Diferenças entre treinador e psicólogo esportivo

19 de janeiro de 2020
Além da formação de ambos os profissionais, o objetivo do treinador e do psicólogo esportivos também está em níveis diferentes, mas ambos são fundamentais para o bom desempenho do atleta.

Talvez você ache que treinador e psicólogo esportivo são duas palavras sinônimas. No entanto, embora se refiram a cargos similares, você descobrirá que há muitas diferenças entre um treinador e um psicólogo esportivo.

Para começar, deve ser esclarecido que um treinador não pode atuar como psicólogo esportivo, já que falta a ele formação adequada. No entanto, um psicólogo pode atuar como treinador. Isso marcará a maneira pela qual ambos irão atuar. Vamos ver qual é a diferença de cada um desses profissionais.

O que um psicólogo esportivo faz?

 Diferenças entre treinador e psicólogo esportivo

Um psicólogo esportivo estudou psicologia e mais tarde se especializou nesse campo em particular. As ferramentas com as quais esse profissional conta são muito precisas. Um psicólogo é responsável pelo estudo da psique, cognição, comportamento e emoções humanas.

Tudo isso torna muito interessante ter um psicólogo esportivo em campo. Ele analisará as atitudes que um atleta terá, ou um grupo deles. Portanto, tentará aprimorar suas habilidades ou corrigir certos comportamentos que podem prejudicar o desempenho.

O psicólogo esportivo é um profissional totalmente qualificado para motivar e ajudar cada atleta a dar o melhor de si. Mas, ao mesmo tempo, ajuda este atleta não apenas a trabalhar em grupo, mas a se trabalhar como pessoa. Um psicólogo esportivo sabe que o trabalho individual também é necessário.

Competências do psicólogo esportivo

Um treinador e um psicólogo esportivos não são a mesma coisa, porque as funções específicas que eles desempenharão são completamente diferentes. Em seguida, veremos aquelas que competem ao psicólogo esportivo:

  • Avaliação: se houver lesões ou um problema familiar, isso pode afetar o desempenho no esporte. O psicólogo esportivo deve ver qual é a situação para poder aconselhar o atleta da melhor maneira.
  • Assessoramento: após a avaliação, passa-se para o assessoramento. Por exemplo, imagine que um atleta não consiga lidar com a mídia de maneira saudável. O psicólogo irá ajudá-lo a saber como fazer isso.
  • Intervenção: é dar ao atleta ferramentas para lidar com o problema que o atormenta.
  • Treinamento de atletas: o psicólogo esportivo também treina atletas. Isso os ajuda a gerenciar seu estresse, motivando-os e aprimorando suas habilidades.

Não perca: 5 maneiras de se motivar quando sentir desmotivação

Qual o papel de um treinador esportivo?

A figura do treinador procura desenvolver as capacidades do atleta individualmente.

Um treinador esportivo não tem formação em psicologia. Portanto, sua maneira de proceder será bem diferente da de um psicólogo esportivo. Seu objetivo ou maneira de agir com os atletas é diferente. Vamos ver como ele faz isso:

  • Motiva: ajuda cada jogador a dar o seu melhor, confrontando-o com seus limites, a fim de alcançar um melhor trabalho em grupo.
  • Dialoga: usa o diálogo como uma ferramenta vital. Graças a isso, analisa os pontos fracos e fortes de cada jogador para potencializar os fortes.
  • Joga com a perspectiva: tenta mudar a perspectiva que um indivíduo possa ter em relação a suas habilidades.

Em suma, um treinador esportivo quer que cada indivíduo aprimore suas habilidades, sinta-se motivado para melhorá-las e, acima de tudo, enfrente suas limitações.

Descubra: Qual o melhor esporte para você de acordo com sua personalidade

Psicólogo ou treinador?

Embora tenhamos conseguido ver certas semelhanças entre um treinador e um psicólogo esportivo, ambos têm maneiras diferentes de proceder. Um psicólogo tem certas ferramentas suportadas por metodologias estratégicas.

No entanto, um treinador não possui esse treinamento especializado, mas é bom em se comunicar, dialogar e motivar, por isso pode se tornar uma pessoa fundamental para levar a equipe adiante ou fazer com que uma pessoa alcance todos os seus objetivos.

Ambos os profissionais são igualmente importantes, porque desejam que os atletas alcancem seus objetivos dando o melhor de si, porém, o treinador e o psicólogo esportivos atuarão sob diferentes perspectivas.