Os nutrientes da cebola, ingrediente que não pode faltar em sua casa

· 21 de agosto de 2013

Nessa ocasião, te mostraremos os benefícios e nutrientes da cebola. Assim, poderá incluí-la em suas receitas ou, se já inclui, terá um conhecimento mais aprofundado.

Afortunadamente, o consumo de cebola é bastante comum entre as pessoas, simplesmente pelo sabor característico que proporciona à comida. Além disso, são numerosas as receitas que incluem a cebola em seus ingredientes, dotando-as de um sabor sem igual.

Assim, algumas pessoas, lamentavelmente, tendem a evita-la pelo sabor que deixa na boca depois de ingerida.

Para começar, deixaremos claro que a cebola é um alimento de pouquíssimas calorias. Assim, para quem tem interesse em perder peso seu consumo é liberado.

Além disso, a cebola é constituída por quase 90% de água. Isso comprova que se trata de um alimento realmente pouco calórico.

E não perca: Sopa de cebola e alho, a receita para aumentar as defesas

Mais nutrientes da cebola

com cebola

Dentre os nutrientes da cebola encontramos o composto fenólico e o metabólito chamado flavonoide. Ambos elementos tem propriedades associadas com a diminuição de doenças cardíacas, além de serem anticancerígenos e anti-inflamatórios.

Além disso, os flavonoides também são antioxidantes. Por isso o consumo de cebola  é recomendável para pessoas com pressão arterial alta e colesterol alto.

A cebola também contém tiamina, uma vitamina associada com a saúde da visão, pele e fígado. Além disso, a cebola é uma importante fonte de vitamina C, que também atua como um antioxidante e como reforço do sistema imunológico.

Da mesma forma, a cebola conta com uma boa concentração de vitamina B6, que desempenha um papel fundamental nas funções metabólicas.

E não perca: Como usar a cebola para tratar a otite?

Com relação aos minerais que a cebola contém, podemos citar o manganês, que ajuda a metabolizar os carboidratos e a gordura, além de contribuir para o bom funcionamento do cérebro e nervos.

Também contém fósforo, um mineral importante para a resistência dos ossos e dentes. A cebola é, além disso, uma importante fonte de potássio, que colabora na condução de eletricidade através do corpo e contribui com o bom funcionamento do coração.

Levando em conta todas essas características da cebola, não existe em utiliza-la como ingrediente em saladas, estofados, carnes e qualquer outra receita onde você deseja adicioná-la. Realmente, vale a pena.

Imagem oferecida por Sebastian Wallroth.

  • HUBER, L. S., & RODRIGUEZ-AMAYA, D. B. (2008). Flavonóis e flavonas: fontes brasileiras e fatores que influenciam a composição em alimentos. Alimentos e Nutrição Araraquara, 19(1), 97-108.
  • de SOUZA, R. J. (2002). Cultura da cebola. UFLA.
  • MACHADO, M., SOUSA, A., COELHO, N., & CHAVES, D. (2010). O alho e a cebola na prevenção do câncer. In CONNEPI-Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação. V CONNEPI, Maceió.