8 hábitos cotidianos que podem causar problemas cardíacos

14 de agosto de 2014
Fumar contrai as artérias e acelera a frequência cardíaca, já que o coração recebe menos oxigênio e tem que se esforçar mais.

O coração tem sido chamado romanticamente de órgão do amor. Apesar dos conceitos terem mudado e hoje em dia sabermos que as emoções são produzidas no cérebro, não podemos deixar de reconhecer que elas se relacionam com o funcionamento do órgão cardíaco.

De fato, tudo o que fazemos: nosso estilo de vida, nossa dieta, a maneira como enfrentamos os problemas influenciam diretamente ou indiretamente o coração. Neste artigo, falaremos sobre 8 hábitos cotidianos que podem causar problemas cardíacos.

Meu coração e eu

O coração é o principal órgão do sistema circulatório e sua função é impulsionar o sangue para todo o corpo, permitindo o transporte de nutrientes, oxigênio, hormônios e resíduos dos tecidos para os órgãos pertinentes para serem eliminados.

Imagine uma maquinaria perfeita na qual cada engrenagem possua um papel fundamental no processo e qualquer leve mudança possa levar a um transtorno.

Quando o coração e os vasos sanguíneos não funcionam como deveriam, ocorrem transtornos conhecidos como doenças cardiovasculares. Às vezes não são descobertas facilmente, geralmente avisam mediante o aparecimento de outras doenças:

Doenças que indicam problemas no sistema cardiovascular

  • Arteriosclerose: é o engrossamento e endurecimento das artérias, as quais, ao perder diâmetro, transportam menos sangue. Por isso, o coração é danificado.
  • Angina de peito: quando uma pessoa sofre de angina, sente uma dor terrível no peito. Isso é o corpo anunciando que o coração não está recebendo sangue suficiente. Necessita de tratamento urgente.
  • Ataque cardíaco: quando as artérias ou veias são bloqueadas devido a diversos fatores, por exemplo, um coágulo de sangue pode interromper o fluxo sanguíneo para uma parte do coração e o ataque cardíaco acontece.
  • Derrame cerebral ou hemorragia cerebral: a ruptura de um vaso sanguíneo ou seu bloqueio pode provocar a falta de oxigênio no cérebro e também hemorragias.

Existem muitos fatores de risco que podem levar uma pessoa a sofrer problemas cardíacos, desde o envelhecimento que acarretam o desgaste das artérias, veias e tecidos, até malformações congênitas.

No entanto, os especialistas afirmam que o nosso modo de vida influencia notavelmente em nosso coração. Assim, vamos conhecer quais são os oito hábitos cotidianos que podem causar problemas cardíacos. 

8 hábitos cotidianos que podem desencadear problemas cardíacos

problemas cardíacos

Não existem dúvidas de que a vida atual segue um ritmo vertiginoso e muitas vezes pensamos que os maus hábitos que adotamos são a única forma de se adaptar a ela.

Mas não é verdade. Comer inadequadamente, fumar, beber muito álcool, trabalhar muito, viver sobre estresse constante, somente encurtarão nossos anos de vida e o rendimento de nosso corpo. Você não acredita? Pois siga lendo este artigo e confirme.

Sedentarismo

O sedentarismo é uma das principais causas do aparecimento de numerosas doenças que se transformam em mau funcionamento de nosso sistema circulatório: diabetes, arteriosclerose, obesidade.

O fato de realizar exercícios físicos habitualmente ajudará a eliminar a gordura depositada nos tecidos, além de fortalecer o coração e flexibilizar os vasos sanguíneos.

Fumar

problemas cardíacos

O terrível hábito de fumar não somente se relaciona com insuficiências respiratórias, como também vários estudos demonstraram que provoca a contração das artérias, acelera a frequência cardíaca e reduz a quantidade de oxigênio que recebemos.

Por isso, o coração tem que se esforçar muito para impulsionar o sangue, favorecendo a acumulação de gordura e a hipertensão. Não fume para cuidar de seu sistema circulatório.

