O que acontece com o seu corpo ao beber álcool com o estômago vazio?

Você já se perguntou o que acontece no corpo depois de beber álcool com o estômago vazio? Descubra neste artigo quais são os principais efeitos colaterais.
O que acontece com o seu corpo ao beber álcool com o estômago vazio?

Última atualização: 14 Abril, 2021

Beber álcool com o estômago vazio é algo que todo mundo já fez em algum momento, seja depois do trabalho, numa tarde com os amigos ou em outras situações. No entanto, é seguro fazer isso? Existem consequências negativas? Vamos esclarecer estas e outras dúvidas a seguir.

Em geral, o consumo de bebidas alcoólicas é aceito pela sociedade. Apesar disso, a Organização Mundial da Saúde aponta que, a cada ano, ocorrem 3 milhões de mortes no mundo em decorrência do consumo desse tipo de bebida. Além disso, o álcool é um fator de risco para mais de 200 doenças.

Como o álcool é absorvido pelo corpo?

O processo de absorção do álcool começa com o seu consumo pela boca. Como essa substância tem um baixo peso molecular, ela passa facilmente pelas membranas celulares, e daí para os vasos sanguíneos. Dessa forma, a boca, o esôfago e o estômago podem absorver quantidades mínimas.

Uma vez que o álcool chega ao estômago, 15-20% é absorvido. Em seguida, passa para o intestino delgado, onde ocorre a principal absorção. Este processo continua na primeira e segunda porções do intestino (duodeno e jejuno) em 80%, e é concluído no cólon.

Amigos brindando
A Organização Mundial de Saúde alerta que nenhuma quantidade de álcool é segura para a saúde.

Beber álcool com o estômago vazio: como a comida ajuda ou afeta a sua absorção?

A absorção do etanol pelo duodeno e jejuno é mais rápida do que pelo estômago. Por essa razão, a taxa de esvaziamento gástrico é um importante determinante da taxa de absorção do álcool que uma pessoa ingere.

Em relação a isso, a ciência mostra que a capacidade de absorver essa substância aumenta com o estômago vazio e diminui com o alimento. Isso ocorre porque a superfície de contato diminui (conforme estabelecido pela Lei de Fick) e o esvaziamento gástrico fica mais lento.

No entanto, os alimentos gordurosos seriam a exceção a essa regra, pois afetam a motilidade do estômago de maneira diferente de outros nutrientes. Em particular, eles aumentam o movimento e fazem o álcool entrar no sangue mais rapidamente.

Felizmente, os alimentos que contêm carboidratos e proteínas tornam a absorção lenta e a concentração de álcool no sangue pode diminuir em até 25%.

Consequentemente, beber álcool com o estômago vazio determinará que as concentrações plasmáticas de etanol sejam mais altas e seus efeitos tóxicos mais acentuados.

Teor de álcool e absorção no corpo

A absorção aumenta quando a bebida em questão tem uma graduação de 20% a 35%, visto que estes não produzem movimentos musculares potentes em comparação com bebidas com teor alcoólico superior a esse valor.

Da mesma forma, a absorção de etanol também aumenta se uma grande quantidade for ingerida de uma só vez, em vez de ingerida várias vezes em pequenas quantidades.

Efeitos gerais do álcool no corpo

Como acontece com tudo que comemos, o fígado é o órgão responsável por metabolizar o etanol, pois transforma essa substância em acetaminofeno e depois em ácido acético. Os 5% a 10% restantes são excretados na urina, suor e respiração.

No entanto, enquanto o etanol está presente no sangue, ele afeta o sistema nervoso. Portanto, ocorrem sintomas clássicos, como:

  • Sensação de desinibição.
  • Falar arrastado.
  • Perda de coordenação.

Deve-se observar que altas doses de álcool podem causar um quadro de intoxicação que inclui outros sintomas, como os seguintes:

  • Náusea, enjoo e vômito.
  • Confusão.
  • Hipotermia (temperatura corporal baixa)
  • Perda repentina de coordenação.
  • Respiração lenta ou anormal.
  • Dificuldade em falar.
  • Perda de consciência.
  • Desmaio.

