Quais são as vantagens de cometer erros?

Os erros podem ser o ponto de partida para o crescimento pessoal. A seguir, detalhamos as vantagens que eles podem esconder. Descubra-as!
Quais são as vantagens de cometer erros?

Última atualização: 31 Outubro, 2021

Os erros geralmente não são do agrado das pessoas, mas fazem parte da vida. Na verdade, dependendo da perspectiva, cometer erros pode ter algumas vantagens.

Em particular, eles implicam passar por processos que nos permitem adquirir aprendizados importantes para o futuro. Eles podem, inclusive, se tornar uma parte fundamental do nosso desenvolvimento.

Por que cometemos erros com frequência?

Cometer erros com frequência pode ser frustrante, mas podemos destacar algumas vantagens nesta situação. Em primeiro lugar, é um sinal de que estamos avançando. Se os erros ocorrerem com frequência, significa que somos persistentes.

Ter a capacidade de superar o fracasso – e continuar tentando melhorar – é um traço de personalidade positivo. Em todo caso, se nos resignarmos diante do primeiro erro, nunca seremos bons em nada. Nesse sentido, a resiliência torna-se relevante.

Às vezes, os erros têm a ver com estilos de pensamento dicotômicos. O que isso significa? Em suma, não saber aceitar as derrotas implica repetir os mesmos erros. Portanto, não há aprendizado, apenas frustração por ter fracassado. É a atitude que assumimos diante dos erros que faz a diferença.

Por que cometemos erros com frequência?
Errar faz parte da vida. É algo necessário para o crescimento pessoal.

Por que é tão difícil aceitar os erros?

Nossa concepção dos erros torna difícil aceitá-los. Ter a ideia geral de que os erros são negativos é contraproducente. Em outras palavras, o que torna difícil aceitar um erro é pensar que falhamos.

Embora possa ser difícil fazer isso, é melhor aprender a aceitá-lo. Ser capaz de cometer erros sem se sentir culpado é positivo para o desenvolvimento pessoal. Trata-se de adquirir um nível adequado de tolerância à frustração.

6 vantagens de cometer erros

Para muitos, pode parecer ilógico tirar vantagem de cometer erros. No entanto, quando a atitude é boa, todos podemos valorizar essa experiência positivamente. A ideia de reconhecer esses “bons” aspectos é aprender a mudar o pensamento preconcebido dos fracassos. Vamos ver.

1. Ganhar experiência

Alcançar a sabedoria depende de quanto erramos ao longo do caminho. Pessoas experientes não se tornaram experientes da noite para o dia; elas erraram repetidamente.

As falhas são um catalisador para aumentar a autoconfiança. O ideal é aprender com a experiência para melhorar no futuro.

2. Aprender a ter mais humildade

Um erro pode ser um professor para toda a vida. A falha não é útil apenas em termos de conhecimento acadêmico ou de trabalho. A humildade surge quando as pessoas reconhecem seus erros sem se sentirem humilhadas. Perder uma discussão implica aceitar humildemente que não somos mestres da razão e que não há nada de errado nisso.

3. Fortalecer a autocrítica positiva

Depois de cometer erros, ocorre um processo de introspecção em que somos nossos próprios juízes. Portanto, devemos ter cuidado com a forma como nos avaliamos. Pessoas com complexo de inferioridade tendem a se rebaixar toda vez que cometem um erro.

Por outro lado, há quem faça uma autocrítica positiva. Trata-se de revisar o erro como uma circunstância, e não como parte de nós, entendendo que ele pode, eventualmente, ser corrigido sem maiores arrependimentos.

4. Melhorar a responsabilidade

Cometer erros e aprender com eles promove a responsabilidade. É lógico pensar que, quando aprendemos com os erros, fazemos um esforço para não cometê-los novamente.

Nesse sentido, a responsabilidade pode ser com nós mesmos. Por exemplo, quando nos afastamos de relacionamentos tóxicos.

5. Enfrentar o medo

Algumas pessoas temem o erro a ponto de ficarem paralisadas. Ao enfrentarmos nossos erros com humildade, o medo de cometê-los se dissipa.

Por que temos medo de algo que nos torna melhores? Devemos saber que esta situação é irracional. Não podemos escapar do erro, e isso não é tão ruim.

6. Aumentar a concentração

Aprender com o erro implica estar ciente de que precisamos melhorar. Depois de cometer erros e corrigir o que é necessário, nos concentramos mais em determinadas situações. Por exemplo, ao jogar uma partida de xadrez e perder, na próxima rodada tenderemos a estar mais focados.

Homem trabalhando
Uma das vantagens de cometer erros é que isso nos obriga a aumentar a nossa concentração em certas atividades.

Por que nunca paramos de cometer erros?

Os erros são uma constante na vida de qualquer pessoa; eles aparecem até mesmo em atividades rotineiras. Isso acontece porque todos os dias somos expostos a novas situações; podem ser emoções, pessoas, responsabilidades ou alguns eventos imprevistos.

De qualquer forma, nada se repete exatamente da mesma forma. Mesmo que tenhamos aprendido com nossos erros, ainda somos propensos a falhar novamente. Esta é uma dinâmica constante de aprendizagem baseada na tentativa e erro.

Pode interessar a você...
Não tomar decisões é pior do que cometer erros
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Não tomar decisões é pior do que cometer erros

Hoje, em nosso espaço, convidamos você a refletir sobre este aspecto e aprender as estratégias básicas de como tomar decisões mais eficazes e segur...



  • Iglesias, E. B. (2006). Resiliencia: definición, características y utilidad del concepto. Revista de psicopatología y psicología clínica11(3), 125-146.
  • Cortés, R. R. (1986). El crecimiento personal (o autorrealización): meta de las psicoterapias humanistas. Anuario de psicología/The UB Journal of psychology, 63-84.
  • Estany, A. (2008). La convergencia de lo cognitivo y lo social en los errores humanos. Tópicos (México), (35), 9-35.