4 exercícios simples que seu coração agradecerá sempre

· 7 de julho de 2018
Como bem sabemos, o coração é o motor de nosso organismo. É capaz de bombear uma média de 500 litros de sangue por hora. Com esta grande atividade, e visto que o corpo inteiro depende deste órgão, nunca é demais aprender alguns exercícios que seu coração agradecerá sempre.

Nesse artigo propomos 4 exercícios simples com os quais poderá reduzir o risco de sofrer alguma doença cardiovascular e potencializar a capacidade de seu coração. É fundamental tomar consciência de nossos maus hábitos e corrigi-los. Aprenda a bombear saúde!

4 exercícios que o seu coração agradecerá sempre

1. Caminhar três vezes por semana

Não é necessário gastar dinheiro em uma academia e nem ter um equipamento custoso. Com simples tênis já pode ajudar seu coração. Como? Andando. Caminhar é um exercício aeróbico que aumenta o bombeamento de sangue no coração e, portanto, o oxigênio que chega aos órgãos.

Ao caminhar se fortalecem as fibras cardíacas, se bombeiam mais nutrientes ao corpo, se reduzem os riscos de infarto e melhora os níveis de colesterol. Por este motivo, a melhor ajuda que pode dar ao seu coração é sair para caminhar 30 minutos em passos rápidos, pelo menos três vezes por semana.

Além disso, podemos fazer senderismo e aproveitar o ar puro e a natureza. Caminhar pela orla, perto do mar, ou perto dos rios, também relaxa a mente e reduz o estresse e a ansiedade. Porém, se não temos muito tempo, podemos fazer sessões em nossa própria casa com uma cinta de correr.

Andar é um dos exercícios simples para o coração

2. Natação duas vezes por semana

Sem dúvidas, um dos exercícios por excelência para melhorar a saúde do coração é a natação. Ao nadar em posição horizontal facilitamos que a pressão cardíaca não sofra picos de atividade brusca já que não tem que impulsionar o sangue com tanta força para a cabeça.

A natação melhora a saúde cardiovascular, reduz o risco de cardiopatias e aumenta o rendimento de nosso coração. Além disso, este esporte é muito completo, já que implica a musculatura de todo o corpo. Por último, ao praticá-la na água também reduzimos o risco de lesões.

Leia também: 6 dicas para evitar um ataque cardíaco

3. Bicicleta uma vez por semana

Outra boa opção que nos ajudará a reduzir as visitas ao médico é praticar ciclismo. Seja em uma bicicleta estática ou saindo para dar passeios pedalando em um bom ritmo, o ciclismo fomenta a saúde cardiovascular de uma forma muito amena.

Para começar, é importante se assessorar por um médico ou especialista, em especial se já sofremos de algum tipo de doença cardíaca. Deste modo, controlaremos os esforços, os tempos, a recuperação e o modo de nos hidratarmos e nos alimentarmos.

Podemos começar com passeios suaves pela natureza ou por ciclovias. Também dependerá da modalidade de ciclismo, do tempo que tenhamos e do tipo de bicicleta que escolhamos.

Veja também: 7 tipos de decoração para ter uma casa livre de estresse

4. Dançar em qualquer momento

De modo aproximado, 50% dos doentes com cardiopatias abandonam a atividade esportiva no primeiro mês. Por este motivo, foram usados para implementar novos métodos e exercícios que motivem e entretenham a pessoa ao mesmo tempo em que ajudam à saúde do coração.

Ir a aulas de dança ou sair com os amigos ou o parceiro para dançar, nos fará perder umas boas calorias enquanto desfrutamos. E, além disso, maximizaremos o rendimento de nosso coração, ao fortalecer os músculos que o compõem. Um coração forte bombeia melhor e favorece uma boa circulação, e assim se reduz o risco de trombose.

A dança é um dos exercícios simples para o coração

Como começar a fazer exercício?

A natureza não dá saltos gigantescos, mas tudo é progressivo. Não vamos ajudar ao nosso coração em poucos meses de exercício intenso. A saúde é uma corrida de fundo, de dia a dia, de pequenas conquistas e lutas contra a preguiça e a apatia. Devemos entender o esporte como um meio de vida, um estilo incorporado a nossos hábitos, como poderia ser comer ou respirar.

Por este motivo, te aconselhamos que seu progresso seja muito gradual. Não force, nem faça esportes de alto rendimento que possam sobrecarregar o nível de resistência de seu coração. No caso dos exercícios que seu coração agradecerá, é preferível ir devagar, porém seguro.

Os entretenimentos devem se desenvolver com o controle de monitores especializados ou sob as pautas de seu cardiologista se sofre de alguma doença do coração. Prove a partir de hoje estes simples exercícios que seu coração agradecerá a curto e longo prazo!