Hábitos ocultos das pessoas com depressão

· 14 de maio de 2019
A importância de tratar uma depressão oculta radica em que se podem evitar problemas mais graves. Se não for detectada a tempo, geralmente os resultados são trágicos.

Extrovertidos e sociáveis, mas deprimidos? Há vários hábitos ocultos das pessoas com depressão. Detectar esses hábitos é importante para ajudar a superar esta patologia.

A depressão oculta, um grave problema

A depressão oculta é um grave problema

Apesar de que geralmente podemos detectar as pessoas deprimidas com facilidade, a depressão encoberta pode ser um grave problema. Quem sofre com esse problema tenta ocultar seu padecimento, o qual incrementa o seu risco. Os sintomas aparecem de maneira imprevista, mas geralmente, quando já é tarde demais para prestar ajuda.

O problema principal é que essa patologia geralmente é ignorada pelos que rodeiam a pessoa em questão e por ela mesma. O suicídio pode acontecer em qualquer momento sem que ninguém entenda porque ocorreu. Ninguém detectou os sinais e a própria vítima nunca falou sobre isso.

Uma pessoa com depressão oculta tenta mostrar otimismo. Escuta música, passeia ou faz exercícios. O medo à rejeição o leva a esconder seus sentimentos. Inclusive uma lesão nos braços pode ser oculta para evitar que a atenção se dirija a eles.

Ao contrário do que todos podem pensar, as pessoas extrovertidas e joviais demoram mais em superar a depressão que os introvertidos. Durante muito tempo se pensou que alguém alegre e muito sociável dificilmente poderia entrar em um quadro depressivo A realidade demonstrou o contrário.

Por que ocultar a depressão?

A vergonha ou o temor de perder os amigos ou inclusive o trabalho, podem ser as razões para encobrir um quadro depressivo. A jovialidade, que é tão característica na pessoa depressiva, a ajuda na sua necessidade de ocultá-la. Por isso, é conveniente estar atentos a estes hábitos ocultos das pessoas com depressão, para ajudá-las a superá-la.

Leia também: Em que ponto da depressão você deve procurar ajuda?

Hábitos ocultos das pessoas com depressão

Hábitos ocultos das pessoas com depressão

As demonstrações de alegria e cordialidade podem estar acompanhadas por lembranças do passado. Podem tratar-se de episódios não curados que surgem periodicamente apesar de que a pessoa não fale sobre eles demonstrando tristeza.

Se esse amigo ou familiar fala de ansiedade e esgotamento é conveniente que lhe prestemos atenção. É importante ter esses detalhes em conta e principalmente se não for o seu costume fazê-lo.

Atenção às mudanças na alimentação

Alimentação e os hábitos ocultos das pessoas com depressão

As mudanças nos regimes de alimentação podem ser indicativos de algum problema. Apesar de que os transtornos alimentares e a depressão sejam patologias diferentes, podem estar relacionadas.

Pode acontecer de que essas mudanças ocorram simultaneamente ou que um transtorno leve a outro. Se houver mudanças no apetite desta pessoa é conveniente prestar-lhe atenção. É necessário conversar com o paciente, mostrar a ele que não está sozinho e incentivá-lo a buscar ajuda.

Perda de interesse e entusiasmo

Quando uma depressão está oculta, o desânimo por coisas que antes geravam paixão e entusiasmo pode delatá-la. Esse desinteresse de hoje por atividades que geralmente se faziam com amor, pode significar um problema de fundo.

O primeiro passo para o tratamento é falar com a pessoa. Mesmo que ela não quiser reconhecer, isso pode ser o ponto de partida para iniciar o tratamento.

Bem arrumados mas tristes

É muito comum que quem está deprimido descuide seu aspecto, mostrando-se triste e fechando-se em um muro. Entretanto, as pessoas com depressão oculta podem estar sempre muito bem arrumadinhas.

Cansaço permanente

Cansaço permanente sinal de depressão

Quando a depressão está oculta, um claro sintoma pode ser um cansaço permanente sem causa definida. Os que padecem esse cansaço o atribuem à fraqueza, preguiça ou acúmulo de trabalho, entretanto, detrás dessa aparente debilidade pode estar implícito um forte quadro depressivo.

Não deixe de ler também: Cansaço emocional: como recuperar sua energia

Ira e raiva, sintomas de depressão

A irritabilidade e a ira geralmente são sintomas de depressão oculta que não devem ser tratados como emoções transitórias. Não se trata somente de apatia, melancolia, choro e tristeza, que nas pessoas extrovertidas não são tão evidentes.

Essa irritabilidade ocorre porque em muitos casos essas pessoas devem seguir com suas responsabilidades apesar de seu cansaço. Isso geralmente confunde-se com estresse, mas na verdade pode ser uma manifestação clara de depressão oculta.

A falta de sono os delata

A intranquilidade ao dormir, a insônia, sudorese noturna sem causa aparente, indica que algo não vai bem. Devemos identificar esses sintomas como sinais de uma manifestação de ansiedade, pois geralmente, estão vinculadas. Com muito cuidado e sutiliza, devemos tentar tocar estes temas nas conversas para assim, desvendar os verdadeiros problemas de fundo.

Em algum momento as pessoas se abrirão. Por isso, não é bom que convivam sozinhos com a depressão. Quando decidam falar, o ideal é que haja alguém que os escute: isso pode fazer a diferença entre a vida e a morte.

São determinados momentos que criam uma ponte de aproximação e de confiança. Não podemos nos esquecer de que eles necessitam amor e aceitação.

Se conseguimos detectar estes hábitos ocultos das pessoas com depressão, poderemos oferecer-lhes ajuda. Certamente é um desafio, mas valerá a pena se assim pudermos salvar a vida de um ser querido.