Truques para ajudar você a perder peso

5 de janeiro de 2020
O exercício físico é um dos melhores aliados na hora de perder peso, já que acelera o metabolismo e nos permite queimar gordura também em repouso.

Apesar de a alimentação desempenhar um papel principal na hora de perder peso, há muitos outros hábitos que, de algum modo, influenciam os resultados. Lembre-se de que perder peso é um processo que depende de muitos fatores.

Na ânsia por conseguir uma mudança significativa em pouco tempo, muitas pessoas se submetem a dietas restritivas e perigosas que, ainda que permitam eliminar os quilos extras, quase sempre trazem uma série de consequências negativas para a saúde.

Por este motivo, é fundamental entender que a alimentação deve ser melhorada de forma permanente, sem eliminar grupos nutricionais e incluindo alguns suplementos que permitem impulsionar a atividade do metabolismo.

Hoje, existem métodos que podem ajudá-lo a perder peso mais facilmente. Embora não sejam milagrosos, podem ser úteis para melhorar os hábitos de vida.

De qualquer forma, é aconselhável consultar um nutricionista antes de iniciar qualquer dieta, pois o profissional saberá o que é mais adequado para cada caso, levando em consideração as necessidades de cada organismo.

Perder peso de forma saudável

1. Tome um café da manhã saudável

O café da manhã é uma das refeições principais do dia. Ainda que durante muito tempo tenha recebido pouca importância, hoje está mais claro o quão benéfico é em todos os planos de alimentação para emagrecer.

Esta primeira refeição proporciona ao organismo a energia e os nutrientes necessário para ficar ativo ao longo do dia. Além disso, seu consumo diário estimula a digestão e diminui os casos de ansiedade alimentar.

2. Evite o consumo de bebidas industrializadas

Um dos melhores métodos para perder peso de maneira segura e saudável é aumentar o consumo diário de água e evitar o consumo de bebidas industrializadas: águas aromatizadas, chás, refrigerantes, sucos e produtos relacionados. 

A água é o líquido vital que faz nosso corpo funcionar corretamente. Sacia a sede e pode até aumentar a vitalidade.

Não é obrigatório beber 2 litros de água por dia, mas é necessário consumir uma certa quantidade para manter uma boa hidratação.

Mantenha a hidratação

3. Faça exercício físico diariamente

Na maioria dos casos, o exercício físico diário é o melhor complemento para qualquer dieta para perda de peso. Sua prática aumenta o gasto de energia do corpo, o que permite “queimar” tudo o que o corpo realmente não precisa.

Fazer qualquer tipo de atividade física ativa o metabolismo. Assim, os benefícios são maiores quando um plano de treinamento com exercícios cardiovasculares e de força é adotado.

O ideal é colocá-lo em prática pelo menos três vezes por semana.

Leia também: 6 exercícios de alongamento muscular

4. Coma mais frutas e vegetais frescos

As vantagens de comer frutas e vegetais frescos são múltiplas. Além de serem escolhas alimentares com poucas caloria, elas também representam uma fonte significativa de nutrientes essenciais que sustentam os processos de perda de peso.

Dessa forma, o consumo diário estimula a digestão e diminui a tendência a acumular gordura. Graças às suas contribuições de fibra e água, são alimentos muito saciantes que reduzem essa necessidade de comer entre as refeições.

Batidas vegetais

5. Divida as porções de alimentos

6. Durma bem

Ter uma boa qualidade de sono também influencia o peso corporal. Embora muitos considerem que não tem nada a ver, os distúrbios do sono podem ter uma influência negativa no controle do excesso de peso.

Dormir menos do que o adequado, 7 horas por dia, diminui o metabolismo e reduz o nível de energia física e mental. Dessa forma, a insônia e as interrupções do sono aumentam a sensação de apetite, levando a excessos.

Leia também: Os melhores alimentos para diminuir o apetite

Nota final

É importante ser paciente e disciplinado. Desta forma, resultados satisfatórios e permanentes podem ser obtidos. Finalmente, lembre-se de que você sempre pode verificar com seu médico o que é melhor para você.

  • Slade, P. D. (1994). What is body image? Behaviour Research and Therapy. https://doi.org/10.1016/0005-7967(94)90136-8
  • Blundell, J. E., & King, N. A. (1998). Effects of exercise on appetite control: Loose coupling between energy expenditure and energy intake. International Journal of Obesity.
  • Boone, L., Claes, L., & Luyten, P. (2014). Too strict or too loose? Perfectionism and impulsivity: The relation with eating disorder symptoms using a person-centered approach. Eating Behaviors. https://doi.org/10.1016/j.eatbeh.2013.10.013