6 dicas para evitar um ataque cardíaco

· 31 de março de 2018
Você sabia que dormir bem e manter seus níveis de estresse regulados pode ser crucial para evitar um ataque cardíaco?

Existe um histórico de ataques cardíacos em sua família? Você sabe o que deve fazer para evitar um ataque cardíaco?

É muito importante tomar medidas para evitar um ataque cardíaco, uma vez que as condições cardíacas são uma das principais causas de morte no mundo.

Um ataque cardíaco ocorre quando uma das artérias que fornece oxigênio para o músculo cardíaco fica bloqueada.

Felizmente, evitar este problema é simples, mas requer uma mudança no estilo de vida se o que você tem agora não é o melhor.

Basta seguir estas dicas:

1. Certifique-se de manter uma dieta saudável

Dieta saudável

A primeira das dicas para evitar um ataque cardíaco é ter uma dieta equilibrada. Para isso:

  • Tente eliminar produtos processados ​​e substituí-los por alimentos frescos.
  • Limite o máximo possível o consumo de açúcar e de qualquer tipo de adoçante artificial. Se quiser algo doce, escolha frutas.
  • Evite o consumo de gorduras trans, como óleos vegetais ou margarina. Substitua-os por gorduras saudáveis, como abacate, óleo de coco ou manteiga não pasteurizada.
  • Mantenha seu corpo hidratado bebendo bastante água.
  • Inclua, pelo menos uma vez por semana, alimentos ricos em ômega 3, como peixes azuis, ou tome um suplemento nutricional que o contenha.
  • Coma alimentos ricos em vitaminas C, E e betacarotenos. Esses nutrientes ajudam a proteger a camada arterial da oxidação.

Eles neutralizam os radicais livres, atrasam o desgaste do coração e impedem o aumento do colesterol ruim nas artérias.

2. Faça exercício físico diariamente

Nós já sabemos que a atividade física é muito importante para a saúde, mas devemos saber que nem todos os exercícios contribuem para o coração. Para evitar um ataque cardíaco, é melhor fazer exercícios de alta intensidade em pequenas séries por mais de 30 minutos por dia.

Para obter os melhores benefícios de sua sessão de exercícios, tente recuperar-se bem e levar o tempo necessário para descansar adequadamente entre cada sessão.

Isso ajudará a manter a saúde cardiovascular sem levar seu coração ao limite no caso de você ter antecedentes de problemas cardiovasculares.

3. Reduza a ingestão de sal em suas refeições para evitar um ataque cardíaco

Alimentação saudável

Aqueles que têm um alto consumo de sal nas refeições aumentam sua predisposição para desenvolver doenças cardiovasculares e sofrer ataques cardíacos, em comparação com aqueles que mantêm uma dieta balanceada.

  • Quando há muito sódio no sangue, as artérias se estreitam e o volume de fluido que circula nelas é maior em relação ao seu tamanho.
  • Isso aumenta a pressão nas artérias e pode causar desde um ataque cardíaco a problemas vasculares cerebrais e hipertensão arterial.

No entanto, isso não significa que você deva parar completamente de consumir sal. Seu corpo precisa deste alimento para executar algumas de suas funções.

A recomendação é que você adicione um máximo de uma pitada de sal à sua comida. Claro, evite os produtos processados, pois eles têm um alto nível de sal em seus ingredientes.

4. Cuide da saúde do seu trato gastrointestinal

Talvez você pense que o que acontece em seu estômago tem pouco a ver com a prevenção de um ataque cardíaco. No entanto, essa ideia está completamente errada.

A verdade é que alguns problemas intestinais sérios, como a síndrome do intestino irritável, podem alterar o corpo de tal forma que levam a um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

A ingestão diária de probióticos e alimentos fermentados pode prevenir problemas cardíacos, promovendo uma flora intestinal saudável.

5. Descanse adequadamente

Mulher acordando pela manhã

Um bom descanso é essencial para manter níveis normais de adrenalina e cortisol, o que ajudará a evitar um ataque cardíaco.

Além de dormir pelo menos sete horas por noite, o sono precisa ser de qualidade. Fique atento se você estiver tendo algum distúrbio neste sentido.

Por exemplo, o ronco não é apenas irritante. Ele também pode ser fatal se estiver associado à apneia do sono, pois altera o organismo e pode causar hipertensão e doenças cardiovasculares.

Também seria uma boa ideia tirar uma soneca quando estiver muito cansado no meio do dia.

6. Meditar e praticar ioga

Ao meditar e praticar ioga, você acalma seus pensamentos, relaxa seu corpo e sua energia muda, melhorando a circulação e o fluxo de sangue para o coração.

  • Quando seu corpo está relaxado e sua mente está calma, seu coração funciona melhor e o risco de sofrer doenças ou um ataque cardíaco é significativamente reduzido.
  • Lembre-se de que o estresse afeta o sistema nervoso, então, se você permanecer constantemente em estados intensos de perturbação, será muito mais propenso a sofrer um ataque cardíaco.

O que recomendamos é praticar ioga todos os dias por cerca de 20 minutos. Tente realizar uma sessão de meditação quando você acordar ou antes de ir dormir.

No início pode parecer difícil manter a mente e o corpo calmos, mas com o tempo isso se torna mais fácil e pouco a pouco você vai se acostumar.