Chá verde: como obter todos os seus benefícios?

· 16 de outubro de 2016
Você sabia que, além do tempo de infusão, a apresentação do chá verde que escolhemos também influencia seus benefícios? Assim, obteremos mais ou menos propriedades dependendo da nossa opção pelos saquinhos ou folhas soltas.

O chá verde oferece muitos benefícios à saúde. Ainda que cientificamente nem todos estejam constatados, sabe-se que muitos deles são reais.

Sabemos que conta com uma grande quantidade de propriedades antioxidantes, assim como efeitos diuréticos e de termogênese. 

Além disso, é possível proteger de uma grande variedade de condições de saúde, como os problemas cardíacos.

Se você aprender a tomar o chá verde para aproveitar 100% de seus benefícios, asseguramos que não vai mais querer tirá-lo da sua dieta.

Prepare o chá verde de acordo com seu gosto

Quando preparar uma xícara de chá verde, o sabor mudará de acordo com a forma na qual a infusão for feita; ou seja, a temperatura da água até a quantidade de tempo na qual as folhas cozinham podem influenciar.

Remédio de chá verde

De acordo com muitos aficionados pelo chá, a bebida perfeita é rica em sabor, sem necessidade de chegar a ser amarga.

Quando a água estiver muito quente ou as folhas ficarem muito tempo mergulhadas, é possível que seja produzido um sabor amargo na infusão

Por outro lado, se a água estiver muito fria, o sabor do chá não será extraído.

Considere que o tempo ideal para deixar as folhas de molho varia em função do tamanho das folhas, o grau do chá, quando foram colhidas e outros fatores.

O chá verde aquece, em geral, entre 60 ºC e 85 ºC; e, ainda, é preparado em um tempo estimado de 1 a 3 minutos.

Infusão de chá verde

Existem vários estudos que sugerem que, de acordo com o modo que se prepara o chá verde, os benefícios dos antioxidantes podem ser melhor conservados.

A forma como infusionamos o chá influencia muito o resultado final:

  • Tamanho e forma das folhas de chá: as folhas menores permitem chegar a uma infusão de forma mais rápida; enquanto que as folhas maiores requerem um pouco mais de tempo.
  • Bolsas de chá versus folhas soltas: no geral, o chá das folhas soltas é mais apreciado porque as folhas jovens são usadas com brotos e tudo; Isso faz com que seja usada um quantidade maior do que a que poderia ser encontrada em um pacote de chá com as folhas em pedaços pequenos.
  • Temperatura: quando a água ferve, promove rapidamente a extração de catequinas.
    Porém, a água que está em uma temperatura mais baixa maximiza os benefícios para a saúde; porque há uma degradação menor de compostos tais como o ácido gálico.

Existem riscos ao tomar a infusão de chá verde?

Quando o período que as folhas ficam de molho é prolongado, é possível que um sabor amargo domine a infusão; além disso, é possível que o teor de cafeína do chá se eleve.

Ademais, existe a possibilidade de que outras substâncias sejam extraídas do mesmo, como pesticidas ou metais pesados.

Saiba mais: Quanto café podemos tomar diariamente?

Como tomar o chá verde de outras maneiras?

Se o que você quer é maximizar a atividade antioxidante de sua próxima xícara de chá; deixe as folhas de molho por aproximadamente 2 horas em água fria, a fim de conseguir um sabor agradável.

Assim você também aproveitará as propriedades essenciais deste presente da natureza.

Três benefícios pouco conhecidos do chá verde

Uma série de estudos científicos está explorando os benefícios do chá verde; bem como suas propriedades anticancerígenas ou seus efeitos redutores de estresse que favorecem a saúde de seu coração.

Leia mais: As mil e uma propriedades do chá verde

Gengivas e dentes mais saudáveis

Em um estudo feito em 2009 foi analisada a saúde bucal de 940 homens e descobriu-se que: aqueles que bebiam chá verde regularmente tinha gengivas mais saudáveis do que os participantes que o consumiam esporadicamente.

Para cada xícara de chá verde por dia, houve uma diminuição muito significativa em vários indicadores de doenças periodontais; como o sangramento ou vermelhidão das gengivas, assim como na erosão dental.

Evitar um ataque cardiovascular

Também em 2009 foram realizados alguns estudos que sugeriram que, se você tomar chá verde todos os dias, pode-se diminuir de forma muito significativa o risco de sofrer acidentes vasculares cerebrais.

Segundo uma análise feita com 19.5000 pessoas – quem tomava até três xícaras diárias de chá verde – reduzia o risco de ter este tipo de ataque em até 21%.

Melhora sua capacidade cerebral

Tomar chá verde poderia preservar sua capacidade cerebral dos efeitos do envelhecimento.

Em 2006 foram feitos estudos que examinaram como o consumo de chá verde afetava aproximadamente 1.000 pessoas no Japão de 70 anos ou mais.

cha-verde-com-pimenta-vermelha-500x427

Descobriu-se que aqueles que tomavam mais chá ao longo de sua vida eram os menos propensos a mostrar sinais de perda ou enfraquecimento de suas funções cerebrais.

Quem consumia entre quatro a seis vezes por semana uma xícara de chá era 38% menos propenso à deterioração cognitiva.

Saiba mais: As melhores dicas para ter um cérebro jovem e vital

Sendo que existe um número limitado de pesquisas científicas, é muito cedo para recomendar o consumo do chá para o tratamento de qualquer condição.

Se você pensa em começar a tomar chá verde para melhorar sua saúde, é recomendável consultar seu médico de confiança.