Suco verde para perder peso

28 Dezembro, 2019
O suco verde pode ser uma boa opção para acalmar a fome nos momentos de ansiedade. No entanto, por si só, não basta para perder peso. Saiba mais sobre isso.

Um suco verde para perder peso, além de natural, é uma bebida que, incluída em uma dieta equilibrada e saudável, pode ajudar a reduzir os “quilos extras”. No entanto, é importante esclarecer que por si só ele não tem a capacidade de queimar gordura ou eliminar toxinas. Simplesmente, ingerido regularmente pode ser um bom complemento para manter um peso saudável.

É útil preparar um suco verde para perder peso?

Para responder a essa pergunta, é importante eliminar algumas crenças falsas sobre o consumo de sucos. Por alguns anos, tanto o suco verde quanto outras bebidas semelhantes foram populares, pois muitas celebridades sugeriram que esse era o seu segredo para manter a forma.

Depois disso, dezenas de receitas foram compartilhadas, as quais prometiam eliminar alguns quilos em questão de semanas. Até dietas à base de sucos “milagrosos” foram projetadas para ajudar a perder peso quase instantaneamente. Bem, tudo isso foi negado e foi advertido que, pelo contrário, poderia se tornar prejudicial.

Smoothie verde para uma dieta vegana.

Um suco, seja verde ou de outra variedade, não pode, por si só, ajudar a perder peso. Embora seja composto de alimentos saudáveis, como frutas, verduras, sementes e especiariasnão possui propriedades suficientemente poderosas para combater o excesso de peso.

O que pode ser benéfico para o consumo é o fato de contribuírem para manter a sensação de saciedade, embora não tanto quanto as frutas e legumes em sua forma natural. Além disso, conforme detalhado em um estudo da Genetics and Molecular Biology, eles podem ajudar a melhorar a capacidade antioxidante, o que contribui para promover o bem-estar.

Leia também: Vitaminas e sucos verdes para o café da manhã

Suco verde para perda de peso

Em suma, você pode preparar um suco verde para perder peso, mas deixando claro que não será uma bebida com efeitos milagrosos. Se você decidir experimentá-lo, poderá ingeri-lo, por exemplo, nos momentos de ansiedade em que a fome o ataca.

Assim, você terá uma sensação de saciedade em troca de poucas calorias e, além disso, fornecerá um “extra” de nutrientes ao seu corpo. O que acha de tentar? Faça a seguinte receita.

Ingredientes

  • Uma maça verde 
  • Uma banana madura cortada em pedaços
  • 1 xícara de folhas de espinafre frescas e lavadas (60 g)
  • 1 xícara de água ou leite natural de amêndoa (250 ml)
Smoothie verde

Preparação

  • Adicione todos os ingredientes no liquidificador e bata.
  • Tente consumi-lo preparado na hora. Se você deixar o tempo passar, a cor e o sabor poderão mudar. 
  • Caso o dia esteja muito quente, adicione gelo se você quiser. 
  • Não é recomendado adicionar adoçantes. Caso o sabor não seja doce o suficiente, adicione apenas uma ou duas gotas de estévia líquida.

Não deixe de ver: 6 benefícios do suco de pepino

Em conclusão

Não podemos fingir que perderemos peso com um simples suco verde. Embora ainda seja uma bebida saudável, não possui “super propriedades”. Em geral, se queremos peso de forma saudável, é melhor manter uma dieta saudável e controlada em calorias. Além disso, não devemos nos esquecer a importância da atividade física.

Você está com sobrepeso ou obeso? Não deixe de aconselhar-se com médicos ou nutricionistas. Eles são os únicos com o poder de ajudá-lo a obter um plano ideal de perda de peso de acordo com o seu caso.

  • Yuan L, Liu J, Zhen J, et al. Vegetable and fruit juice enhances antioxidant capacity and regulates antioxidant gene expression in rat liver, brain and colon. Genet Mol Biol. 2017;40(1):134–141. doi:10.1590/1678-4685-GMB-2016-0159
  • Rogers PJ, Shahrokni R. A Comparison of the Satiety Effects of a Fruit Smoothie, Its Fresh Fruit Equivalent and Other Drinks. Nutrients. 2018;10(4):431. Published 2018 Mar 30. doi:10.3390/nu10040431
  • Henning SM, Yang J, Shao P, et al. Health benefit of vegetable/fruit juice-based diet: Role of microbiome. Sci Rep. 2017;7(1):2167. Published 2017 May 19. doi:10.1038/s41598-017-02200-6