6 dicas para manter uma prática regular de ioga

· 26 de fevereiro de 2019
Os benefícios da ioga começam a serem notados quando sua prática é regular e sem interrupções. Manter um horário fixo e afastar as distrações pode nos ajudar a torná-la um estilo de vida

Existem muitos fatores que podem interferir na prática regular de ioga. Ainda que seus efeitos sobre a saúde sejam notáveis, alguns não conseguem avançar porque não tem tempo suficiente para serem constantes ou preferem desistir quando a sentem “difícil”.

No entanto, como ocorre com qualquer tipo de atividade física, tudo é questão de costume, mentalidade e esforço. Na verdade, nem sequer é estritamente necessário procurar uma academia; existem várias possibilidades para fazer a ioga em casa. Conheça algumas dicas!

Conselhos para uma prática regular de ioga

1. Estabeleça um horário

Não importa se você decide fazer ioga em uma academia especial ou em casa; se o que quer é convertê-la em parte de seu estilo de vida, terá que estabelecer um horário exclusivo para sua prática diária. Se em algum momento não pode cumpri-lo, não é um problema.

O essencial é dar um “espaço” específico na rotina para que se converta em um costume. Do contrário, começará a ser irregular com as aulas e te invadirá uma sensação de frustração por não conseguir as mudanças que desejava.

Dicas:

  • Agende pelo menos 20 minutos do dia para praticar ioga.
  • Deixe de desculpas. Se está cansada ou estressada, os efeitos da ioga te permitirão sentir-se bem.

2. Tenha em mãos o material necessário

Para praticar ioga não são necessários muitos materiais. No entanto, se você guarda a esteira ou tapete no mais fundo de seu armário, talvez não te motive a praticá-la. Por isso, se sua ideia for manter uma prática regular da ioga, o melhor é ter tudo em mãos.

Confira também: Quais são as posições de ioga mais difíceis?

Dicas:

  • Em primeiro lugar, mantenha o tapete e a faixa para posturas onde possa notá-los facilmente.
  • Além disso, se for possível, adapte algum espaço livre da casa com tudo o que é necessário para os exercícios.

3. Afaste-se de distrações

Mulher fazendo uma prática regular de ioga

Os elementos distrativos e a ioga são inimigos. É fundamental entender que esta disciplina requer muita concentração e força mental. Então, para dominá-la e torná-la parte da rotina, terá que se afastar de qualquer coisa que distraia.

Além disso, se decidir fazer em casa, busque um local tranquilo, limpo e afastado de qualquer barulho ou aparelho tecnológico. Desta maneira estará entregue ao exercício e não terá tantas dificuldades para dominar as posturas.

Dicas:

  • Primeiramente, prepare um cantinho “da ioga” no local mais tranquilo da casa. Se desejar, ambiente-o com aromas naturais e música suave.
  • Evite por completo os espaços desordenados ou sujos. Além disso, peça aos seus familiares que não te causem distrações.

4. Aumente a intensidade de forma gradual

Não se pode pretender praticar a ioga como um profissional quando apenas fez algumas aulas. Ainda que sinta que tenha flexibilidade suficiente, é melhor aumentar a intensidade de maneira gradual, semana após semana.

Certamente, existem muitas posturas simples que são perfeitas para se iniciar na prática desta disciplina. Mais tarde, quando tiver mais resistência e experiência, pode-se tentar as que são mais complexas.

Dicas:

  • Em primeiro lugar, evite fazer esforços excessivos na tentativa de fazer uma postura muito difícil. Se não está preparado de forma suficiente, opte por alternativas mais fáceis.
  • Tampouco se exceda tampouco no horário: se o faz por muito tempo corre o risco de se cansar e desistir.

Não perca: Tudo o que você precisa saber sobre a ioga

5. Aqueça antes de começar

Mulher fazendo uma prática regular de ioga

Os exercícios de aquecimento podem ser seus aliados para manter uma prática regular de ioga. Estes ajudam a liberar os músculos da tensão e melhorar a mobilidade das articulaçõesPor isso, depois de realizá-los, manter as posturas deixa de ser tão difícil.

Dicas:

  • Em primeiro lugar, você pode tentar fazer um cumprimento ao sol para aquecer antes de sua rotina habitual. Ao fazê-lo ativa a musculatura e deixa fluir a respiração.
  • Outro exercício bom para aquecer é a postura gato-vaca.

6. Descanse o necessário

Durante e depois de uma aula de ioga devemos ter um tempo prudente para descansar. Atender aos sinais que o corpo envia é determinante para evitar lesões ou sensação de fadiga prolongada. Por isso, se sentir muito cansaço ou a respiração agitada, é melhor parar.

Dicas:

  • Tome alguns minutos de descanso entre uma postura e outra. Da mesma forma, procure ter um descanso reparador ao dormir.
  • Quando parar algum exercício por cansaço, respire fundo e tente se conectar bem antes de voltar a realizá-lo.

Em conclusão, se você estiver tentando manter uma prática regular de ioga não deixe de seguir todos estes conselhos básicos. Tente fazer com que cada aula tenha um propósito e assuma-a com muito positivismo. Não se esqueça que um de seus fundamentos principais é se sentir bem física e mentalmente.