6 razões pelas quais você deve começar a perder peso para cuidar da sua saúde

A obesidade pode ter consequências terríveis para a nossa saúde. Ao perder peso, não apenas nos sentimos melhor, mas também ajudamos o nosso corpo.
6 razões pelas quais você deve começar a perder peso para cuidar da sua saúde

Última atualização: 16 Agosto, 2021

Até algumas décadas atrás, a única motivação para começar a perder peso era ter um corpo mais magro e definido.

Porém, à medida que os estudos sobre sobrepeso e obesidade avançaram, determinou-se que um peso estável é essencial para uma boa qualidade de vida.

Na verdade, estima-se que a obesidade seja a segunda principal causa de morte, depois do cigarro. Milhões de pessoas são obesas, mas não fazem muito para alcançar um peso mais saudável.

Embora comercialmente a vaidade ainda seja a principal razão para queimar o excesso de gordura corporal, é bom conhecer as doenças que podem surgir quando algo não é feito a respeito.

A seguir, queremos compartilhar as 6 mais comuns, para que você descubra os perigos de pesar mais do que deveria e decida começar a perder peso para cuidar da sua saúde!

Por que você deve começar a perder peso?

1. AVC

Por que você deve começar a perder peso?

A primeira razão pela qual você deve começar a perder peso é que o sobrepeso e a obesidade estão intimamente relacionados com o desenvolvimento de arteriosclerose. Nessa condição, as artérias ficam obstruídas pelo acúmulo de gordura.

Desta forma, os vasos sanguíneos se estreitam e o risco de coagulação do sangue aumenta devido às dificuldades que ele enfrenta para fluir normalmente.

Os coágulos podem bloquear o fornecimento de sangue e levar a consequências graves, como um acidente vascular cerebral.

Obviamente, perder peso e manter bons hábitos de vida reduz o risco desses tipos de problemas.

Não se esqueça de ler: Como evitar os picos de açúcar no sangue

2. Doenças respiratórias

O acúmulo de gordura no corpo faz com que a parede torácica fique mais pesada e dificulta o processo respiratório.

Isso diminui a capacidade pulmonar. Desta forma, podem ocorrer distúrbios respiratórios como asma, bronquite ou apneia do sono. Esta última é uma condição em que a respiração pára involuntariamente durante o sono.

Devido à obesidade, pode ocorrer uma situação chamada hipoventilação, que é o acúmulo de níveis tóxicos de dióxido de carbono no sangue.

3. Varizes

Varizes nas pernas

Os músculos da parte inferior do corpo desempenham um papel muito importante no bombeamento do sangue para o coração. Sua função ajuda a “distribuir” o fluxo sanguíneo pela maioria dos músculos e tecidos do corpo.

Porém, devido ao excesso de pressão produzido pela gordura abdominal, sua carga de trabalho aumenta e causa danos às válvulas que garantem o retorno ao coração.

Como consequência, o sangue permanece estagnado e pode causar uma inflamação que todos conhecemos como varizes. Isso parece um bom motivo para começar a perder peso?

4. Pressão alta

A pressão alta ou hipertensão é um distúrbio cardiovascular comum em pacientes com sobrepeso ou obesos.

A dificuldade de transporte do sangue através das artérias leva a um esforço excessivo do músculo cardíaco.

5. Diabetes

Risco de diabetes

A diabetes é uma doença grave que causa milhares de mortes. Além disso, é a principal causa de cegueira na população adulta.

A relação entre diabetes e excesso de peso ou obesidade decorre da dieta: muitas pessoas com excesso de peso comem alimentos não saudáveis e com alto índice glicêmico.

Esses tipos de alimentos tendem a ter muito mais calorias e tendem a aumentar os níveis de açúcar no sangue rapidamente.

Como resultado, o corpo armazena uma grande quantidade de glicose como gordura, em vez de usá-la como energia.

Você quer saber mais? Leia: Quais são os 8 sintomas iniciais da diabetes?

6. Câncer

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que entre 25 e 33% dos pacientes com câncer já tiveram complicações devido ao sedentarismo e ao excesso de peso.

A gordura corporal desequilibra a produção de insulina e estimula o excesso de estrogênio, causando um forte desequilíbrio hormonal.

Essa reação acelera a divisão celular e cria mais tecido adiposo para aumentar a capacidade de armazenar gordura.

A rápida divisão celular faz com que as células cancerosas cresçam na mesma taxa.

Os tipos de câncer associados a esta condição são:

  • Câncer de mama: em homens e mulheres.
  • Câncer colorretal: envolve o cólon, o apêndice e o reto.
  • Câncer de próstata: afeta a próstata.
  • Câncer de endométrio: desenvolve-se no útero.
  • Câncer de esôfago: afeta o esôfago.
  • Câncer de células renais: compromete os rins.

Como você pode ver, o peso vai muito além de uma condição estética. Ter um peso estável e saudável é essencial para evitar patologias graves como as que acabamos de mencionar.

Se você tem problemas de excesso de peso, tente melhorar seus hábitos de vida. Além disso, consulte seu médico para determinar como isso está afetando a sua saúde.

Pode interessar a você...
7 erros comuns ao fazer dieta para perder peso
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
7 erros comuns ao fazer dieta para perder peso

São muitos os que cometem esses erros comuns ao fazer uma dieta buscando o emagrecimento. Saiba quais são e evite-os sempre que possível!