O álcool no sexo feminino

Além do exposto, é preciso observar que as mulheres tendem a ter menos massa corporal do que os homens. Além disso, apresentam um maior percentual de gordura e menor expressão da enzima acetaldeído desidrogenase (responsável pela formação do ácido acético) na mucosa gástrica.

Por esses três motivos, as mulheres tendem a ficar alcoolizadas com mais facilidade do que os homens quando a mesma quantidade de álcool é ingerida.

Álcool em mulheres grávidas

Quando mulheres grávidas ingerem etanol, ele passa através da placenta, do sangue da mãe para o feto. Assim, os bebês são expostos aos mesmos níveis de álcool no sangue que as mães, o que pode levar a várias complicações.

Prevenção e recomendações

Para cuidar da saúde, o ideal é evitar o consumo de álcool. Porém, se você quiser ingerir esse tipo de bebida, principalmente se for com o estômago vazio, vale a pena considerar o seguinte:

  1. Escolha uma bebida com baixo teor de álcool.
  2. Beba água ou outros líquidos não alcoólicos intercalados com uma bebida de etanol.
  3. Tente ingerir pequenas quantidades durante um longo período de tempo, em vez de grandes quantidades em um curto período de tempo.
  4. Faça uma refeição uma hora antes de beber álcool.
Homem bebendo álcool
Beber bebidas alcoólicas com o estômago vazio acelera a sua absorção e acentua os seus efeitos nocivos.

Como se sentir melhor depois de beber álcool com o estômago vazio?

O fato de beber com o estômago vazio aumenta o risco do famoso efeito colateral conhecido como “ressaca”. Em geral, isso ocorre no dia seguinte, se o álcool tiver sido consumido em grande quantidade ou se a bebida tinha um teor alcoólico considerável. Os sintomas podem incluir os mencionados abaixo:

  • Tontura
  • Sede excessiva.
  • Diminuição da capacidade de concentração ou de pensar com clareza.
  • Dores de cabeça.
  • Distúrbios de humor.
  • Náusea e vômito.
  • Sensibilidade à luz e som.
  • Dor de estômago.

Embora esses problemas possam ser resolvidos por conta própria, você pode considerar as seguintes dicas para diminuí-los:

  • Beber água, caldos, sopas ou sucos de frutas ao longo do dia.
  • Dormir.
  • Comer alimentos de fácil digestão, como torradas, biscoitos, gelatina, entre outros.
  • Tomar analgésicos, como o ibuprofeno, para aliviar as dores de cabeça.

Não é aconselhável beber álcool com o estômago vazio

O álcool é uma substância que, por si só, é prejudicial à saúde, pois seu consumo em excesso está associado ao desenvolvimento de doenças. Quando ingerido com o estômago vazio, pode ter um impacto maior no corpo devido à sua rápida absorção. Assim, como o etanol chega mais cedo ao sangue, causa seus efeitos clássicos e aumenta o risco de intoxicação.

Para que isso não aconteça, é aconselhável comer um pouco antes de tomar este tipo de bebida. Por outro lado, é ideal beber bastante água e evitar excessos. A melhor maneira de não causar um impacto negativo na saúde é evitando totalmente o seu consumo.

Pode interessar a você...
6 sinais de vício em álcool
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
6 sinais de vício em álcool

Você acredita que o vício em álcool está se tornando uma realidade na sua vida? Às vezes, nas primeiras etapas, algumas pessoas podem duvidar



  • Bolet Astoviza, M., & Socarrás Suárez, M. M. (2003). El alcoholismo, consecuencias y prevención. Revista Cubana de Investigaciones Biomédicas22(1), 0-0
  • Organización Mundial de la Salud. Alcohol. Disponible en:
  • Aros, S. (2008). Exposición fetal a alcohol. Revista chilena de pediatría79, 46-50.
  • Evora, S. S. (2017). Alcohol y fisiología humana: Capítulo 2-donde todo comienza: el alcohol en el aparato digestivo.