8 suplementos para o tratamento da obesidade

01 Julho, 2020
Os dados científicos existentes sobre a eficácia dos suplementos naturais no tratamento da obesidade são controversos. Conheça-os a seguir.
 

Atualmente, o sobrepeso e a obesidade são dois problemas de importância global, juntamente com as complicações relacionadas, como doenças cardiovasculares e diabetes. Por esse motivo, neste artigo, mostramos quais são os melhores suplementos naturais para o tratamento da obesidade.

Tratamento da obesidade

Obesidade
Não tome suplementos naturais para combater a obesidade se você não tiver aprovação médica.

Antes de mergulhar completamente neste tópico, vamos descobrir o que é exatamente estar acima do peso. Um acúmulo anormal de gordura no corpo é considerado excesso de peso. Quando esse acúmulo é excessivo e prejudicial à saúde, falamos de obesidade.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS)mais de 1,9 bilhão de pessoas com mais de 18 anos estavam acima do peso em 2016. Destas, mais de 650 milhões eram obesas.

No entanto, existem suplementos naturais que ajudam n​​o tratamento da obesidade, certo? Antes de mais nada, devemos estabelecer que os suplementos naturais incluem vitaminas, minerais e ervas que geralmente são ingeridos em forma de cápsula. Também é possível consumi-los em pó ou na forma de bebidas.

Antes de comentar quais são os suplementos naturais mais utilizados para perder peso, é necessário esclarecer que o fato de algo ser considerado “natural” não significa que possa ser consumido indiscriminadamente e sem controle médico. Pelo contrário, antes de iniciar a ingestão de qualquer suplemento, você deve consultar o seu médico!

 

Ingredientes comuns dos suplementos naturais

Suplementos para o tratamento da obesidade
Os suplementos naturais devem ajudar a queimar gordura ou a reduzir a sua absorção.

A seguir, discutiremos os principais ingredientes usados ​​em suplementos naturais que supostamente ajudam no tratamento da obesidade. Confira!

1. Quitosana

Este produto é um derivado de peixe que é comumente usado no tratamento da obesidade. Especificamente, é o açúcar proveniente das camadas externas do camarão, do caranguejo e da lagosta.

Supõe-se que sirva para impedir a absorção do colesterol e das gorduras pelo organismo. No entanto, não existem estudos conclusivos sobre a sua eficácia na redução da gordura corporal.

Você também pode se interessar: É perigoso perder peso muito rápido?

2. Glucomanan

Esta substância é obtida da planta Konjac e promete favorecer a perda de peso devido ao seu teor de fibra natural. No entanto, um estudo do Journal of Obesity concluiu que este suplemento não ajudou a alcançar a perda de pesoVerifique com seu médico de confiança antes de consumi-lo.

3. Extrato de chá verde

Chá verde
O chá verde é uma das bebidas mais usadas ​​para perder peso devido ao seu efeito diurético e queimador de gordura.
 

Este é um suplemento de ervas recomendado para a perda de peso que pode ser encontrado em quase qualquer farmácia. Diferentes estudos endossaram sua eficácia, embora ela tenha variado de caso para caso.

4. Cetona de framboesa

A framboesa está presente em muitas pílulas pois, supostamente, ajuda a queimar gordura. No entanto, não há evidências científicas (pelo menos em seres humanos) para apoiar esta alegação.

5. Laranja amarga

A laranja amarga é um dos ingredientes mais comuns em suplementos naturais voltados para a perda de peso. Supõe-se que ela ajude a queimar mais calorias, mas também não há pesquisas com dados conclusivos sobre a sua eficácia.

Na verdade, algumas pesquisas com usuários de laranja amarga indicam que ela pode causar efeitos colaterais como aumento da ansiedade, da frequência cardíaca e da pressão arterial, além de dor no peito.

6. Picolinato de cromo

Suplementos para o tratamento da obesidade
O consumo de suplementos naturais deve ser estritamente supervisionado por um médico ou especialista em nutrição.

O cromo é um mineral que funciona melhorando a resposta à insulina para converter alimentos em energia. Geralmente, é recomendado por seu suposto efeito queimador de gordura e por favorecer o aumento da massa muscular, ao mesmo tempo em que reduz o apetite. Vale ressaltar que diferentes estudos falharam em comprovar esses benefícios.

 

7. Ácido linoleico conjugado (CLA)

Os especialistas suspeitam que o ácido linoleico possa ajudar a reduzir a gordura corporal e a diminuir o apetite. Os dados de estudos realizados a esse respeito são controversos. Enquanto alguns admitem uma perda de peso graças ao uso desta substância, outros sustentam que essa redução é praticamente inexistente.

Não deixe de ler:  Alimentos para perder peso de maneira saudável

8. Cafeína

O último componente dos suplementos naturais sobre os quais falaremos hoje será a cafeína. Alguns estudos mostraram que a cafeína pode acelerar o metabolismo, aumentando a queima de gordura em até 29%. No entanto, outras pesquisas encontraram uma perda de peso mínima ao usar a cafeína como tratamento para a obesidade.

Nota: Ao contrário dos medicamentos, os suplementos naturais não estão sujeitos a controles rigorosos. Embora o FDA (Food and Drug Administration) os regule, eles são considerados “alimentos”. Portanto, as empresas que os produzem não precisam provar sua segurança ou eficácia antes de colocá-los à venda.

Os suplementos naturais ajudam no tratamento da obesidade?

Frutas e verduras
Modifique sua dieta e mantenha uma vida ativa para combater o excesso de peso.
 

A realidade é que as informações disponíveis atualmente são controversas. Alguns estudos asseguram que pode haver uma pequena redução no peso tomando suplementos naturais; no entanto, eles também apontam para a presença de efeitos colaterais. Outras pesquisas afirmam que as substâncias mencionadas não são eficazes.

Aconselhamos que você mude seus hábitos alimentares e inicie uma rotina regular de exercícios para combater o excesso de peso de maneira saudável. Esta é, sem dúvida, a melhor estratégia a seguir!

Como sempre, recomendamos que você evite consumir suplementos sem consultar o seu médico. Por fim, se você estiver procurando um tratamento para a obesidade, evite a automedicação. Lembre-se de que é necessário contar com o aconselhamento de um especialista antes de mudar qualquer hábito que possa afetar a sua saúde.

 
  • Keithley JK., Safety and efficacy of glucomannan for weight loss in overweight and moderately obese adults. Journal of Obesity, 2013.
  • Vázquez Cisneros LC., López Uriarte P., López Espinoza A., et al., Effects of green tea and its epigallocatechin (EGCG) content on body weight and fat mass in humans: a systematic review. Nutr Hosp, 2017. 34 (3): 731-737.
  • Lehnen TE., Ramos da Silva M., Camacho A., Marcadenti A., et al., A review on effects of conjugated linoleic fatty acid (CLA) upon body composition and energetic metabolism. J Int Soc Sports Nutr, 2015.