É verdade que amamentar ajuda a perder peso?

Estudos afirmam que a amamentação, além de fortalecer o relacionamento entre mãe e filho, ajuda a perder peso. Claro, esta não deve ser a única ação tomada para emagrecer, embora possa facilitar o processo.

Perder peso após a gravidez é uma das maiores preocupações das mulheres. Recuperar o corpo que tínhamos antes pode se tornar uma obsessão, então saber que a amamentar ajuda a perder peso é um fato realmente interessante.

Algumas mulheres tentam não comer muito durante o período de gestação, o que pode levar a deficiências de nutrientes vitais para o desenvolvimento do feto. No entanto, o excesso de peso durante e após a gravidez também é resultado de alterações hormonais, emocionais e físicas típicas desta fase especial.

Quantos quilos são considerados acima do peso?

Mulher se pesando

Se o que você engordou não exceder os 5 quilos, você não deve se preocupar, pois o corpo irá se adaptando à rotina diária. É muito provável que no primeiro semestre após o parto você recupere a sua forma antiga. No entanto, se você ganhou mais de 5 quilos durante a gravidez, é importante que modifique alguns aspectos.

Como se livrar desses quilos a mais?

Uma rotina de exercícios ajuda a queimar calorias. Diminuir a ingestão de certos alimentos ricos em carboidratos é outra maneira de perder peso.

Mas temos boas notícias, a amamentação não é apenas essencial para o bom desenvolvimento de seu bebê, mas também uma maneira muito eficiente de descarregar a energia extra de seu corpo em vez de armazená-la como gordura.

A amamentação é um processo em que uma grande quantidade de energia é investida, cerca de 500 calorias por dia. Como ponto de comparação, poderíamos dizer que, ao pular a corda, são consumidas 510 calorias. Obviamente, tudo depende da intensidade com que cada exercício é feito.

Quando amamentamos não há intensidades, por isso perder peso enquanto alimentamos o bebê é duplamente satisfatório.

Amamentar ajuda a perder peso: Mito ou realidade?

Bebê mamando

Um estudo realizado na Universidade de Oxford determinou que amamentar ajuda a perder peso. O estudo incluiu uma pesquisa com mais de 700.000 mulheres e confirmou que, efetivamente, a amamentação é equivalente a queimar uma média de 500 calorias a mais por dia. 

Os pesquisadores também referiram que o aleitamento materno ajuda a prevenir o câncer de mama e alguns problemas cardíacos. É importante notar que você deve consultar um especialista em nutrição, porque você deve manter a quantidade de nutrientes necessária para o seu corpo.

Certamente, amamentar ajuda a perder peso, mas é um processo bastante lento (1 quilograma a cada 6 meses). Portanto, é sempre recomendável seguir uma dieta balanceada. Consuma proteínas, como peito de frango ou peito de peru, carne e grão de bico.

Também é recomendável aumentar a ingestão de vegetais e frutas frescas, além de moderar o consumo de massas, farinha e carboidratos. Evite alimentos processados, ricos em açúcares ou com excesso de conservantes.

Como a amamentação influencia o crescimento do bebê?

A Sociedade Ibero-Americana de Informação Científica publicou há alguns anos os resultados de anos de pesquisa sobre os efeitos da amamentação durante os primeiros seis meses de vida. Este estudo determinou que as crianças amamentadas por mais de seis meses desenvolveram um nível cognitivo mais alto.

A amamentação está ligada a um maior desenvolvimento intelectual e motor, assim como às habilidades de linguagem e memória. O leite materno contém substâncias bioativas, como os ácidos graxos poli-insaturados, essenciais para o desenvolvimento do cérebro. Portanto, está associado ao desenvolvimento do sistema nervoso central.

Além disso, atua como um agente protetor contra a obesidade infantil, fazendo a diferença entre bebês amamentados e aqueles que tomaram leite de fórmula.

Considerações gerais

Mãe amamentando seu filho

Quando você amamenta seu bebê, a estimulação do mamilo influencia a liberação da ocitocina, um hormônio que produz contrações que ajudam o útero a recuperar seu tamanho original e seu corpo a voltar à boa forma.

Você também não deve inferir que, ao amamentar, pode exceder a ingestão de doces, gorduras e outros alimentos altamente calóricos. Faça exercícios moderados entre cada mamada. Eles ajudarão você a perder peso, tonificar e melhorar a circulação, evitando assim a retenção de líquidos.

Enquanto estiver deitada, levante um pouco as pernas e desenhe pequenos círculos com as pontas dos pés. Faça séries de 10, primeiro para a direita e depois para a esquerda.

Uma variante do exercício anterior é exercer tensão colocando as pontas dos pés para cima e para baixo. Segure cada posição por 5 segundos e relaxe alternando cada perna.

Além disso, é essencial que você descanse o suficiente e recarregue a energia necessária para a rotina pós-parto. Verifique estas recomendações com o seu especialista.

Recomendados para você