Estresse, um grande risco à saúde

· 31 de outubro de 2013
O estresse não é só uma reação do corpo e mente humana, mas também, dependendo da intensidade, uma doença, um mal à saúde física e psíquica.

O estresse pode surgir como consequência de vários fatores, entre eles o externo, do ambiente.

Fatores ambientais que o acarretam

  • Trânsito;
  • Chuvas e tempestades, enchentes, etc.;
  • Dias quentes;
  • Poluição;
  • Excesso de trabalho;
  • Entraves nos serviços públicos, etc.

O que o regula?

O estresse e a forma como ele atinge o organismo humano depende da intensidade, do nível de nervosismo, de ansiedade, da falta de sono, e de problemas mal resolvidos.

Descubra: As causas da insônia

E, às vezes, ele demora muito tempo para passar. Em vários casos, isso ocorre somente com a ajuda de profissionais da área da saúde, como terapeutas e médicos em geral.

Só assim é possível se livrar e sair da zona do estresse, combatendo-o ou atenuando-o.

Tem como lidar com o problema sem a ajuda médica ou terápica?

Sim! Existe uma característica humana que nem todos possuem, mas que significa a dosagem certa para lidar com esse problema, como um controle à agressão que tal fenômeno ocasiona na vida de uma pessoa.

A resiliência é uma capacidade de resistência maior, que permite ao ser humano encarar de forma menos dolorosa os problemas do cotidiano.

Ela funciona assim: passamos por algum problema, ou até mesmo algum trauma, sofremos, mas depois retomamos ao estado de equilíbrio, ou seja, aquele estresse não acarreta nenhum outro tipo de sofrimento.

Existe estresse positivo?

Não é que o fenômeno do estresse seja positivo, algo bom de ser sentido e vivido, mas ele pode ocorrer devido a fatores positivos, felizes, que dão algum tipo de satisfação ao indivíduo.

Dentre esses fatores estão:

  • O nascimento de um filho;
  • A promoção no trabalho;
  • O casamento;
  • A conquista de um novo emprego;
  • A mudança de moradia, etc.
  • Esses fatos que acontecem com todo mundo, uma vez ou outra, são seguidos de uma série de responsabilidades e cuidados para que as coisas aconteçam direito e não causem problemas.

Sintomas

  • Insônia;
  • Falta de apetite;
  • Problemas de pele e capilares;
  • Surgimento de doenças nervosas;
  • Irritação frequente;
  • Falha de memória;
  • Ansiedade;
  • Desânimo, etc.

Leia também: Acabe com a ansiedade

Doenças geradas pelo estresse mal administrado

No que se refere a doenças de pele, por exemplo, o estresse causa:

Já no aspecto psíquico, ele também toma conta da mente do indivíduo e acarreta problemas como:

  • Síndrome do pânico;
  • Ansiedade aguda;
  • Depressão, etc.

No sistema orgânico, o estresse acumulado e não tratado pode ocasionar o aparecimento de doenças, pois o organismo fica vulnerável. Essas doenças são:

  • Úlceras;
  • Cânceres, etc…
  • Margis, R., Picon, P., Cosner, A. F., & Silveira, R. de O. (2003). Relação entre estressores, estresse e ansiedade. Revista de Psiquiatria Do Rio Grande Do Sul. https://doi.org/10.1590/S0101-81082003000400008