Colite ulcerativa: causas, sintomas e tratamento

· 11 de novembro de 2015
A colite ulcerativa é uma doença cada vez mais comum. Trata-se de um processo inflamatório que afeta o tubo digestivo e que pode evoluir para uma forma crônica com surtos recorrentes.

A colite ulcerativa, geralmente, localiza-se na área do cólon (daí o nome, “colite“), podendo se irradiar para todo o sistema digestivo, sobretudo para o reto.

Causa dor e limita bastante a qualidade de vida do paciente. Portanto, é sempre necessário procurar orientação médica no início dos sintomas.

Neste artigo, falaremos com detalhes sobre a colite ulcerativa para que saiba reconhecer as causas e pôr em prática remédios caseiros fáceis de fazer que podem complementar o tratamento médico.

O que causa a colite ulcerativa?

dor_de_estomago

Atualmente, ainda se desconhece com exatidão o que causa a colite. A doença classifica-se junto a outros males associados à inflamação intestinal, como a doença de Crohn.

Apesar disso, alguns fatores aparecem como possíveis causas:

A colite ulcerativa está relacionada a um tipo de doença autoimune. Ou seja, o próprio organismo vê algumas partes do intestino como “inimigo”, neste caso, a zona do cólon, e o ataca, destruindo tecidos e provocando úlceras.
— O estresse é um fator comum entre uma elevada porcentagem dos pacientes, mas não há provas consistentes de que a colite tenha causas emocionais.
O mais provável é que os sintomas da doença causem estresse considerável na vida do paciente, além de intensificar os sintomas. Por exemplo, assim como pacientes com alergia tendem a ter mais crises em situações de estresse.
— Aparece entre os 20 e 30 anos, e se torna persistente entre os 50 e 70 anos.
— A colite ulcerativa pode aparecer após uma primeira inflamação intestinal.

Suspeita-se ainda que possa se originar de algum tipo de bactéria ou vírus que se localiza no cólon.

Quais os sintomas da colite ulcerativa?

Sintomas-da-colite-ulcerativa

Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. No início, alguns pacientes sofrem com diarreia (às vezes, com traços de sangue), enquanto outros pacientes queixam-se de fortes dores abdominais.

Entretanto, há uma sintomatologia geral que mostra o seguinte quadro clínico:

— Forte dor abdominal. São como cólicas intermitentes que vão e vêm.
— Pode-se escutar uma espécie de ruído na região do intestino, como gases.
— Presença de sangue ou de pus nas fezes.
— Episódios de diarreia.
— Febre.
— Perda progressiva de peso.
— Nos casos mais graves, o paciente pode apresentar dor nas articulações.
— Úlceras bucais.
— Náuseas.

Saiba mais: 4 coisas que se deve evitar ao ter colite

Tratamento natural da colite ulcerativa

Para complementar o tratamento médico, pode-se incluir alimentos benéficos na dieta e recorrer a remédios naturais, sempre sob acompanhamento.

A colite ulcerativa diminui as defesas do organismo, pois dificulta a absorção adequada dos nutrientes que ingerimos.

Isso é algo muito perigoso e que deve ser combatido da melhor maneira. Confira suplementos que podem ajudar:

Espirulina: essa cianobactéria é rica e vitaminas, fibra e proteínas, ajudando o corpo a fortalecer o sistema imunológico. Pode melhorar a qualidade de vida dos pacientes.
— Levedura de cerveja: outro suplemento rico em nutrientes e que permitirá reforçar o sistema imunológico. É possível adquirir a levedura de cerveja em lojas de produtos naturais ou farmácias.
— Ácido fólico ou vitamina B9: quando se sofre com uma má absorção intestinal devido a uma colite, é frequente que ter um déficit de ácido fólico. Por isso, vale a pena tomar algum suplemento com este composto.

Remédios naturais para aliviar a dor e tratar a colite ulcerativa

Remedios-para-tratar-colite-ulcerativa

— Suco de cenoura: rico em vitaminas e muito bom para aliviar a dor intestinal.
— Óleo de linhaça: basta uma colher de sopa em jejum, logo ao acordar, para usufruir dos benefícios. Ademais, é rico em ômega-3, um tipo de ácido graxo que ajudará muito a reduzir a inflamação.
— Óleo de prímula: outro óleo muito eficaz para aliviar os sintomas da colite ulcerativa. Tome uma colher de sopa em jejum para diminuir a inflamação e os sintomas da doença.

Leia também: Para a colite: 8 remédios caseiros

Considerações finais

Em suma, a colite ulcerativa é uma doença limitante, pois os pacientes têm episódios de diarreia que podem gerar constrangimento e preocupação no dia a dia.

Além disso, é comum, por exemplo, pessoas com colite crônica sempre procurarem o banheiro ao chegar num local público ou até andarem com outra roupa na bolsa para o caso de não conseguirem chegar a um sanitário.

O tratamento médico pode ser à base de sulfa ou de corticoides, dependendo do caso. Os sintomas da colite não passam “por conta própria” e quanto antes o paciente procurar um médico, melhor será para o tratamento.

  • BIONDO-SIMÕES MLP MARCELA; PEREIRA, C.; FATURI, J. L. Opções Terapêutica para Doenças Inflamatorias Intestinais: Revisão. Rev bras Coloproct, 2003.