Tomar chá de jasmim: 8 benefícios para a saúde

· 2 de novembro de 2018
Graças às propriedades do chá de jasmim podemos reduzir o colesterol, favorecer a circulação sanguínea e evitar o surgimento de coágulos que podem favorecer os acidentes vasculares cerebrais.

O chá de jasmim é uma variedade de chá que vem sendo consumida por gerações no sudeste da Ásia. É feito por meio da infusão de chá verde com a fragrância das flores de jasmim.

Também é possível usar outras variedades de chá, ainda que o chá verde seja o mais comum.

Para produzir chás com sabores fortes devemos misturar as flores de jasmim repetidamente com as folhas de chá, até conseguir o resultado desejado. Ainda com o sabor e o aroma, tomar chá de jasmim oferece vários benefícios para a saúde. Vamos conhecê-los?

O chá de jasmim pode aliviar o estresse e a tensão

O chá de jasmim pode aliviar o estresse

O efeito calmante do chá verde combinado com o aroma do jasmim pode ser benéfico para aliviar o estresse, a ansiedade e a tensão.

Assim como pode reduzir os sintomas de dor, como dores de cabeça e dores musculares.

Alguns estudos demonstram que o aroma de jasmim pode diminuir a frequência cardíaca e produzir um efeito calmante. 

Pode diminuir o risco de câncer

O chá de jasmim é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres que se formam no corpo. Os radicais livres são prejudiciais e podem acelerar o processo de envelhecimento.

Além disso, os radicais livres também demonstraram ter uma relação com o desenvolvimento de câncer no corpo. Por meio da redução dos radicais livres, também é possível reduzir as chances de desenvolver câncer.

Os antioxidantes também desempenham um papel importante no atraso do processo de envelhecimento precoce.

Papel do jasmim na redução do colesterol

como-tratar-o-colesterol

Foi demonstrado que o chá de jasmim pode reduzir o acúmulo de colesterol e gorduras não saudáveis. Bem como prevenir a formação de colesterol ruim. Como resultado, reduz-se o risco de sofrer de doenças cardíacas, assim como acidentes vasculares cerebrais.

Reduz o aparecimento de gripes e resfriados

O chá de jasmim tem propriedades antivirais e antibacterianas que ajudam na prevenção dos resfriados e da gripe.

A opinião generalizada é que ao fazer gargarejos com o chá pode-se prevenir estas doenças. Assim como o consumo do chá também pode ajudar a ter uma recuperação mais rápida.

Ajuda a perder peso

Combata o sobrepeso com o chá de jasmim

Alguns estudos demonstraram uma relação entre o consumo de chá de jasmim e a redução das células de gordura no corpo. 

Isso pode ajudar na perda de peso de forma mais rápida.

Além disso, o chá de jasmim ajuda a manter o peso corporal, sempre que for acompanhado de uma dieta adequada.

Luta contra as bactérias

Além da luta contra as bactérias, o chá de jasmim é benéfico para a formação de bactérias boas; que ajudam em várias tarefas importantes, tais como a digestão. 

Por conseguinte, tomar o chá melhora a resistência intestinal e também ajuda na prevenção de doenças como a diarreia, úlceras, entre outras.

Ajuda a regular a circulação

melhorar-a-circulaçao

Tomar chá de jasmim é benéfico, pois pode melhorar a circulação do sangue. Por isso, este chá ajuda a prevenir condições de saúde como coágulos no sangue, placas arteriais, trombose, hipertensão arterial e acidentes vasculares cerebrais.

Regula a produção de insulina

Acredita-se que o consumo de chá de jasmim reduza a probabilidade de desenvolvimento de diabetes. Portanto, tomar o chá pode regular os níveis de açúcar no sangue e a formação de insulina no corpo.

Imagem oferecida por Keith Williamson.

  • Botham, K., & Mayes, P. (2009). Síntesis, transporte y excreción del colesterol. In V. Rodwell, D. Bender, K. Botham, & E. Al (Eds.), Harper Bioquímica Ilustrada (pp. 224–43). Mc Graw Hill.
  • Atta, A. H., & Alkofahi, A. (1998). Anti-nociceptive and anti-inflammatory effects of some Jordanian medicinal plant extracts. Journal of Ethnopharmacology60(2), 117–124. https://doi.org/10.1016/S0378-8741(97)00137-2
  • Zhao, G., Yin, Z., & Dong, J. (2009). Antiviral efficacy against hepatitis B virus replication of oleuropein isolated from Jasminum officinale L. var. grandiflorum. Journal of Ethnopharmacology125(2), 265–268. https://doi.org/10.1016/j.jep.2009.06.030
  • Teerarak, M., Laosinwattana, C., & Charoenying, P. (2010). Evaluation of allelopathic, decomposition and cytogenetic activities of Jasminum officinale L. f. var. grandiflorum (L.) Kob. on bioassay plants. Bioresource Technology101(14), 5677–5684. https://doi.org/10.1016/j.biortech.2010.02.038
  • Sodmergen, Bai, H. H., He, J. X., Kuroiwa, H., Kawano, S., & Kuroiwa, T. (1998). Potential for biparental cytoplasmic inheritance in Jasminum officinale and Jasminum nudiflorum. Sexual Plant Reproduction11(2), 107–112. https://doi.org/10.1007/s004970050126