Como ajudar seu bebê a eliminar os gases

26 de junho de 2019
Talvez o seu bebezinho, enquanto se alimenta, esteja engolindo ar. Isso pode provocar mal-estar e irritação, fazendo com que chore. Por isso, é importante ajudá-lo a eliminar os gases acumulados.

Os bebês necessitam eliminar os gases corretamente. Se não o fizerem, estes podem provocar mal-estar e irritação, e é claro, uma grande preocupação aos pais. Por isso, neste artigo contamos como você pode ajudar o seu bebê a eliminar os gases corretamente.

Bebês e gases

É muito comum que um bebê durante os primeiros meses de vida não saiba controlar perfeitamente a técnica de sucção. Portanto, pode também engolir ar enquanto se alimenta, especialmente se for com mamadeira.

Assim, essa acumulação de gases em seu pequeno estômago pode ocasionar mal-estar. Aliás, sentirão irritação e moléstias e, portanto, vão chorar.

Eliminar os gases ajuda a evitar as cólicas

As cólicas se produzem quando os gases se acumulam no aparelho digestivo. Pode ser porque engolem ar ou por má digestão.

Esses são os motivos pelos quais depois de cada mamada é importante ajudar o bebê a eliminar os gases que ingeriu enquanto se alimentava. Aliás, é muito difícil para eles fazerem isso por si mesmos, portanto, necessitam de nossa ajuda.

Assim, depois de alimentá-los, devemos fazer com que o bebê arrote e elimine os gases a afim de que estes não lhe produzam cólicas e nem mal-estar.

Tipos de gases

Existem dois tipos de gases que o bebê pode acumular

  • Gases do estômago. Estes são os mais habituais e se trata do ar que engolem durante a mamada, como comentamos anteriormente.
  • Gases do intestino. Neste caso, trata-se de gases produzidos por má digestão ou por algumas intolerâncias alimentares. Nestes casos, depois de consultar com o pediatra, talvez ele recomende uma mudança de fórmula.

Como ajudar o bebê a eliminar os gases do estômago

Existem diversas técnicas e truques que podemos aplicar a fim de ajudar o bebê a eliminar os gases corretamente:

Uma posição correta enquanto está se alimentando

Posição correta para o aleitamento.

A posição durante o aleitamento é essencial para evitar que o bebê engula ar junto com o leite. É fundamental que, ao amamentar ou dar a mamadeira, coloquemos o bebê em uma posição correta. Deste modo, poderá sugar melhor e engolir menos ar. Para isso:

  • O bebê deve abrir bem a boquinha para pegar não somente o bico do seio, mas também a aréola. Se ele sugar somente o bico é provável que engula mais ar durante o aleitamento.
  • As gengivas do bebê não devem apertar o bico do seio. Deste modo, o leite não sairá e ele engolirá somente ar.

Não deixe de ler também: 6 posições para amamentar o bebê

Dicas para fazer o bebê arrotar e eliminar os gases

Provocar que o bebê arrote é a técnica mais eficaz para ajudar o bebê a eliminar os gases corretamente. Entretanto, existem determinadas posições mais eficientes para a eliminação do ar engolido. Entre elas, as mais conhecidas são:

  • Colocar o bebê sobre o peito com a sua cabecinha apoiada no nosso ombro.
  • Sentá-lo no colo, de costas para nós e colocar a nossa mão em seu peito e os dedos no seu queixo.
  • Colocar o bebê sobre um braço. Pelo próprio peso, a barriguinha pressionará contra o braço, facilitando a eliminação do ar. Entretanto, lembre- se de que a sua cabecinha deve ficar um pouco mais alta que o resto do corpo.

Enquanto o bebê estiver na posição correta para arrotar, devemos realizar massagens ou tapinhas suaves nas suas costas.

Aliás, devemos ajudar o bebê a eliminar os gases das maneiras indicadas durante uns 5 ou 10 minutos. Entretanto, se apesar de tudo você não escutar o barulho característico do arroto, não se preocupe, porque às vezes esse barulho é imperceptível e não significa que o ar não foi eliminado. Sendo assim, depois de 10 minutos de alimentado, podemos deitar o bebê sem nenhum problema.

Quando fazer o bebê arrotar para eliminar os gases?

Comprovamos que é necessário ajudar o bebê a eliminar os gases. Mas certamente você estará perguntando quando fazer isso. Normalmente devemos fazer com que o bebê arrote depois de se alimentar. Entretanto, em alguns casos, talvez devamos interromper o aleitamento para que o bebê elimine os gases e, só depois disso, continuar com a alimentação.

  • Se o bebê estiver muito inquieto durante a mamada, talvez esteja engolindo ar. Por isso, podemos parar cinco ou dez minutos para que ele elimine os gases e logo depois, continuar.
  • Além disso, também podemos ajudá-lo a eliminar os gases quando trocamos de seio.
  • No caso em que tome mamadeira, se estiver inquieto, podemos parar a cada 60 ml a fim de ajudar o bebê a eliminar os gases e então sim, continuar com a alimentação.

Em qualquer caso, a mãe é a que vai perceber as necessidades do seu filho. Mas, se não estiver inquieto ou incômodo e estiver se alimentando corretamente, então não é necessário interromper a alimentação. Neste caso, somente teremos que ajudá-lo a arrotar depois da mamada.

Escolha bem os bicos da mamadeira

Para evitar gases é importante escolher bem a mamadeira

O bico da mamadeira deve ser adaptado à idade do bebê. Aliás, existem bicos “anti-cólicas” que podem ser de grande ajuda.

Se o seu bebê se alimenta com mamadeira é imprescindível que você cuide os bicos. Talvez não sejam adequados para a idade do lactente e, ao ser muito grandes ou pequenos provoquem com que juntamente com o leite ele engula ar. Por isso, é melhor que você escolha bicos de mamadeira adequados à sua idade, de modo de assegurar que não entrará ar através deles.

Por outro lado, existem bicos especiais que evitam esse problema, diminuindo a quantidade de ar que sai pelas laterais enquanto o bebê está mamando.

Isso também pode te interessar: É verdade que amamentar ajuda a perder peso?

Sempre é necessário que o bebê arrote?

Às vezes achamos que o bebê sempre engole ar enquanto mama. Por isso, acreditamos que devemos fazer com que arrote aconteça o que acontecer. Entretanto, isso não é assim necessariamente. Especialmente no caso do aleitamento materno. Se a posição e a técnica de sucção forem corretas, pode ser que o bebê não engula ar.

Neste caso, se estivermos empenhados em que o bebê arrote, quando na verdade não há necessidade, talvez sejamos nós os que provoquemos incômodos e irritação ao bebê.

O melhor então, é tentar ajudar durante um certo tempo (5 a 10 minutos) com massagens ou tapinhas suaves e depois, simplesmente, deixar que ele descanse.

  • C. Calvo Romero, “La prevención y el tratamiento del cólico del lactante”, BOL PEDIATR 2010; 50: 197-202
  • Asociación Española de Pediatría, Técnicas de lactancia materna. http://lactanciamaterna.aeped.es/tecnicas-de-lactancia-materna/
  • Asociación Española de Matronas, Los consejos de tu matrona, 2017. https://aesmatronas.com/wp-content/uploads/2018/01/Los-consejos-de-tu-matrona.pdf