Diarreia infecciosa: tudo que você precisa saber

A diarreia infecciosa costuma estar acompanhada por outros sintomas, como febre, cólicas abdominais, náuseas, vertigens e mal-estar. Suas causas são variadas.
Diarreia infecciosa: tudo que você precisa saber

Última atualização: 01 Março, 2021

A diarreia é definida como qualquer quadro de fezes pastosas ou líquidas que ocorrem três ou mais vezes durante o dia. Além de sinalizar um processo patológico, a diarreia infecciosa é a segunda causa de morte mais comum em países de baixa renda, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nos países ocidentais com um sistema de saúde bem desenvolvido, a diarreia geralmente não é um problema, mas em outras regiões torna-se uma causa de morte, especialmente em bebês. Seja por conscientização ou prevenção, conhecer essa condição torna-se essencial. Hoje, contaremos tudo que você precisa saber sobre a diarreia infecciosa.

O que é a diarreia infecciosa?

Como já dissemos, uma evacuação pastosa que ocorre mais de três vezes ao dia é considerada diarreia. Segundo estudos, em crianças menores de dois anos esse valor é reduzido para três ou mais evacuações em 12 horas ou, na falta disso, pelo menos uma com sangue, muco ou pus.

A diarreia infecciosa é aquela provocada por patógenos, ou seja, não encontra sua causa em outros eventos, como intoxicações alimentares ou distúrbios gastrointestinais – como a síndrome do intestino irritávelPode ser causada por vírus, bactérias ou protozoários, entre outros.

Além das informações de natureza médica, é fundamental contextualizar a situação da diarreia infecciosa a nível global. A Organização Mundial de Saúde divulga uma série de dados reveladores, entre os quais estão os seguintes:

  • As doenças diarreicas são a segunda causa de morte em crianças menores de cinco anos em todo o mundo.
  • Isso se traduz em aproximadamente 525.000 mortes de crianças anualmente.
  • Parte significativa dessas patologias poderia ser prevenida com estruturas sanitárias adequadas e controles nutricionais pertinentes.
  • Essa condição pode causar desnutrição severa, perda de anos de vida saudável e, nos casos mais graves, a morte do paciente.
Mulher com dor de barriga
A diarreia infecciosa pode afetar crianças e adultos.

Causas de diarreia infecciosa

Como citam os estudos científicos, a diarreia infecciosa é causada por vírus, bactérias e protozoários, bem como alguns parasitas mais complexos. Abaixo, explicaremos brevemente em que consiste cada um desses patógenos.

Bactérias

Por mais surpreendente que possa parecer, as bactérias causam apenas 10-20% das diarreias infecciosas. Entre os enteropatogênicos mais comuns, encontramos os seguintes: Shigella spp.Salmonella spp.Vibrio choleraeEscherichia coli enterohemorrágicaAeromonas spp. Yersinia enterocolitica.

Uma menção especial deve ser feita à bactéria Campylobacter jejuni, que está entre as quatro causas mais comuns de diarreia em todo o mundo.

Vírus

Muitos vírus causam diarreia, incluindo norovírus e rotavírus. Eles são os responsáveis ​​mais comuns pela diarreia aguda. Esses episódios de fezes soltas virais também são conhecidos como gastroenterite viral ou gripe estomacal.

Protozoários e outros parasitas

Alguns protozoários presentes na água, como Entamoeba histolytica Giardia lamblia, podem causar diarreia infecciosa. Parasitas mais complexos, como os vermes intestinais, cientificamente conhecidos como Ascaris lumbricoides, também dão origem a esse quadro clínico.

Principais rotas de transmissão

Dependendo do patógeno que observamos, podemos ver que as rotas de transmissão podem ser múltiplas e variadas. Por exemplo, um vírus é transmitido por microaerossois emitidos pela pessoa infectada – como tosse e espirros – enquanto uma bactéria deve ser ingerida com alimentos, quase sempre.

Como prevenir a diarreia infecciosa?

Como regra básica, conforme indicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a melhor prevenção para evitar a diarreia infecciosa é higienizar as superfícies da cozinha, não consumir água não tratada e comer apenas alimentos cozidos ou pasteurizados.

Isso porque os microrganismos que mencionamos anteriormente são transmitidos pelo contato direto com a boca ou pela ingestão, seja na água ou em determinados alimentos.

A bactéria Escherichia coli 
A bactéria Escherichia coli é conhecida por causar diarreia infecciosa.

Que outros sintomas estão presentes?

Além das fezes líquidas ou pastosas, a diarreia infecciosa pode estar acompanhada por outros sintomas, que dependem do agente causador. De acordo com o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais (NIH), alguns sinais clínicos associados podem incluir:

  • Sangue nas fezes
  • Febre e calafrios
  • Tontura e vertigem
  • Vômito
  • Dor abdominal e inchaço

Prevenção a partir da alimentação

Como pudemos ver ao longo dessas linhas, a diarreia infecciosa pode ser causada por vários patógenos: bactérias, vírus, protozoários e outros parasitas. Na maioria dos países ocidentais, esse quadro clínico não é um problema, mas em regiões com saneamento deficiente esta é a segunda causa de morte mais comum.

A melhor prevenção para evitar a diarreia (exceto para a variante viral) é evitar comer alimentos crus, malpassados ​​ou manipulados em um ambiente que não tenha sido suficientemente higienizado.

Pode interessar a você...
3 remédios de cenoura para combater a diarreia
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
3 remédios de cenoura para combater a diarreia

Poucos sabem que a cenoura ajuda a combater a diarreia. Hoje, você conhecerá 3 remédios com este ingrediente que irão ajudá-lo a se sentir melhor.