7 sinais de que você está consumindo açúcar em excesso

16 Setembro, 2020
Você pode ter a impressão de que o açúcar proporciona mais energia, mas a verdade é que o seu consumo excessivo pode ter o efeito contrário e provocar uma sensação constante de fadiga e cansaço.

Há alguma forma de saber se você está consumindo açúcar em excesso? A resposta é sim. Embora você não perceba, seu corpo envia sinais de que você não está se alimentando corretamente.

No entanto, muitas pessoas não são conscientes de que esses problemas físicos ou psicológicos podem ser decorrentes do excesso de açúcar no organismo.

Por isso, hoje apresentamos sete sinais que indicam que você está consumindo açúcar demais. Com eles, vai ser mais fácil identificar este problema. Confira!

Sinais de que você está consumindo açúcar em excesso

O consumo excessivo de açúcar é um dos hábitos que, com o passar do tempo, pode afetar a saúde de forma significativa. Em primeiro lugar, é importante dizer que quando falamos de açúcar, nos referimos ao refinado, e não ao natural presente nas frutas, por exemplo.

Este último também é conhecido como “açúcar intrínseco” e, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, não há evidências de que seja prejudicial para a saúde. Inclusive, ele é necessário na nossa dieta.

Por outro lado, os açúcares conhecidos como “livres” podem ser prejudiciais para a saúde quando consumidos em grandes quantidades. Por isso, hoje apresentamos sete sinais de que você está ingerindo açúcar demais.

1. Fome constante

Mulher assaltando a geladeira

Segundo um estudo publicado na revista Nutrición Hospitalaria, os açúcares proporcionam uma maior sensação de saciedade do que os carboidratos.

No entanto, esta é uma saciedade de curto prazo, ou seja, é muito provável que, em pouco tempo, você sinta fome novamente e coma outra coisa. Isso, unido ao sedentarismo e a uma dieta pouco saudável, pode desencadear quadros de sobrepeso e obesidade.

Por isso, se você sente que está o tempo todo com fome, mesmo pouco tempo depois de comer, é possível que esteja consumindo açúcar demais em detrimento de nutrientes reais.

2. O excesso de açúcar causa uma sensação de cansaço

É verdade que, em geral, as bebidas com glicose costumam ser usadas para proporcionar energia e evitar o cansaço e a fadiga. Inclusive, muitas bebidas destinadas a atletas contêm açúcares.

No entanto, as suas consequências a longo prazo não estão tão claras. Um experimento realizado por pesquisadores da Universidade Metropolitana de Cardiff mostrou que os indivíduos que reduzem a sua ingestão de açúcares refinados melhoram seus níveis de fadiga e seu humor.

Embora o próprio estudo tenha destacado a necessidade de pesquisar o tema mais a fundo, trata-se de um dado interessante e esclarecedor. Por isso, se você se sente cansado constantemente sem um motivo aparente, pode ser que isso decorra do fato de que a sua dieta é rica em açúcares livres.

3. Dentes fracos

Cáries nos dentes

Provavelmente, quando você era pequeno, sua mãe lhe dizia que se você comesse balas demais seus dentes iriam cair. De certa forma, ela estava certa.

Diversas pesquisas mostram que o excesso de açúcar, juntamente com os maus hábitos de higiene bucal, enfraquecem o esmalte dos dentes. Como? Em primeiro lugar, você precisa saber que a boca é cheia de bactérias, algumas boas e outras ruins.

O açúcar serve de alimento para as bactérias prejudiciais que acabam desgastando o esmalte dos dentes e enfraquecendo a sua estrutura.

Se não for controlada, essa situação pode favorecer o surgimento de cáries e até fazer com que seus dentes se quebrem ao comer algo duro.

4. O excesso de açúcar deixa a pele envelhecida

De acordo com um estudo publicado na revista Clinics in Dermatology, o consumo excessivo de açúcar pode fazer a sua pele envelhecer mais rápido.

Isso ocorre porque ele cria moléculas, conhecidas como AGES (produtos finais da glicação avançada), que danificam o colágeno e a elastina da pele. Como consequência, o envelhecimento da pele é acelerado.

Descubra também: Mitos sobre o açúcar

5. Dores nas articulações

A dor articular pode ser desencadeada ao consumir açúcar em excesso

Embora este seja um sintoma menos comum, o consumo excessivo de açúcar pode desencadear dores nas articulações. Algumas pesquisas associam a ingestão excessiva de refrigerantes (ricos em açúcares) com uma maior probabilidade de desenvolver artrite reumatoide em mulheres.

Isso se deve, novamente, às moléculas AGES das quais falamos anteriormente. Elas provocam inflamação, que pode derivar em dor articular a longo prazo.

6. Ganho de peso

Provavelmente você não vai se surpreender ao ler isso, mas se você está consumindo açúcar demais, é muito provável que ganhe peso, principalmente se não tem o hábito de fazer exercício.

Já vimos que o açúcar cria uma sensação temporária de saciedade, o que nos leva a comer mais e, como consequência, a engordar.

7. Problemas de concentração

O açúcar consumido em excesso pode prejudicar a concentração

Os afeitos do acúmulo de açúcar no sangue também são percebidos nas habilidades cognitivas e na capacidade de concentração.

Ao consumir açúcar em excesso, é comum precisar de uma quantidade cada vez maior. Isso pode fazer com que o seu cérebro não funcione corretamente quando o seu nível de açúcar diminuir, porque você precisa dele para obter energia para trabalhar.

Assim, pode haver períodos em que você sente a mente “embaçada” e não consegue se concentrar. Inclusive, diversos estudos associam o consumo excessivo de açúcar a certas disfunções cognitivas.

Você pode se interessar: 10 alimentos para melhorar a concentração

Por que devemos parar de consumir açúcar em excesso?

Você identifica algum desses sintomas no seu organismo? Os alimentos ricos em açúcares fazem parte da sua alimentação regular? Se sim, vale a pena começar a agir e fazer mudanças. Embora a princípio seja fácil ignorar esta questão, a falta de controle pode levar ao desenvolvimento de doenças mais graves do que as mencionadas aqui, como as doenças cardiovasculares.

Por isso, é importante prestar atenção e começar a reduzir o consumo de açúcares livres. Além disso, lembre-se de que o açúcar é viciante: quanto mais você consome, mais você quer consumir.

Segundo diversas pesquisas, isso se deve ao fato de que a sua ingestão libera dopamina, um hormônio relacionado ao bem-estar e ao prazer, o que cria o vício. Portanto, aja o quanto antes para melhorar a sua qualidade de vida e prevenir complicações no futuro.