Consumo de alimento de fast-food

Os alimentos de fast-food, como já se sabe, são ricos em gordura saturadas, açúcares refinados, sal e farinhas brancas, uma combinação muito tóxica para o nosso organismo.

Tudo o que o corpo não pode gastar diariamente nos processos metabólicos é armazenado em forma de gordura nos tecidos do corpo. Se a quantidade for grande, também começam a recobrir os vasos sanguíneos e os órgãos.

As artérias estreitas e pouco flexíveis são uma passagem segura para os problemas cardíacos. Evite a obesidade e faça com que em sua alimentação predominem as frutas, os vegetais e as fibras, os quais limpam o corpo expulsando tudo o que sobra.

Trabalhar em excesso

Se você não tira um momento para você, se você trabalha em excesso e suporta uma pressão no trabalho, familiar, emocional excessiva, tenha cuidado! Você está aumentando o risco de sofrer problemas cardíacos.

O estresse é o culpado de muitos de nossos males: deprime o sistema imunológico e aumenta nossa susceptibilidade de sofrer infecções e o risco de sofrer infartos devido à sua alta relação com as variações na pressão arterial.

Precisamos descansar, desfrutar dos prazeres da vida, dedicar pelo menos uma hora do dia para nós mesmos e desfrutar de nossa família e dos amigos. Cuide da sua saúde mental e faça exercícios de relaxamento. Diga não ao estresse!

Não dormir

problemas cardíacos

Precisamos dormir 8 horas por dia para cuidar do coração. Assim, o corpo pode se preparar para um novo dia de trabalho. Os transtornos hormonais provocados pela falta de sono podem provocar lesões em seu coração e afetar seu sistema circulatório.

Leia também: 6 dicas para ter uma boa noite de sono após um dia de trabalho

Tomar pouca água

Tomar pouca água favorece a acumulação de substâncias tóxicas em nosso organismo. Se você quer ajudar seu coração e favorecer a circulação, beba muita água. Dessa maneira, favorecerá a eliminação de resíduos.

Álcool

problemas cardíacos

O consumo habitual de álcool pode danificar gravemente o fígado e o coração. Tenha um estilo de vida saudável e evitará sofrer problemas cardíacos.

A alimentação vegetariana

Apesar de ser excelente, a alimentação estritamente vegetariana, sem o devido acompanhamento de um profissional de nutrição, pode provocar carência de vitamina B12, a qual afeta o sistema cardiovascular. Faça uma dieta balanceada e saudável.

Leia também: Sintomas de que você tem deficiência de vitamina B12

Palavras finais

Esperamos que este artigo tenha sido proveitoso para identificar as ações de sua vida cotidiana que estão afetando sua saúde. Se você quer ser saudável e evitar os problemas cardíacos, basta:

  1. Manter uma dieta rica em frutas, vegetais, proteínas e fibras. Assim, potenciará seu músculo cardíaco.
  2. Reduzir a ingestão de gorduras, açúcar e sal.
  3. Tomar mais de dois litros de água por dia.
  4. Fazer exercícios físicos regularmente. Pode ser caminhada, corrida, natação ou o que mais gostar.
  5. Evitar o excesso de estimulantes como o chá e o café.
  6. Evitar o estresse.
  7. Fazer exercícios de relaxamento.
  8. Dormir o tempo necessário.
  9. Não fumar.
  10. Evitar o álcool.

“]

  • World Health Organisation. (2014). The top 10 causes of death. https://doi.org//entity/mediacentre/factsheets/fs310/en/index.html

  • Benjamin, E. J., Virani, S. S., Callaway, C. W., Chamberlain, A. M., Chang, A. R., Cheng, S., … Muntner, P. (2018). Heart disease and stroke statistics – 2018 update: A report from the American Heart Association. Circulation. https://doi.org/10.1161/CIR.0000000000000558