Doença de Crohn: tudo sobre uma dieta adequada

· 30 de setembro de 2015
A doença de Crohn é uma doença crônica que ocorre em surtos, por isso temos momentos melhores e piores. Como os produtos lácteos e o estresse a aumentam, tente evitá-los.

Viver com a doença de Crohn não é fácil. Faz parte daquelas doenças associadas a transtornos intestinais inflamatórios e que, além disso, ocorrem de forma crônica. Apesar de ter episódios de maior ou menor intensidade, essa doença frequentemente muda muito a vida dos pacientes. 

Sua origem geralmente é genética está associada, por sua vez, a determinadas microbactérias ou vírus que alteram o funcionamento adequado do organismo. Além disso, fatores como a ansiedade, o estresse ou o estilo de vida podem agravá-lo.

Existe tratamento adequado para a doença de Crohn? A verdade é que, até o momento, não se pode confirmar uma cura ou remissão desta doença. No entanto, pode ser tratada para que a pessoa tenha uma qualidade de vida adequada.

O médico pode receitar uma série de medicamentos para lidar com os sintomas desta condição. Além disso, é provável que aconselhe mudanças na dieta. Precisamente, nesta oportunidade, queremos revelar algumas dicas para tratar esta doença começando pela dieta.

1. Aspectos prévios sobre a dieta na doença de Crohn

Os profissionais de saúde e nutrição nos dizem que, tanto na doença de Crohn quanto na colite ulcerativanão existe uma dieta específica que sirva para todas as pessoas por igual.

Cada um de nós tem uma particularidade e um quadro clínico diferente. É por isso que, no dia a dia, devemos ter em mente os seguintes aspectos:

  • Há momentos em que a doença não é tão intensa, remete em seus sintomas e nos permite comer muito mais sem nos sentirmos mal. No entanto, no momento em que percebemos que a dor, o inchaço ou a diarreia retornam, temos que variar a dieta.
  • Cuide do seu corpo. Perceba como cada alimento te faz sentir. Isso significa que, por exemplo, um dia você pode se sentir mal com o arroz que você comeu no almoço. Você culpa o cereal e decide dispensá-lo da sua dieta. No entanto, devemos prestar atenção aos temperos que usamos. Às vezes, certas especiarias ou até mesmo corantes, podem causar irritações graves.
  • Se sofremos da doença de Crohn, um alimento nos causará dor ou intolerância entre meia hora e duas horas depois de ingerido. É o momento em que chega ao intestino, ou seja, a reação é “quase imediata”.
  • É aconselhável comer pequenas quantidades, mas muitas vezes ao longo do dia. Ou seja, você deve evitar pratos muito carregados. A reação que pode nos dar para chegar ao intestino será menor e até insignificante.
  • Você deve mastigar bem a comida e descansar entre meia hora e uma hora depois de fazer isso.

Evite se estressar e se cansar muito durante o dia. Tente levar uma vida tranquila!

Pode te interessar: Mais de 90% das doenças estão relacionadas a um cólon sujo. Aprenda a limpá-lo!

2. Dieta adequada para a doença de Crohn

Dieta adequada para a doença de Crohn

Bebidas

  • Evite chá ou café pois irritam o intestino.
  • Evite bebidas alcoólicas de alta graduação.
  • Tente beber água regularmente, mas em pequenas quantidades ao longo do dia.
  • chá de camomila é muito apropriada por ser anti-inflamatória e relaxante.
  • A infusão de hortelã também pode proporcionar grande alívio.
  • O suco de abacaxi pode te ajudar a digerir melhor os alimentos.

Cubra as quantidades diárias recomendadas de cálcio e proteínas

Devido a processos inflamatórios, a diarreias e a problemas de imunidade em pacientes com Crohn, é necessário aumentar o nível de cálcio e proteínas.

Tenha em mente essas indicações:

  • É comum que, com a doença de Crohn, os produtos lácteos não sejam bem tolerados porque inflamam o corpo, portanto, se você quiser, pode substituí-los por leite de arroz enriquecido com cálcio.
  • Experimente com o tofu e preste atenção em como o seu corpo se sente. Se você perceber que o tolera, inclua-o de forma regular, pois é rico em proteínas vegetais e cálcio.
  • Tente incluir presunto. É rico em proteínas e não tão rico em gordura como a carne vermelha. Precisamos de fontes de proteína, então tente as carnes magras, como o frango ou o peru. Nunca os consuma fritos!
  • Os ovos também são muito adequados.
  • O atum, a cavalinha e a sardinha são fontes de proteína muito saudáveis ​​e bem toleradas.

Frutas

  • Experimente a marmelada
  • Maçãs, assadas ou em geleia. Não inclua açúcar!
  • Pera
  • Mamão
  • Banana (você deve verificar como as tolera)

Legumes que podem ir bem

  • Aspargo
  • Endívia
  • Batata-doce
  • Pepino
  • Cenoura
  • Batatas cozidas
  • Aipo
  • Alcachofra
  • Beringela

Suplementos vitamínicos adequados

Suplementos vitamínicos adequados para a doença de Crohn

Os pacientes com síndrome de Crohn geralmente passam por períodos de grande fraqueza devido às infecções e aos transtornos intestinais. É necessário que atendamos a nossa contribuição mineral e vitamínica.

Então, tente incluir em sua dieta estes suplementos que você pode encontrar nas farmácias:

  • Ácido fólico
  • Zinco
  • Óleo de prímula e óleo de linhaça: fonte de minerais naturais

Leia também: 9 remédios naturais contra a doença de Crohn

O que você deve evitar

  • Legumes ricos em fibras insolúveis
  • O farelo (casca) de cereais, que é muito irritante
  • Doces
  • Evite condimentos e alimentos condimentados

Resumindo…

A dieta apropriada para combater a doença de Crohn pode variar para cada paciente, de acordo com sua idade, estado de saúde e hábitos. No entanto, em geral, recomenda-se evitar alimentos que possam ser irritantes ou inflamatórios. Da mesma forma, é conveniente aumentar a ingestão de alimentos que ajudem a ter uma digestão mais leve.