Mitos e verdades das vitaminas verdes

· 13 de abril de 2019
Você provou alguma vez as vitaminas verdes? Conhece os seus supostos benefícios? Revelamos aqui seus mitos e verdades.

Nos últimos anos essa bebida alcançou o auge graças a personalidades famosas. Isso desencadeou um grande interesse por parte dos consumidores.

As múltiplas receitas que combinam frutas, vegetais, sementes e outra grande variedade de ingredientes saudáveis passaram a ser o complemento perfeito para os planos de alimentação.

Apesar disso, surgiram muitas ideias errôneas em relação aos benefícios que brindam, principalmente porque muitas das suas propriedades têm sido exageradas.

Qual é a verdade de tudo o que se diz sobre esta bebida? Para que serve em realidade? A seguir repassamos com detalhes os mitos e verdades com relação ao seu consumo.

Mitos das vitaminas verdes

As vitaminas verdes emagrecem é um mito

1. Mito: as vitaminas verdes são emagrecedoras

Incorporar vitaminas verdes na dieta regular parece ser uma fórmula ideal para “queimar” essa gordurinha que se acumula em diferentes partes do corpo.

Entretanto, longe da realidade, sua ingesta diária não possui um efeito significativo sobre o peso corporal.

Por quê?

  • Essas bebidas combinam 2 ou 3 pedaços de frutas, o que significa mais açúcar e calorias.
  • Quando são batidas no liquidificador, elas perdem uma parte importante de sua fibra, reduzindo assim suas propriedades digestivas.
  • A mastigação produz uma sensação de saciedade superior à de beber. Sendo assim, para frear a ansiedade, o ideal seria consumir as frutas e os vegetais inteiros.
  • Não é adequado atribuir propriedades emagrecedoras a um alimento ou produto por si só. A perda de peso é um processo que se obtém com uma combinação de vários fatores do estilo de vida.

Isso pode interessar você: Como os refrigerantes afetam a nossa saúde?

2. Mito: é melhor tomar vitaminas que consumir frutas ou vegetais inteiros

As vitaminas verdes são saudáveis, isso é verdade. O que não é certo é afirmar que suas propriedades são superiores às que brindam as frutas e vegetais inteiros.

Apesar de que seja válido incluí-los na dieta para obter um “plus” de nutrientes, temos que considerar que seus ingredientes podem perder algumas propriedades no processo.

Por quê?

  • As frutas e vegetais podem perder vitaminas, fibra e antioxidantes ao serem exprimidos.
  • Quando estão em seu estado natural, inteiros, conservam todos os seus nutrientes, sempre e quando estiverem em bom estado.

3. Mito: as vitaminas verdes limpam o organismo

Uma das razões pelas quais se promoveu tanto o consumo das vitaminas verdes foi pela suposta capacidade para “limpar” ou “purificar” o organismo.

O coquetel de frutas e vegetais com alto conteúdo de clorofila parece ser uma fórmula ideal para remover esses resíduos que ficam retidos no corpo.

Mas…será que uma simples bebida pode mesmo cumprir essa função? A resposta é não.

Apesar de que seus nutrientes são benéficos para a saúde, são os órgãos como os rins e o fígado os responsáveis por esse processo.

Por quê?

  • As vitaminas podem aportar um “extra” de nutrientes que, ao serem assimilados, apoiam o funcionamento destes órgãos excretores.
  • Entretanto, se a pessoa não tiver um estilo de vida saudável, é muito pouco o que essas bebidas podem fazer pela saúde.

Verdades das vitaminas verdes

Verdades das vitaminas verdes

1. Verdade: as vitaminas verdes ajudam a hidratar o corpo

Entre as grandes verdades das vitaminas verdes, sabemos que são uma boa alternativa para manter o organismo hidratado. Entretanto, não devemos levar isso ao extremo.

Para hidratar não há nada melhor que a água pura: possui zero calorias e participa em uma grande variedade de funções vitais do organismo.

Importante:

  • Um copo de vitamina verde não é suficiente para hidratar. Portanto, será necessário complementar seu consumo com vários copos de água.
  • Há algumas frutas e vegetais mais hidratantes que outros. Mas mesmo assim, é importante saber combinar os ingredientes.

Leia também:  7 sinais de que você bebe pouca água

2. Verdade: o efeito das vitaminas verdes pode ser positivo

Mesmo que não seja certo de que as vitaminas tenham “super funções” na saúde e no peso, do ponto de vista nutricional podem brindar vários efeitos positivos no organismo.

  • Não são nocivas.
  • Seu conteúdo calórico é moderado.
  • Contêm vitaminas, minerais e açúcares naturais que ajudam a “recarregar” o corpo de energia.

Importante

  • Devem ser consideradas um complemento da dieta. Sendo assim, não substituem as comidas principais e também não devem ser ingeridas em excesso durante o dia.
  • Na maioria dos casos seu consumo é inofensivo. Entretanto, é conveniente uma consulta com o médico no caso de padecer alguma doença ou estar tomando alguma medicação.

Então, você tinha uma ideia errada sobre as vitaminas verdes? O que você acha agora que já conhece os mitos e as verdades sobre essas bebidas?

Que tal você compartilhar com a gente a sua opinião?

E continue conosco porque temos mais informações sobre saúde, beleza e bem-estar que certamente vão te interessar.

  • Carcamo Vargas, G. I., & Mena Bastías, C. P. (2006). ALIMENTACION SALUDABLE. (Spanish). Horizontes Educacionales.
  • Carlos Alejandro, H. R., Guadalupe, R. L., Rosa, M. E., & Martín Alfredo, H. S. (2012). Sobrepeso medido por IMC o percibido y comportamientos de control del peso en adolescentes universitarios de Ciudad Guzmán, Jalisco, México. Archivos Latinoamericanos de Nutricion.
  • Sociedad Española De Nutrición Comunitaria. (2016). Piramide alimentaria.