Conheça chás emagrecedores incríveis!

· 6 de março de 2019
Não existe receita mágina para emagrecer. Porém, manter uma dieta balanceada e exercícios físicos regulares continua sendo a chave. E para potencializar os resultaados, vale conhecer alguns chás emagrecedores incríveis. Confira!

O mais famoso dos chás emagrecedores da atualidade continua sendo o chá verde. Mas, existem muitos outros, como o de gengibre – que já foi citado aqui no blog –, hibisco, espinheira santa e oliveira.

Não existe receita mágica para emagrecer (ao menos por enquanto). Por isso, o “segredo” para conseguir bons resultados continua sendo o mesmo. Uma dieta balanceada aliada a atividade física.

Mas, existem alimentos que podem ajudar na perda de peso. E, graças às suas propriedades e a um universo bastante rico neste aspecto, um dos principais alimentos são os chás.

Descubra o que cada um deles pode fazer por você e como você pode emagrecer mais bebendo chá.

Chá verde

chá verde

Depois que suas propriedades emagrecedoras foram difundidas, este chá tornou-se uma verdadeira “febre”. Assim, passou a compor o cardápio de várias dietas.

O chá verde de fato atua ativamente no emagrecimento porque acelera o metabolismo, aumentando a perda de calorias. Ainda no quesito estático, o chá verde também é oxidante e ajuda a prevenir o envelhecimento.

Uma variação das mesmas substâncias ativas do chá verde, o chá branco também ajuda no emagrecimento. Além disso, tem a vantagem de ter mais nutrientes que o verde por ser composto de folhas mais jovem da mesma erva.

O chá branco também é menos amargo. Entretanto, é mais difícil de ser encontrado (por questões de época da colheita), e, por isso, é mais caro.

Leia também: Chá verde para perder gordura abdominal

Chá de hibisco

Diferentemente dos amargos chás verde e branco, o chá de hibisco possui sabor bastante agradável. Além disso, também ajuda nas dietas de emagrecimento.

Ele reduz a absorção de carboidrato pelo organismo, regula o funcionamento intestinal e atua como diurético, diminuindo os episódios de retenção de líquido.

Diferente de muitos chás emagrecedores, o hibisco não é estimulante. Assim, é ideal para quem é muito sensível a este tipo de substância.

Chá de espinheira santa

A espinheira santa ajuda a regular as funções gastrointestinais e possui leve efeito diurético e laxativo. Graças a essas propriedades, o chá de espinheira santa ajuda a eliminar as toxinas do corpo, melhorando a ação do seu metabolismo. Aos que sofrem com problemas estomacais, este chá é um excelente remédio.

Chá de oliveira

O chá de oliveira ajuda na digestão, na regulação do intestino e também é diurético. Embora as pesquisas ainda sejam inconclusivas, acredita-se que o chá de oliveira seja capaz de promover a queima de gordura abdominal.

De todo modo, as propriedades já conhecidas da folha da oliveira ajudam a eliminar toxinas e a regular as funções gastrointestinais, o que já auxilia bastante a eficácia da dieta.

E não perca: Os chás para emagrecer funcionam?

OBS: Em todos os casos citados, não podemos esquecer que a ingestão excessiva das substâncias ativas destes chás emagrecedores pode causar efeitos colaterais como insônia, náuseas, diarreias e outros até mais graves.

Como já mencionamos aqui em outra ocasião, mesmo sendo substâncias naturais é preciso consumir os chás com moderação para obter resultados eficazes e saudáveis. O ideal é que o consumo de cada um não ultrapasse três xícaras diárias, mas, em caso de dúvida, consulte um especialista.

  • de Freitas, H. C. P., & Navarro, F. (2012). O chá verde induz o emagrecimento e auxilia no tratamento da obesidade e suas comorbidades. RBONE-Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, 1(2).
  • Saigg, N. L., & Silva, M. C. (2009). Efeitos da utilização do chá verde na saúde humana. Universitas: Ciências da Saúde, 7(1), 69-89.
  • de Oliveira, D. B., dos Santos, T. M. S., & Navarro, A. C. (2012). Efeito do consumo do extrato de chá verde no emagrecimento em praticantes de exercício resistido. RBNE-Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, 4(24).