É saudável dar leite de cabra a um bebê?

O leite de cabra possui proteínas de alto valor biológico, mas com menor quantidade de lipídios que o leite de vaca, por isso é mais fácil de digerir.
É saudável dar leite de cabra a um bebê?

Última atualização: 13 Julho, 2021

O leite de cabra é um alimento saudável. Contém proteínas de alto valor biológico e outros nutrientes essenciais que podem ajudar o corpo a desenvolver suas funções de maneira adequada. No entanto, muitos se perguntam se dar leite de cabra a um bebê é correto ou pode representar um risco para a sua saúde.

Antes de começar, devemos enfatizar que os laticínios são um grupo alimentar de alto valor na dieta alimentar. Embora seu consumo esteja sendo discutido atualmente, as evidências indicam que a sua presença na dieta é necessária para a manutenção de um bom estado de saúde.

Benefícios do leite de cabra

Vamos começar a falar sobre o assunto comentando os principais benefícios do leite de cabra e explicando a posição da ciência a esse respeito.

Melhora o desenvolvimento muscular

O leite de cabra contém proteínas da mais alta qualidade. É um nutriente de alto valor biológico que possui todos os aminoácidos essenciais e um bom índice de digestibilidade.

Há evidências de que a proteína é essencial para garantir uma boa função muscular e prevenir a degeneração dos tecidos a médio prazo. Se os requisitos diários não forem atendidos, o risco de desenvolver sarcopenia aumenta.

Leites vegetais
O leite de cabra fornece proteínas de alto valor biológico.

Maior densidade óssea

Além do teor proteico, o leite de cabra se destaca pela presença de cálcio em seu interior. Este nutriente é essencial para garantir uma boa saúde óssea.

Tomá-lo durante a adolescência reduz o risco de fraturas na vida adulta, bem como o risco de osteoporose. Isso é afirmado por um estudo publicado na revista Nutrients.

É fácil de digerir

O leite de cabra tem uma menor quantidade de lipídios do que o leite de vaca. Por isso, sua digestão é muito mais fácil. Com isso, não queremos dizer que as gorduras são prejudiciais à saúde, longe disso.

No entanto, esses nutrientes apresentam um tempo de esvaziamento gástrico maior, de acordo com as evidências mais atuais, podendo causar desconforto se consumidos em excesso.

Soro do leite
A quantidade de lipídios presente no leite de cabra é menor do que no leite de vaca.

Dar leite de cabra a um bebê: a partir de que idade e por quê?

É possível dar leite de cabra a um bebê em substituição ao leite de vaca, mas deve-se esperar um tempo mínimo para incluir esse tipo de alimento na dieta. Caso contrário, alergias ou intolerâncias podem surgir.

Os pediatras recomendam não oferecer este produto antes de 12 meses, embora alguns especialistas argumentem que o consumo pode ser iniciado mais cedo.

Lembre-se de que o leite de cabra possui uma alta concentração de minerais. Por esse motivo, pode ser muito agressivo para o rim se este órgão ainda estiver em fase de maturação.

Fórmulas infantis à base de leite de cabra

Atualmente, existem algumas fórmulas infantis à base de leite de cabra no mercado. Elas podem ser uma alternativa a considerar quando os derivados do leite de vaca geram uma grande quantidade de gases ou desconforto intestinal na criança. Como o leite de cabra tem uma digestão mais fácil, essa sintomatologia poderia ser amenizada.

Em todo caso, é bom consultar o pediatra antes de tomar a decisão de oferecer este alimento. Também é necessário observar o valor nutricional da fórmula em questão, verificando se ela não contém uma grande quantidade de açúcares simples.

Efeitos adversos do consumo de leite de cabra em bebês

O maior risco da administração de leite de cabra em bebês é o desenvolvimento de uma alergia às proteínas deste alimento. Pode ocorrer uma alergia cruzada entre as proteínas do leite de vaca e de cabra; portanto, se um produto não for tolerado, o outro provavelmente também não pode ser introduzido na dieta.

Ainda assim, nenhum outro efeito adverso foi detectado quando o alimento é corretamente incluído na dieta, ou seja, quando são respeitados os 12 meses antes do primeiro contato. Podem ocorrer algumas alterações intestinais pequenas, embora incômodas, como o aparecimento de gases.

Leite de cabra, uma opção para bebês

Como comentamos, é possível avaliar a inclusão do leite de cabra na dieta de bebês maiores de 12 meses. Este alimento é facilmente digerido em comparação com a sua contraparte oriunda das vacas. Possui uma elevada densidade nutricional na qual se destacam proteínas e minerais como o cálcio.

Além disso, seu perfil lipídico é considerado saudável, embora seja verdade que a maioria dos ácidos graxos que contém são saturados. No entanto, sua concentração é menor do que no caso do leite de vaca.

Pode interessar a você...
Diferenças entre leite pasteurizado e leite UHT
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Diferenças entre leite pasteurizado e leite UHT

Você conhece as diferenças entre leite pasteurizado e UHT? Ambos envolvem tratamentos de esterilização para aumentar a vida útil do produto.



  • Martone AM, Marzetti E, Calvani R, Picca A, Tosato M, Santoro L, Di Giorgio A, Nesci A, Sisto A, Santoliquido A, Landi F. Exercise and Protein Intake: A Synergistic Approach against Sarcopenia. Biomed Res Int. 2017
  • Vannucci L, Fossi C, Quattrini S, Guasti L, Pampaloni B, Gronchi G, Giusti F, Romagnoli C, Cianferotti L, Marcucci G, Brandi ML. Calcium Intake in Bone Health: A Focus on Calcium-Rich Mineral Waters. Nutrients. 2018
  • Giezenaar C, Lange K, Hausken T, Jones KL, Horowitz M, Chapman I, Soenen S. Acute Effects of Substitution, and Addition, of Carbohydrates and Fat to Protein on Gastric Emptying, Blood Glucose, Gut Hormones, Appetite, and Energy Intake. Nutrients. 2018