Stevia líquida caseira: nutrientes e como prepará-la

Vamos mostrar os passos que você deve seguir para fazer a estévia líquida caseira, um adoçante que substitui o açúcar em muitas preparações.
Stevia líquida caseira: nutrientes e como prepará-la

Última atualização: 30 julho, 2022

A estévia líquida é um adoçante que pode ser feito em casa. Desta forma, obtém-se um produto que permite melhorar o sabor de muitas preparações sem adicionar calorias adicionais.

Isso pode ser útil ao planejar uma dieta com o objetivo de perder peso, pois é necessário gerar um déficit que permita que a gordura seja mobilizada e oxidada. Assim, o estado da composição corporal será melhorado.

Antes de começar, deve-se notar que a estévia está incluída nos adoçantes naturais. Mas, normalmente, são mais utilizados os adoçantes do tipo artificial, com impacto mais severo no organismo.

Estes podem estar relacionados com o desenvolvimento de patologias a médio prazo, embora ainda haja muita controvérsia a este respeito. É claro que é melhor não abusar dessa classe de produtos, incluindo-os com moderação.

Cultive a estévia e prepare o adoçante

É fundamental comentar que a estévia vem da planta homônima. Sua folha é doce e dela pode ser extraído o aditivo capaz de modificar as características organolépticas de certos alimentos.

Por isso, o primeiro passo para fazer a estévia líquida em casa é cultivar a planta. Para fazer isso, será necessário simplesmente plantar as sementes em um vaso.

Uma vez que a planta desenvolve suas folhas, elas são cortadas. Assim, os compostos glicosídeos que proporcionam o sabor adocicado podem ser removidos. Claro, será necessário lavar bem o produto para garantir que quaisquer vestígios de terra ou poeira que possam existir na superfície sejam devidamente removidos.

Em seguida, as folhas são cortadas em juliana com uma faca e deixadas para secar por alguns dias ao sol. Além disso, um desidratador pode ser usado para a mesma finalidade. O próximo passo é colocar as folhas em um recipiente, cobrindo-as com vodka.

Diferentes licores podem ser usados, mas este é o de menor sabor, portanto não afetará muito a qualidade organoléptica do produto final. O frasco é coberto e deixado em um local escuro por pelo menos 24 horas. Depois de algum tempo, as folhas são coadas e o álcool é removido.

adoçante artificial
Cultive a planta estévia em casa e use as folhas para fazer estévia líquida.

Coloque uma panela no fogo, evitando que ferva, e acrescente o líquido das folhas de estévia. Cozinhe por cerca de 30 minutos para formar uma calda. Como último passo, o resultado final será colocado em um recipiente escuro e mantido por no máximo 3 meses na geladeira.

Benefícios da estévia

O consumo de estévia pode ser benéfico para ajudar a melhorar o estado da composição corporal, reduzindo assim as calorias da dieta. Os açúcares simples não são apenas energéticos, mas também podem promover problemas como resistência à insulina e diabetes. Isso é evidenciado por pesquisas publicadas na revista Current Diabetes Reports. Reduzir sua ingestão é fundamental para alcançar uma boa saúde.

Agora, para realmente consolidar um efeito positivo, será necessário considerar uma série de hábitos em conjunto. Por exemplo, é fundamental promover a prática regular de exercício físico, dando especial ênfase ao trabalho de força.

Dessa forma, estimula-se a hipertrofia muscular, o que permite maior eficiência no uso dos substratos energéticos. Além disso, causará um maior gasto de energia em repouso, de acordo com um estudo publicado na Frontiers of Hormone Research.

O eritritol é prejudicial à saúde?
Use estévia com moderação, assim como você faz com açúcar e outros adoçantes.

No entanto, nem tudo que reluz é ouro. O abuso de adoçantes pode gerar alterações prejudiciais ao nível da microbiota intestinal. O consumo regular desses elementos demonstrou reduzir a densidade e a diversidade de microrganismos que habitam o trato digestivo. O resultado é um risco aumentado de desenvolver patologias inflamatórias e ter problemas em termos de utilização de nutrientes.

Portanto, a melhor solução é moderar o consumo de alimentos de sabor doce, independentemente de conterem açúcares simples ou adoçantes em seu interior. Acima de tudo, será necessário promover a ingestão de alimentos frescos, que normalmente possuem uma alta densidade nutricional.

Prepare a estévia líquida em casa

Como você viu, é possível fazer estévia líquida em casa de maneira simples, obtendo assim um aditivo que pode ser usado para melhorar as características organolépticas de certos produtos. Não tem calorias no interior, por isso não afetará negativamente o balanço energético da dieta. Claro que deve ser consumido com moderação para evitar alterações na composição da microbiota a médio prazo.

Para finalizar, lembre-se de que muitos dos aditivos incluídos nos processos industriais são de baixa qualidade. É melhor sempre dar prioridade aos alimentos frescos e naturais.

Pode interessar a você...
O maltitol é um adoçante seguro?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
O maltitol é um adoçante seguro?

O maltitol é um adoçante usado pela indústria de alimentos em vários produtos doces. Será que o seu consumo é seguro? Descubra neste artigo!



  • Yoshida, Y., & Simoes, E. J. (2018). Sugar-Sweetened Beverage, Obesity, and Type 2 Diabetes in Children and Adolescents: Policies, Taxation, and Programs. Current diabetes reports18(6), 31. https://doi.org/10.1007/s11892-018-1004-6
  • Moghetti, P., Bacchi, E., Brangani, C., Donà, S., & Negri, C. (2016). Metabolic Effects of Exercise. Frontiers of hormone research47, 44–57. https://doi.org/10.1159/000445156
  • Suez, J., Korem, T., Zeevi, D., Zilberman-Schapira, G., Thaiss, C. A., Maza, O., Israeli, D., Zmora, N., Gilad, S., Weinberger, A., Kuperman, Y., Harmelin, A., Kolodkin-Gal, I., Shapiro, H., Halpern, Z., Segal, E., & Elinav, E. (2014). Artificial sweeteners induce glucose intolerance by altering the gut microbiota. Nature514(7521), 181–186. https://doi.org/10.1038/nature13793