Como montar uma tábua de queijos?

Se você é amante dos queijos, não pode perder estas dicas para aprender a preparar uma mesa com estes produtos. Esta é uma opção ideal para desfrutar em companhia.
Como montar uma tábua de queijos?

Última atualização: 01 Outubro, 2021

O queijo é um dos alimentos favoritos de muitas pessoas. Além disso, é um produto saudável, ao contrário do que se dizia até poucos anos atrás. Por isso, vamos ensiná-lo a montar uma tábua de queijos perfeita para impressionar os seus convidados.

Antes temos que lembrar que não há razão para evitar os queijos gordurosos. Os lipídios que esses produtos concentram são do tipo saturado, mas com configuração cis. Por isso, não têm capacidade inflamatória e nem aumentam o risco de desenvolver patologias complexas.

Seleção de produtos para montar uma tábua de queijos

Deve-se ter em mente que não existe um método único para montar uma tábua de queijos. O importante é fazer escolhas que respeitem a harmonia do conjunto, além de levar em consideração as preferências dos que irão comer.

O melhor é colocar pelo menos 4 variedades de queijo diferentes. É conveniente que alguns dos selecionados tenham denominação de origem, o que dará ao resultado final uma categoria superior. Da mesma forma, é fundamental que nem todos sejam feitos de leite de vaca.

Vamos descrever as variáveis que os queijos podem apresentar, nas quais nos basearemos para escolher os que irão compor a mesa:

  • Animal do qual procede o leite: vaca, cabra, ovelha, búfala ou mistura.
  • Textura: dura, semidura, macia ou espalhável.
  • Tipo de crosta: lavada, bolorenta, prensada, temperada.
  • Maturação: macio, curado, semicurado, envelhecido.
  • Intensidade: fresco, doce, forte ou muito forte.
  • Região de origem.

É possível montar uma tábua de queijos de acordo com estas características. Podemos, por exemplo, escolher diferentes produtos com intensidades de sabor crescentes. O ideal é começar com uma variedade suave para terminar com queijos mais maduros e muito curados.

O cortes dos queijos

É importante respeitar o corte ideal para cada tipo de queijo. Caso contrário, as características organolépticas do produto podem ser danificadas.

Nem todos os queijos são servidos à temperatura ambiente. Alguns ganham sabor quando estão frios. Como regra geral, recomenda-se retirar o queijo da geladeira uma hora antes de servir, embora haja exceções.

No que diz respeito ao corte, o formato de cunha ou retângulo é o mais comum. Se optar por queijos para untar, você poderá colocá-los no pão ou servi-los numa pequena tigela com as fatias por perto. Para os que tiverem sabores intensos, recomenda-se um corte mais fino.

Variedades de queijos
Nem todos os queijos são iguais, por isso é ideal criar uma mistura harmoniosa na mesa.

Dicas para servir queijo

Servir o produto corretamente é essencial para obter um resultado final ideal. Nesse sentido, deve-se destacar que a mesa escolhida deve ser grande e de madeira.

Podem ser oferecidos acompanhamentos para o produto principal. Alguns queijos são apreciados melhor quando combinados com outros alimentos de sabor forte ou doce.

Entre os melhores produtos disponíveis, estão os seguintes:

  • Pães: o pão é um dos melhores amigos do queijo. Existem muitas variedades diferentes que podem ser escolhidas para conseguir uma combinação perfeita. Por exemplo, o centeio combina muito bem com os sabores mais fortes. Também é comum escolher um pão produzido a partir de cereais ou uvas passas.
  • Biscoitos crocantes: a textura crocante tende a melhorar a aceitabilidade da maioria das preparações culinárias. Escolher um bom biscoito para acompanhar um queijo pode ser uma excelente opção.
  • Doces e geleias: neste caso, recomenda-se que sejam caseiros ou feitos à mão. Nem sempre é necessário incluir doces, mas podemos fazer experimentos com sabores ácidos ou amargos.
  • Oleaginosas: as oleaginosas, como é o caso das nozes, combinam muito bem com os queijos. Elas proporcionam um toque crocante que todos vão adorar.

