Cobrir o corpo com plástico: um erro que não serve para emagrecer

· 6 de agosto de 2015
Há muitas décadas, têm sido praticados diferentes truques e técnicas com o objetivo de melhorar os resultados na hora de perder peso e moldar a silhueta.

Cobrir o corpo com plástico para emagrecer. Será que funciona? Confira algumas informações sobre essa nova tendência neste artigo.

Cremes emagrecedores, procedimentos cirúrgicos, sucos, géis, injeções que queimam gorduras ou massagens, entre outras técnicas, são uma mínima parte dos métodos que têm como objetivo ajudar a eliminar esses quilos a mais que te impedem de ter o tão desejado corpo.

Além dos já mencionados, há um método muito popular que pode aumentar a capacidade de queimar calorias e gorduras. Consiste em cobrir o corpo com plástico para aumentar a temperatura corporal no momento de fazer exercício físico. Mas será que funciona?

Esse método tem sido muito utilizado em centros de estética. Além disso, muitas pessoas o fazem em casa para aproveitar todos os seus supostos benefícios.

Ao cobrir as áreas do corpo com plástico, que é um material impermeável, obrigamos o corpo a suar e, com isso, tenta-se favorecer a perda de peso.

Leia também: A natação e suas contribuições para a perda de peso

No entanto, neste artigo, vamos esclarecer alguns pontos sobre esse método de perda de peso.

Mito ou realidade?

Este método consiste em cobrir, antes de realizar exercícios, algumas partes do corpo, principalmente a região abdominal, com o plástico que utilizamos para embalar alimentos.

Para potencializar os supostos efeitos emagrecedores, recomenda-se também a aplicação de algum creme redutor ou emagrecedor.

Quem já realizou esse método comprovou que ocorre efetivamente uma perda de peso. Mas será que é uma perda real? Existe algum risco para a saúde?

cobrir o corpo com plástico

Cobrir o corpo com plástico para emagrecer: contraindicações

Ao cobrir qualquer parte do corpo com um filme plástico, o que fazemos é evitar a transpiração, um processo natural do corpo quando há aumento de temperatura.

As pessoas que se submetem a essa técnica supostamente emagrecedora efetivamente perdem peso de maneira imediata.

Entretanto é um peso que corresponde à água eliminada que, após a realização de exercício, vai ser recuperada ao ingerir líquidos.

Além disso, corremos o risco de sofrer uma desidratação grave. É evidente que o corpo precisa de um processo de liberação de calor.

Assim, obviamente, se cobrirmos sua superfície com um plástico, vamos elevar a temperatura corporal de maneira rápida e excessiva.

E não podemos nos esquecer de um último aspecto: submeter nossa pele ao contato contínuo com o cloreto de vinila em altas temperaturas não parece ser a opção mais aconselhável.

Existem pele sensíveis que podem sofrer reações alérgicas. Dessa forma, podemos nos deparar com um problema adicional.

Leia também: Como aliviar a alergia da pele: 3 tratamentos caseiros

Quero perder peso! O que devo fazer?

Se o que você deseja é perder peso, você deve, em primeiro lugar, procurar um especialista. O profissional da saúde adequado poderá planejar uma dieta compatível com suas características corporais e te recomendar exercícios regulares.

Existem milhares de personal trainers qualificados que podem traçar um plano de exercícios específico para você de acordo com seus interesses e sua constituição física.

cobrir o corpo com plástico

O melhor que você pode fazer é manter distância de soluções caseiras que não possuem bases científicas. Assim, o ideal é conceber a perda de peso como um processo que exige tempo.

Além disso, é um resultado que não pode ser obtido através de milagres. Por isso, é preciso fazer sacrifícios, ter uma alimentação saudável e realizar esforços.

Não tente avançar rápido demais!