Truques para exercitar o cérebro e melhorar a memória

· 4 de agosto de 2018
Chega de criar desculpas para não dar a este tema a atenção que ele merece. Chegou a hora de você aplicar nossos truques e exercitar o seu cérebro!

Exercitar o cérebro, o órgão central do nosso sistema nervoso, é muito importante. Afinal, no dia a dia, essa parte do corpo também merece atenção. Você acha que é muito difícil fazer esses exercícios? Não é! Nós mostraremos a você neste artigo.

Por acaso você já entrou em um cômodo, mas esqueceu o que ia fazer ou o que estava procurando? Isso é chamado de “efeito limiar” e não significa exatamente que você está esquecendo as coisas. É só que o seu cérebro tende a memorizar muitas coisas de uma vez e depois esquece a ordem em que você deve executar as tarefas.

Os estudos indicam que este é um bom sinal, já que o seu cérebro não está parando de trabalhar e armazenar informações. Como muitos órgãos do nosso corpo, o cérebro é um que enfraquece com o passar do tempo, e ainda mais quando você não o exercita o suficiente.

Novas ideias

Aquelas pessoas que tendem a ser muito sedentárias, que não realizam nenhum tipo de exercício ou atividade diária produtiva para a saúde, são aquelas que mais frequentemente sofrem de perda de memória, mesmo em idade precoce.

No entanto, é normal que muitos de nós esqueçamos as coisas de tempos em tempos. Felizmente, há sempre novos estudos que revelam alguns truques para manter o funcionamento do cérebro de alguma forma, embora a idade seja, em muitos casos, inevitável.

Graças aos estudos desenvolvidos pela Escola de Medicina de Harvard, você pode aprender alguns truques para colocar em prática a agilidade da sua memória e realizar todas as atividades que você precisa de forma eficaz.

5 truques muito simples para exercitar o cérebro

1. Aprendizagem contínua

Vamos ver dessa forma: cérebro funciona como uma máquina que, de vez em quando, requer manutenção para não quebrar à medida que o tempo passa. A melhor coisa que você pode fazer para manter essa máquina ativa é desafiá-la com novos aprendizados todos os dias.

Teste a sua mente e aprenda novos jogos, como xadrez ou quebra-cabeça. Você também pode ler um bom livro todo mês, fazer uma atividade da qual tenha medo, ou que acha que não pode realizar.

Desta forma, você poderá desenvolver novas habilidades e colocar em prática o que você domina para que o seu corpo e a sua mente se mantenham conectados apesar da idade.

2. Use todos os seus sentidos

Outro truque que, de acordo com a Escola de Medicina de Harvard, pode envolver ainda mais o cérebro, é utilizar todos os seus sentidos para que o seu cérebro retenha vários conceitos e caia em uma espécie de enigma.

Através do olfato, ou até mesmo do tato e do paladar, o cérebro é capaz de memorizar e identificar rapidamente as coisas. Uma das práticas desta Escola foi justamente mostrar aos alunos uma imagem, várias vezes, acompanhada de um cheiro específico pela primeira vez, enquanto a segunda vez não havia cheiro.

Depois de várias tentativas, os alunos já acharam mais fácil identificar rapidamente as imagens que eram acompanhadas pelo cheiro. Então, se você quiser exercitar o cérebro, não pare de usar seus sentidos!

Leia também: 9 tipos de pessoas que você deve tirar de sua vida pela sua saúde mental

3. Confie em si mesmo

autoconfiança é uma carta coringa que certamente irá ajudá-lo a obter melhores resultados e aprender coisas que você nunca pensou que seria capaz.

Como exercitar o cérebro

As pessoas que tendem a ter falta de autoconfiança se limitam ao que aprenderam até uma certa fase de suas vidas. Assim, à medida que crescem, a capacidade da memória é reduzida e, portanto, tem pouca agilidade mental. Então, se você quiser exercitar o cérebro, a primeira coisa que você deve fazer é reunir e nutrir sua confiança em si mesmo. Lembre-se de que o amor próprio é uma ferramenta muito poderosa e que é válido usá-lo a nosso favor.

Não perca este artigo: 3 frases para recuperar seu amor próprio em apenas 3 minutos

4. Economize sua energia mental

Quando se trata de exercitar o cérebro, é importante que você tente ser mais organizado com suas coisas e tente minimizar a lembrança de aspectos que não são tão importantes. Por exemplo: tenha um local fixo para colocar suas chaves, anote a mensagem de um telefonema ou tarefa pendente, aniversários de amigos e familiares, e assim por diante.

Essas medidas simples contribuirão muito para que você possa dedicar mais tempo a se concentrar em coisas que proporcionam um melhor aprendizado.

5. Repita o que você quer lembrar

Outra boa técnica para exercitar o cérebro é verificar, de vez em quando, o que você escreveu no caderno para que você não esqueça. Quando conhecer alguém, preste atenção no nome e associe-o a algo que você conheça. Toda vez que você cumprimentar alguém, chame a pessoa pelo nome.

Todos esses truques podem ajudá-lo ao longo do tempo, embora também seja aconselhável manter, o máximo possível, uma dieta saudável na qual você inclua alimentos saudáveis ​​que estimulem o funcionamento do cérebro.