Método Galloway: correr e caminhar para emagrecer

04 Outubro, 2020
O método Galloway é uma maneira leve de iniciar ou retomar a atividade física. Em geral, contribui para perder peso e tonificar quando não é possível fazer exercícios extenuantes. Como praticá-lo? Descubra a seguir.

O método Galloway é uma alternativa para recuperar a forma física e perder peso sem o risco de sofrer lesões após períodos prolongados de inatividade física. Pode ser uma boa opção para pessoas que não podem fazer exercícios extenuantes ou que acabaram de voltar aos treinos.

Em que consiste exatamente? Quais são os seus benefícios? A seguir, queremos esclarecer todas as dúvidas. Além disso, detalhamos suas principais vantagens e como começar a implementá-lo.

O que é o método Galloway?

O nome desse método, Run Walk em inglês, vem da mistura de correr (run) e caminhar (walk). Portanto, como o nome indica, é uma questão de retomar ou iniciar a atividade física, alternando essas duas modalidades na mesma sessão de exercícios. Ou seja, os intervalos de caminhada serão combinados com os de corrida.

Mulher caminhando
O método Galloway consiste em caminhar e correr. É uma maneira leve de fazer exercício físico.

Você pode se interessar: 5 exercícios para fazer em casa durante a quarentena

Quais são as vantagens deste método?

Se você decidiu iniciar a atividade física partindo de uma base de vida sedentária ou se é um atleta regular, mas que está sem treinar há meses, o método Galloway oferece vantagens interessantes.

Você deve ter em mente que estar em boa forma física leva, por um lado, ao bom funcionamento do sistema cardiovascular. Isso significa que o coração e os pulmões funcionam bem e estão acostumados a se adaptar à intensidade do exercício para continuar fornecendo sangue e oxigênio ao organismo.

Por outro lado, uma boa condição física permite que os músculos, tendões e o sistema locomotor estejam em boas condições para realizar a atividade escolhida, na intensidade desejada.

O problema surge se você começar a se exercitar abruptamente, exigindo muito de si mesmo, pois o corpo pode não responder como deveria. Consequentemente, aumenta o risco de lesões nos tendões, nos músculos, tonturas e outros efeitos negativos.

Portanto, seja para iniciar um novo estilo de vida ativo ou retomar seu antigo ritmo de treinamento, você precisa recondicionar os sistemas circulatório e cardiovascular. Dessa maneira, pouco a pouco, você melhorará sua forma física sem sofrer nenhum tipo de lesão.

Não deixe de ler: O que comer antes de correr? 7 recomendações

Como começar a aplicar o método Galloway?

A primeira coisa que você deve considerar antes de fazer qualquer tipo de atividade física é preparar e aquecer o corpo. O aquecimento adequado irá protegê-lo contra lesões de todos os tipos. Depois de aquecer e escolher o ambiente em que você vai praticar exercício, você pode continuar.

Trata-se de saber encontrar seu próprio ritmo e definir a série sem se esforçar demais. Nos primeiros dias você pode alternar, por exemplo, séries de um minuto de corrida e quatro minutos de caminhada, por um total de vinte ou trinta minutos.

À medida que os dias avançam, você pode modificar essas séries para aumentar a sua intensidade. Ou seja, você pode continuar com séries de dois minutos correndo e três minutos andando. Depois, três correndo e dois andando… e assim por diante.

Para tornar esse exercício ainda mais eficaz, você deve garantir que os minutos de caminhada sejam dinâmicos. Isso significa que você não andará como em uma caminhada, mas sim em um ritmo acelerado. Isso também vai lhe permitir ativar a parte superior do corpo, ou seja, o tronco e os braços.

Mulher correndo ao ar livre
Para o recondicionamento do corpo à atividade física, é aconselhável começar com suavidade e aumentar gradualmente a intensidade.

Os benefícios do método

Iniciar ou retomar uma vida ativa sempre será uma melhoria para a saúde. Se, além disso, você também acompanhar a prática de atividade física com uma dieta saudável, o sucesso é garantido. Mantendo a constância, pouco a pouco você começará a perceber resultados como os seguintes:

  • Músculos mais tonificados.
  • Perda de gordura.
  • Melhor humor.
  • Menos ansiedade e tensão.
  • Melhor capacidade pulmonar.

Se, além disso, você o fizer de maneira coerente e responsável, adaptando suas capacidades físicas e seguindo seu próprio ritmo, você se protegerá de lesões que podem ser muito prejudiciais.

  • Koplan JP, Powell KE, Sikes RK, Shirley RW, Campbell CC. An Epidemiologic Study of the Benefits and Risks of Running. JAMA J Am Med Assoc. 1982 Dec 17;248(23):3118–21.
  • Clement DB, Taunton JE, Smart GW. Achilles tendinitis and peritendinitis: Etiology and treatment. Am J Sports Med. 1984;12(3):179–84.
  • van Mechelen W. Running Injuries: A Review of the Epidemiological Literature. Vol. 14, Sports Medicine: An International Journal of Applied Medicine and Science in Sport and Exercise. Springer; 1992. p. 320–35.
  • Subotnick SI. The Biomechanics of Running Implications for the Prevention of Foot Injuries. Vol. 2, Sports Medicine: An International Journal of Applied Medicine and Science in Sport and Exercise. 1985. p. 144–53.