os ovários nas mulheres e os testículos nos homens. No entanto, é possível que essa condição se encontre em outro lugar e seja referida como uma dor no abdome inferior, na forma de radiação.

Causas possíveis para uma dor na parte inferior do abdome

Existem vários órgãos relacionados ao abdome, por isso existem diversas possibilidades quando se experimenta uma dor na parte inferior do mesmo. Uma atenção médica imediata é necessária na maioria dos casos, pois essa pode ser uma manifestação de uma patologia grave ou que exige uma resolução cirúrgica.

Na literatura médica, esse tipo de dor é descrita como uma dor abdominal e pélvica.

Dismenorreia ou cólicas menstruais

O termo dismenorreia se refere à dor na parte inferior do abdome causada pela menstruação. As cólicas menstruais podem aparecer de 1 a 3 dias antes do início do sangramento.

Ela é descrita como uma dor intensa na parte inferior do abdome ou nas pernas. Às vezes é acompanhada por dor de cabeça, náusea, constipação ou diarreia, e uma vontade constante de urinar.

Geralmente ela é mais intensa nas primeiras 24 horas e continua por 2 a 3 dias após o início da menstruação. Se as cólicas menstruais forem de intensidade muito forte, não melhorarem ou se houverem outros sintomas associados (como sangramento intenso), é preciso procurar um ginecologista.

Dor de cólicas menstruais.
A dor associada à menstruação pode ser incapacitante, afetando a qualidade de vida das mulheres.

Gravidez ectópica

A gravidez ectópica é uma das emergências ginecológicas mais frequentes, e pode levar a complicações graves. Ela se refere a uma gravidez em que o óvulo fertilizado se implanta fora do útero, geralmente nas trompas uterinas.

Embora a gravidez ectópica possa se manifestar sem sintomas ou apenas com a ausência da menstruação por 6 a 7 semanas, é comum que a mulher sinta dor no abdome inferior. Em algum momento acontece um sangramento através das genitais.

Cisto no ovário

Os cistos são um crescimento anormal com um conteúdo líquido. Eles podem se formar dentro dos ovários devido a uma falha na maturação do óvulo. Quando são encontrados em grande número eles recebem o nome de ovário policístico.

Os cistos nos ovários provocam dor na parte inferior do abdome quando são grandes. Além disso pode ocorrer uma ruptura (que é mais frequente do lado direito) produzindo dores na parte inferior do abdome de intensidade muito forte.

Pode haver sangramento através das genitais.

Torção ovariana

Uma dor no abdome inferior associada à torção do ovário é incomum e está associada à presença de cistos, infecção pélvica ou alguma patologia nas trompas uterinas. Ela é produto da torção do órgão em seu próprio eixo, provocando uma diminuição no fluxo sanguíneo.

As manifestações clínicas mais comuns são as seguintes:

  • Dor na parte inferior do abdome do lado afetado.
  • Náuseas.
  • Vômito.

Endometriose

Endometriose é a presença de tecido endometrial fora da cavidade uterina. Ela se manifesta como uma dor crônica na parte inferior do abdome, que é especialmente intensa durante a menstruação ou ovulação.

A mulher experimenta dor durante o sexo, além de sangramento pelos órgãos genitais, fadiga crônica e sintomas intestinais. Geralmente ela é diagnosticada quando ocorrem problemas de fertilidade.

Tudo o que você precisa saber sobre Tratamento complementar para a endometriose

Doença inflamatória pélvica

A doença inflamatória pélvica é causada por uma infecção no aparelho sexual feminino (útero, trompas e ovário) que pode afetar os órgãos pélvicos adjacentes. Essa patologia é adquirida sexualmente na maioria dos casos, e pode durar apenas alguns dias ou se tornar crônica.

Os sintomas se concentram em dores na parte inferior do abdome, que podem ser muito intensas. O desconforto geralmente ocorre em ambos lados do abdome e se torna pior durante a relação sexual.

Além disso, em alguns casos ocorrem sintomas de inflamação nas vias urinárias, provocando uma necessidade recorrente de urinar. O corrimento vaginal geralmente é purulento e muito fétido.

Infecção de urina

A infecção urinária é provocada por bactérias da flora intestinal que chegam ao sistema urinário pela uretra. Existem outras causas, mas esta é a mais comum. A tal ponto que Escherichia coli é o germe envolvido quase sempre.

Os sintomas são os seguintes:

  • Ardência ou dor ao urinar.
  • Urina escura ou com um odor desagradável.
  • Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.
  • Vontade de urinar muito frequente e micção curta.

No entanto, os pacientes também podem sentir dor na parte inferior do abdome de forma intermitente. Às vezes essa condição está associada uma sensação de peso na bexiga.

Aprenda: Quais são as causas das infecções urinárias?

Diverticulite

Os divertículos são pequenos sacos que se formam na parede do intestino grosso. Eles são mais comuns no lado esquerdo e podem ficar inflamados, perfurados ou torcidos.

A diverticulite se refere à infecção e inflamação do divertículo. Ela se manifesta como uma dor na região inferior do abdome, febre e calafrios. Também está associada a mudanças nos hábitos intestinais e distensão abdominal.

Diverticulite.
Diverticulite é o nome da doença que aparece quando os divertículos ficam inflamados.

Hérnia inguinal

As hérnias inguinais são mais comuns nos homens. Trata-se da presença de uma massa na região inguinal produzida pela fraqueza na parede dos músculos abdominais.

Isso faz com que uma parte do intestino saia através dessa fraqueza, provocando dor na parte inferior do abdome. O tratamento é cirúrgico e pode evoluir para o estrangulamento e morte do tecido.

Apendicite

Apendicite é a inflamação do apêndice vermiforme. Ela é produzida por uma infecção inespecífica, geralmente provocada pelas bactérias da flora intestinal.

Ela se manifesta através de dores na parte inferior do abdome (no lado direito) do tipo cólica e de forte intensidade. Às vezes ela começa no umbigo. Geralmente é acompanhada por febre, náuseas e vômitos.

A evolução da apendicite é rápida e pode levar à perfuração do órgão. A resolução do quadro é cirúrgica.

O que deve ser feito quando o abdome inferior dói?

A maioria das causas de dor abdominal inferior exige uma atenção médica imediata. Muitas vezes a resolução é cirúrgica.

Não hesite em pedir ajuda caso você sinta uma dor persistente nessa região. Avalie os sintomas que a acompanham e discuta com um profissional para encontrar uma solução rápida.

Pode interessar a você...
Dor no lado direito do abdômen, qual é a causa?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Dor no lado direito do abdômen, qual é a causa?

Antes de tudo, fique tranquila, a dor no lado direito do abdômen pode ser causada por vários fatores, não somente por causa do fígado.