A escolha da bebida que acompanha a tábua de queijos

A água mineral é a melhor ferramenta para acompanhar as refeições e garantir um bom estado de hidratação. Não há dúvidas sobre isso. No entanto, na hora de montar uma tábua de queijos, pode-se abrir uma exceção e escolher um vinho para obter um excelente resultado final.

Como regra geral, é aconselhável escolher vinhos espumantes e frescos que não ofusquem o sabor do queijo. Tanto o branco quanto a sidra seriam boas opções, principalmente para acompanhar os queijos mais curados.

Os amantes da cerveja estão com sorte. É possível servir esta bebida com um queijo de qualidade e conseguir uma combinação perfeita. Claro, recomenda-se que as escolhidas sejam as de trigo, deixando as mais fortes para os queijos picantes e o gorgonzola.

Benefícios do queijo

Não podemos falar em montar uma tábua de queijos sem mencionar os benefícios de incluir esses alimentos na dieta.

Melhora a saúde muscular

Os queijos são uma fonte de proteínas de alto valor biológico. Esses nutrientes são essenciais para alcançar uma boa saúde muscular a médio prazo. Uma ingestão inadequada está relacionada a um risco aumentado de sarcopenia, conforme evidenciado por pesquisas publicadas na revista Biomedical Research International.

Metade das proteínas da dieta deve ter alto valor biológico. Elas têm todos os aminoácidos essenciais e uma boa digestibilidade.

Previne problemas ósseos

Os laticínios são uma fonte de cálcio. Esse mineral é essencial para garantir a manutenção de uma saúde óssea adequada, conforme evidenciado por um estudo publicado na revista Nutrients. Se houver ingestão insuficiente no início da vida, o risco de osteoporose aumenta mais tarde.

Queijos e outros derivados do leite
Todos os laticínios fornecem cálcio e proteínas; portanto, devem estar presentes em uma dieta variada.

Diminui a inflamação

Em relação à vitamina D, deve-se destacar que o queijo é um dos poucos alimentos que possui esse nutriente. É um elemento essencial para manter os níveis de inflamação do corpo sob controle.

Na verdade, a manutenção de níveis adequados de vitamina D no corpo humano está associada a um menor risco de doenças. Isso é afirmado em um artigo publicado na revista Reviews in Endocrine & Metabolic Disorders.

Prepare uma tábua de queijos deliciosa para apreciar em companhia

Se seguir os conselhos que lhe oferecemos, você poderá montar uma excelente tábua de queijos. Estes produtos são muito apreciados em todo o mundo, embora seja necessário conhecer os gostos dos convidados para ter sucesso com as variedades escolhidas. O importante é que a mesa esteja bem arrumada e que haja harmonia entre os queijos escolhidos.

Lembre-se de que a inclusão do queijo na dieta é benéfica para a saúde. Você só terá que limitar o consumo de vinho, caso ele seja escolhido como acompanhante. Afinal, não podemos nos esquecer de que o álcool é uma substância tóxica.

Pode interessar a você...
Dicas para cortar queijos
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Dicas para cortar queijos

Você sabia que cada tipo de queijo exige um tipo de manuseio diferente? Confira algumas dicas interessantes para cortar queijos neste artigo.



  • Martone, A. M., Marzetti, E., Calvani, R., Picca, A., Tosato, M., Santoro, L., Di Giorgio, A., Nesci, A., Sisto, A., Santoliquido, A., & Landi, F. (2017). Exercise and Protein Intake: A Synergistic Approach against Sarcopenia. BioMed research international2017, 2672435. https://doi.org/10.1155/2017/2672435
  • Vannucci, L., Fossi, C., Quattrini, S., Guasti, L., Pampaloni, B., Gronchi, G., Giusti, F., Romagnoli, C., Cianferotti, L., Marcucci, G., & Brandi, M. L. (2018). Calcium Intake in Bone Health: A Focus on Calcium-Rich Mineral Waters. Nutrients10(12), 1930. https://doi.org/10.3390/nu10121930
  • Holick M. F. (2017). The vitamin D deficiency pandemic: Approaches for diagnosis, treatment and prevention. Reviews in endocrine & metabolic disorders18(2), 153–165. https://doi.org/10.1007/s11154-017-9424-1