Dieta para anemia ferropênica: o que deve incluir

16 de fevereiro de 2020
A anemia por deficiência de ferro é caracterizada por uma diminuição nos depósitos orgânicos de ferro, causando uma redução no número de glóbulos vermelhos.

A falta de ferro pode afetar vários órgãos do corpo e geralmente é causada, em maior medida, por uma dieta inadequada e pela ausência desse mineral. Você sabe qual é o papel da dieta para anemia ferropênica?

De acordo com a Sociedade Espanhola de Cardiologia, a principal solução para esse problema está na ingestão oral de suplementos de ferro, mas também em uma mudança na nutrição. É por isso que neste artigo queremos mostrar a você o que deve incluir uma dieta para anemia ferropênica.

A anemia é uma condição na qual o corpo não possui suficientes glóbulos vermelhos saudáveis. Os glóbulos vermelhos fornecem oxigênio aos tecidos do corpo, mas precisam de ferro para retirá-lo dos pulmões e transferi-lo para outras partes do corpo.

Existem muitos tipos de anemia, embora a chamada anemia por deficiência de ferro ocorra quando o corpo não possui quantidade de ferro suficiente. O ferro ajuda a produzir glóbulos vermelhos. A anemia por deficiência de ferro é a forma mais comum de anemia.

O que é anemia ferropênica?

A anemia é uma doença sanguínea definida como uma diminuição da concentração de hemoglobina no organismo, com valores normais geralmente acima de 12 gramas por decilitro em mulheres e 13,5 em homens.

Quando o nível de hemoglobina no sangue diminui, os sintomas aparecem: o indivíduo se sentirá cansado, pálido, irritável, com menos tolerância ao exercício e com uma aceleração da frequência cardíaca.

Não deixe de ler: Anemia em crianças: 7 sinais de alerta

Quais são as causas da anemia por deficiência de ferro?

Qual a melhor dieta para anemia ferropênica

Os glóbulos vermelhos saudáveis ​​são produzidos na medula óssea. Eles transportam oxigênio para os tecidos do corpo, circulando por todo o organismo por 120 dias. O ferro é uma parte importante dos glóbulos vermelhos, portanto, sem ferro, o sangue não pode transportar o oxigênio com eficiência. O corpo normalmente recebe ferro através dos alimentos.

A anemia por deficiência de ferro ocorre quando as reservas corporais diminuem. Isso pode ocorrer porque:

  • Você perde mais glóbulos vermelhos e ferro do que seu corpo pode repor. Por exemplo, durante um sangramento.
  • Seu corpo não absorve o ferro adequadamente.
  • Você não está consumindo alimentos suficientes que contenham esse elemento.
  • Seu corpo precisa de mais ferro do que o normal (por exemplo, em situações de gravidez ou amamentação).
  • O corpo pode não absorver ferro suficiente da dieta (devido à doença celíaca ou à doença de Crohn, por exemplo).
  • Se você for um vegetariano estrito.

A dieta para a anemia ferropênica

Em princípio, se seguirmos uma dieta equilibrada, normalmente não sofreremos de anemia por deficiência de ferro, a menos que tenhamos perdas de sangue desconhecidas. As necessidades de ferro dependerão do sexo e da idade:

Ferro no organismo

Durante a segunda metade da gravidez, as necessidades nutricionais de ferro aumentam até 25 mg/dia. Durante a amamentação, a quantidade é reduzida para 15 mg/dia.

O que incluir na dieta para anemia ferropênica

Primeiramente, é necessário conhecer a origem do problema para eliminar ou reduzir as causas que o originam. Posteriormente, será preciso tomar suplementos de ferro até que o problema seja resolvido. Finalmente, devemos continuar a fazer uma dieta rica em ferro.

Para manter níveis adequados de ferro na dieta, devemos incluir:

Primeiro prato:

Incluir brócolis na dieta em caso de anemia

Combine vegetais ricos em ferro e vitamina C, como brócolis, pimentão, acelga, espinafre ou tomate. Você pode adicioná-los ao arroz, macarrão ou legumes em forma de salada ou refogados.

Leia também: 6 benefícios do brócolis para a saúde

Segundo prato:

A carne vermelha será o grande aliado, mas é importante escolher cortes magros para minimizar o suprimento de gordura saturada e colesterol. Entretanto, o ideal será consumi-la três ou quatro vezes por semana em casos de anemia (em uma dieta equilibrada, o consumo de carne vermelha é estimado uma vez por semana).

Quanto aos mariscos, por exemplo, amêijoas, mexilhões e berbigão, podem ser enlatados ou frescos. Você pode distribuir uma lata ao longo do dia em saladas, massas, arroz … Pense que uma lata de berbigão de 80 g possui quase 13 mg de ferro (uma mulher saudável em idade fértil precisa de 18 mg por dia).

As leguminosas representam uma das maiores fontes naturais de ferro, por isso devem ser peças-chave na dieta. As lentilhas, em particular, têm uma quantidade maior e, além disso, são enriquecidas com proteínas e pouca gordura.

Sobremesas

É importante incluir cítricos na dieta

Inclua nas sobremesas os seguintes frutos: laranja, tangerina, toranja, melão, mamão, morango, kiwi ou abacaxi, cuja vitamina C e ácido cítrico melhoram a absorção de ferro não-heme de origem vegetal.

Finalmente, esperamos que esta dieta para anemia ferropênica possa ajudá-lo a melhorar sua condição. Entretanto, não deixe de consultar um nutricionista, porque será quem o guiará e fornecerá mais orientações a serem seguidas.

  • Deficiencia de hierro y anemia ferropénica: Guía para su prevención, diagnóstico y tratamiento. Resumen ejecutivo. Arch. argent. pediatr.  [Internet]. 2017  Agosto;  115( 4 ): 406-408. Disponible en: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0325-00752017000400032&lng=es.
  • Bastos Oreiro, M.. (2009). Anemia ferropénica: Tratamiento. Revista Española de Enfermedades Digestivas101(1), 70.
  • Medline Plus. Anemia Ferroénica. Enero de 2018.  https://medlineplus.gov/spanish/ency/article/000584.htm
  • US Department of Health and Human Services; National Heart, Lung, and Blood Institute website. Iron-deficiency anemia. www.nhlbi.nih.gov/health-topics/iron-deficiency-anemia.
  • Hallberg L, Brune M, Rossander L. The role of vitamin C in iron absorption. Int J Vitam Nutr Res Suppl. 1989;30:103-8. PubMed PMID: 2507689.