Benefícios do exercício físico para a saúde mental

Vários estudos provaram que o exercício físico é bom para a saúde mental. A atividade física contribui para o bom funcionamento do cérebro, evita sua deterioração e tem efeitos magníficos nas habilidades cognitivas.
Benefícios do exercício físico para a saúde mental

Última atualização: 09 março, 2020

A prática regular de atividade física é um fator decisivo para o bem-estar humano. Está provado que o exercício físico oferece muitos benefícios para a saúde mental, e boa parte da nossa saúde psicológica e orgânica depende da saúde desse órgão. Por isso, se exercitar é quase uma obrigação se quisermos manter uma vida saudável.

Há evidências suficientes de que o exercício é bom para a saúde do cérebro, pois retarda o envelhecimento e ajuda a prevenir doenças graves, como o Alzheimer. Da mesma forma, tem um impacto decisivo no bom humor e na qualidade de vida.

Fazer exercício é bom para a saúde do cérebro

Em primeiro lugar, se exercitar é bom para a saúde do cérebro porque o cérebro depende fortemente do sistema cardiovascular. Este último, por sua vez, funciona muito melhor quando praticamos atividade física regularmente. A saúde cardiovascular tem um impacto direto na saúde do cérebro.

Existem vários estudos que mostram uma relação entre a prática frequente de exercício e um menor risco de sofrer de doenças neurodegenerativas. Da mesma forma, foi comprovado que a atividade física melhora várias funções cognitivas e traz benefícios psicológicos.

Um grupo de cientistas da Universidade de Western Sydney e da Universidade de Manchester publicou um estudo sobre isso na revista NeuroImage. Segundo a pesquisa, algumas áreas do cérebro diminuem 5% a cada década após os 40 anos. No entanto, essa porcentagem é menor nas pessoas que fazem exercícios, e pode até chegar perto de zero.

Pai e filho jogando bola
O exercício é benéfico em todas as idades e pode ser praticado em família.

Benefícios fisiológicos e cognitivos do exercício físico

Uma das principais razões pelas quais se exercitar é bom para a saúde do cérebro é o fato de que este hábito ajuda a gerar mais neurônios. Durante muito tempo, acreditava-se que o cérebro não era capaz de gerar novas células, mas hoje sabemos que é. Este processo é chamado neurogênese.

Uma das áreas do cérebro envolvidas na neurogênese é o hipocampo. Um experimento conduzido pelo Dr. Joseph Firth com 737 pessoas verificou que o exercício aeróbico regular aumentou o tamanho do lado esquerdo do hipocampo. Isso favorece a formação de novos neurônios.

Outros benefícios do exercício são os seguintes:

  • Manutenção da massa cinzenta: A massa cinzenta é responsável pela transmissão de dados e agilidade mental. Ela se deteriora com o passar dos anos, mas ficou provado que quem se exercita a mantém mais densa e completa, apesar da idade.
  • Melhora das funções executivas: Essas funções nos permitem executar tarefas e resolver problemas complexos.
  • Aumento da concentração: Vários estudos mostram que quem pratica exercícios se concentra mais facilmente.
  • Maior flexibilidade cognitiva: A flexibilidade tem a ver com a capacidade de passar de uma tarefa para outra com mais facilidade. A atividade física aumenta essa capacidade.
  • Melhora da memória de longo prazo: Um estudo mostrou que aqueles que se exercitam antes de memorizar um texto retêm mais informação do que aqueles que não praticam atividade física.
  • Retarda o envelhecimento do cérebro: Há pesquisas que comprovam que aqueles que se exercitam regularmente aumentam o volume do hipocampo cerebral em 1% a 2%, após 30 anos.

Benefícios do exercício físico para a saúde emocional

Mulher meditando
As emoções são afetadas pela prática de exercício. Quando nos exercitamos, o cérebro é inundado por substâncias que geram sintomas de satisfação.

Como se tudo isso não bastasse, também ficou provado que o exercício físico traz muitos benefícios psicológicos e emocionais. A saúde mental é um dos componentes mais importantes do bom funcionamento cerebral, e a atividade física ajuda a melhorá-la e mantê-la.

Estas são algumas das razões pelas quais se exercitar é bom para a saúde emocional:

  • Previne e reduz a depressão: a atividade física é um antidepressivo natural, pois afeta a produção de serotonina, um neurotransmissor que contribui decisivamente para experimentar uma sensação de bem-estar e melhorar o humor.
  • Reduz o estresse e a ansiedade: o exercício libera endorfinas, mais precisamente a dopamina e a noradrenalina. Estas contribuem para reduzir estados de inquietação e irritação e promovem uma maior estabilidade emocional.
  • Aumenta a autoestima e a criatividade: por fim, o exercício físico também influencia a melhora da autoestima, motivação e vitalidade. Todas essas contribuições nos tornam pessoas mais criativas e proativas. Da mesma forma, a atividade física ajuda a reduzir a síndrome de abstinência quando você deseja deixar um vício.
This might interest you...
Os melhores exercícios físicos para manter seu cérebro em forma!
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Os melhores exercícios físicos para manter seu cérebro em forma!

O cérebro é como um músculo que precisa de estímulos todos os dias, com os quais criará novas conexões neuronais. Veja como manter o cérebro em for...