Sálvia e mel para tratar cortes e arranhões

20 de julho de 2019
Uma combinação de sálvia e mel resulta em um remédio antisséptico que pode ser usado para tratar cortes e arranhões. Descubra em detalhes como prepará-lo em casa.

Existem vários métodos para tratar cortes e arranhões, dependendo de quão severos forem. Muitas vezes, quando a pele é mantida limpa e a ferida é superficial, o processo de cura ocorre por conta própria. No entanto, para acelerar esse processo, você pode provar alguns remédios naturais.

Sálvia e mel para tratar cortes e arranhões

Os cortes e arranhões ocorrem quando uma das áreas na superfície da pele sofre um dano ou agressão. Estes geralmente causam sangramento, vermelhidão e dor. Além disso, eles podem se infectar e causar outros sintomas, como pus e inchaço. No entanto, com uma intervenção adequada, o processo de cura é rápido e geralmente não causa complicações.

Por sorte, atualmente há várias opções de tratamento disponíveis para proteger a pele quando estas lesões superficiais ocorrem. Embora muitas opções sejam farmacêuticas, também existem preparações de origem natural que podem ser muito úteis.

Este é o caso de um remédio caseiro de sálvia e mel, conhecido por sua capacidade antisséptica e cicatrizante. Sua combinação oferece uma alternativa diferente para desinfetar a pele afetada, minimizando o risco de infecções. Além disso, também ajuda a aliviar a irritação e o inchaço que ocorrem ao redor da ferida.

Menino com cortes e arranhões

Benefícios da sálvia para tratar cortes e arranhões

A sálvia é uma das plantas medicinais que podem ajudar a tratar cortes e arranhões graças às suas propriedades antissépticas e antimicrobianas. Desde os tempos antigos, tem sido usada na medicina natural por sua capacidade de prevenir o crescimento de bactérias e outros microrganismos patogênicos.

Quando usada externamente, contribui para o alívio de feridas cutâneas, não só diminuindo o risco de infecções nas áreas expostas, mas ajudando a regenerar os tecidos para uma cicatrização ideal.

Descubra também: 6 propriedades curativas da sálvia

Benefícios do mel para tratar cortes e arranhões

O mel orgânico é um dos ingredientes mais populares em termos de remédios alternativos para tratar cortes e arranhões. Devido às suas propriedades antibióticas, antifúngicas e antissépticas, é uma excelente opção para prevenir e tratar infecções.

Por outro lado, seu uso tópico beneficia a saúde da pele, uma vez que é hidratante e ajuda a regenerar os tecidos que sofreram agressões devido a uma ferida. Na verdade, é calmante e diminui o desconforto, como ardor, dor e ardência.

Como preparar o remédio de sálvia e mel?

Mel e sálvia para tratar cortes e arranhões

O preparo deste remédio natural para tratar cortes e arranhões é bastante simples. Além disso, seus ingredientes são fáceis de comprar em supermercados e lojas de produtos naturais. O mais importante é adquirir um mel 100% orgânico, pois outras variedades não possuem a mesma qualidade nutricional e propriedades.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de sálvia seca em pó (30 g)
  • 4 colheres de sopa de mel orgânico (60 g)

Utensílios

  • Um frasco estéril
  • Uma colher de pau

Leia também: Como cultivar sálvia, a planta das mulheres

Preparo

  • Primeiramente, esmague várias folhas de sálvia seca até obter um pó fino. Se preferir, procure por extratos de sálvia em pó em alguma loja de produtos naturais.
  • Em seguida, despeje o sálvia em pó em um frasco previamente esterilizado.
  • Depois, adicione as colheres de sopa de mel e misture com uma colher de pau.
  • Quando a mistura estiver pronta, cubra e deixe em um lugar fresco e escuro por 24 horas.
  • Por fim, após esse período, comece a usar.

Modo de aplicação

  • Primeiramente, limpe bem a superfície da ferida e aplique o remédio de sálvia e mel.
  • Em seguida, massageie com cuidado e deixe agir por 20 ou 30 minutos.
  • Quando este tempo passar, lave com água morna.
  • Por fim, repita sua aplicação 2 ou 3 vezes ao dia, até que a pele se recupere completamente.

Cuidado: evite usar este remédio se o corte ou arranhão estiverem abertos. Tenha em mente que lesões graves devem ser tratadas por um profissional, o mais rápido possível. Então, se à primeira vista é grave, consulte um médico imediatamente.

Você já tem esse remédio em seu armário de remédios? Agora que sabe como prepará-lo, certifique-se de tê-lo em mãos para curar esses pequenos ferimentos. Tenha em mente que o remédio pode durar um ou dois meses se for guardado na geladeira ou em um local fresco.

  • Karimzadeh, S., & Farahpour, M. R. (2017). Topical application of Salvia officinalis hydroethanolic leaf extract improves wound healing process. Indian Journal of Experimental Biology55(2), 98–106.
  • McLoone P, Oluwadun A, Warnock M, Fyfe L. Honey: A Therapeutic Agent for Disorders of the Skin. Cent Asian J Glob Health. 2016;5(1):241. Published 2016 Aug 4. doi:10.5195/cajgh.2016.241
  • Yaghoobi R, Kazerouni A, Kazerouni O. Evidence for Clinical Use of Honey in Wound Healing as an Anti-bacterial, Anti-inflammatory Anti-oxidant and Anti-viral Agent: A Review. Jundishapur J Nat Pharm Prod. 2013;8(3):100–104.
  • Minden-Birkenmaier BA, Bowlin GL. Honey-Based Templates in Wound Healing and Tissue Engineering. Bioengineering (Basel). 2018;5(2):46. Published 2018 Jun 14. doi:10.3390/bioengineering5020046
  • Lordani TVA, de Lara CE, Ferreira FBP, et al. Therapeutic Effects of Medicinal Plants on Cutaneous Wound Healing in Humans: A Systematic Review. Mediators Inflamm. 2018;2018:7354250. Published 2018 Apr 1. doi:10.1155/2018/7354250