Respiração e atenção, as chaves da postura na ioga

· 17 de fevereiro de 2019
Para ter uma boa prática da ioga é fundamental que você foque na respiração e na atenção, ao mesmo tempo em que se concentra no momento presente.

A respiração na ioga é fundamental para a sua prática porque ajudará na concentração e melhora das técnicas para cada postura. Assim, a respiração e a atenção serão as chaves de uma boa postura de ioga.

Os exercícios de respiração tonificam os órgãos internos, evitam muitas doenças e favorecem a digestão e o sistema nervoso. Ao realizar uma expiração profunda, maior quantidade de oxigênio chega aos nossos pulmões e é distribuída a todos os órgãos do corpo.

A postura inicial para respirar é sentar-se de pernas cruzadas e ficar imóvel durante o tempo de sua prática. As posições sentadas permitem acomodar-se confortavelmente por períodos prolongados e relaxar o corpo.

Respiração e atenção na ioga

A respiração e atenção permitirão que você consiga uma boa postura na ioga. Respire, fique atento e não tenha pressa em cada prática de ioga. Respirar corretamente melhorará sua técnica como praticante de ioga e evitará que você sofra lesões.

Respiração yogue (pranayama)

A prática da ioga requer uma respiração yogue completa porque se respira ao inalar e encher a caixa torácica. Na ioga se inspira e expire pelo nariz, porque com essa técnica entra mais ar nos pulmões.

A respiração yogue consiste na integração de três aspectos fundamentais em um movimento rítmico e abrangente: as respirações abdominal, costal e clavicular.

  • A abdominal, presente nos homens, é aquela em que o diafragma desce durante a inspiração e o abdômen incha. Isso faz com que um movimento suave constante do diafragma seja mantido, favorecendo o bom funcionamento dos órgãos.
  • A costal é aquela em que as costelas são separadas e a cavidade torácica se dilata.
  • A clavicular acontece pelo levantamento das clavículas, onde se introduz todo o ar passivamente.

Uma boa respiração permite alcançar concentração e relaxar o corpo para prepará-lo no momento da realização das posturas. Se você é um iniciante na prática da ioga, a respiração yogue será complexa e você se sentirá estranho, porque seus pulmões não estão acostumados a receber altas cargas de oxigênio.

É comum que sinta enjoos ou fraqueza ao iniciar a respiração yogue porque seu corpo gera resistência ao ar. No entanto, com a prática você vai melhorando e notará as mudanças ao realizar as posturas.

Confira também: Alimentos que estimulam a capacidade de atenção

Mulher mantendo a respiração e atenção na ioga

Equilíbrio e balanceamento

Um dos principais benefícios de respirar corretamente na prática da ioga é melhorar o equilíbrio e a força na caixa torácica. Existem posturas de equilíbrio que exigem uma grande capacidade de foco, potência e resistência.

A respiração permite que as posturas de equilíbrio se desenvolvam com prumo, agilidade, coordenação e melhora a concentração. O equilíbrio se desenvolve quando o oxigênio é recebido nos pulmões e no cérebro.

Também é conseguido apertando o abdômen e isso só pode ser feito mantendo uma respiração abdominal, porque a força do músculo ajuda a manter o equilíbrio do corpo. Embora o equilíbrio seja uma habilidade de todo iogue, ele pode ser desenvolvido com a respiração ideal.

Para as posturas de flexibilidade e resistência, a respiração e atenção são essenciais. A princípio, porque ajudam o coração e os pulmões no processo de desintoxicação do sangue.  Além disso, eles mantêm a mente alerta e focada para resistir ao esforço.

Concentração na prática

A respiração oxigena o cérebro e permite que os neurônios tenham um processo ideal. Essa oxigenação cerebral ajuda na concentração e o processamento da informação é rápido.

A respiração yogue beneficia o relaxamento e a paz interior, porque coloca o corpo em um estado de tranquilidade onde o sangre flui e os processos do corpo funcionam sem pressões externas. A respiração pode ser acompanhada de meditação, mas isso dependerá do tipo de ioga que você quer praticar.

Na meditação, o espírito se separa do corpo e a respiração acalma a mente. Viver em paz e aproveitar o presente faz parte da prática da ioga, porque os pensamentos negativos não vão invadir sua mente.

Não deixe de ler: Respiração para ioga: sitali pranayam ou respiração refrescante

Mulher mantendo a respiração e atenção na ioga

Se você decidir praticar ioga, lembre-se que a respiração e a atenção são fundamentais para a execução das posturas. Respirar, na ioga, enche a alma de energia e fortalece você. Faça uma pausa e desfrute da ioga!