Conselhos e remédios caseiros para a coceira na garganta

Manter a garganta bem hidratada é fundamental para evitar incômodos, já que com a febre e as secreções nasais perdemos muitos líquidos e a área fica ressecada

Muitas pessoas sofrem constantemente de coceira, dor ou ardor na garganta. Aquela coceira constante é incômoda, mas pode ser tratada com alguns remédios caseiros e outros conselhos.

A coceira na garganta pode aparecer por diferentes causas:

  • Infecção por vírus ou bactérias
  • Alergias
  • Infecções respiratórias
  • A fumaça tóxica e a poluição do ar
  • Mudanças climáticas constantes
  • Não tomar água suficiente

Mesmo que poucas vezes isso se converte em algo sério, quando é constante pode afetar nossas atividades diárias. Tossir muito, às vezes, dificulta falar ou comer tranquilamente.

Geralmente, a coceira na garganta vem acompanhada de irritação e avermelhamento. Isso nos leva a sentir a necessidade de soltar algo para fora da garganta.

Devemos ter cuidado ao tentar fazê-lo, já que nossas cordas vocais são delicadas e podem se danificar.

Em geral, é suficiente tratar somente os sintomas de uma coceira na garganta.

No entanto, se a irritação da garganta for causada por alergias ou refluxo ácido, você deve enfrentar estas condições diretamente.

Existem muitos remédios caseiros naturais que podemos utilizar para reduzir a sensação de irritação causadora da coceira na garganta.

A seguir compartilhamos uma lista dos tratamentos caseiros mais efetivos.

Mel de abelhas

Mel ajuda a aliviar a coceira na garganta

O mel de abelhas é um remédio natural para aliviar qualquer sintoma que venha da garganta.

É um produto que tem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias que ajudam a combater a coceira na garganta.

  • Quando utilizamos o mel para tratar uma coceira na garganta ou tosse, recomenda-se tomar duas colheres (15 g) na hora de dormir. 

Visite este artigo: 8 benefícios medicinais da mistura de canela e mel

Infusão de gengibre

Outra forma de aliviar a coceira da garganta é tomando uma infusão de gengibre.

O gengibre relaxa as vias respiratórias assim como também reduz a tosse, graças as suas propriedades expectorantes.

Desta forma conseguimos desobstruir as vias respiratórias, assim como ter uma sensação de alívio e frescor.

Ingredientes

  • Uma xícara de água (250 ml)
  • 1 ou 2 colheres de raiz de gengibre ralado ou em pedaços (20 g)
  • Uma colher de mel (25 g) (opcional)

Modo de preparo

  • Esquente uma xícara de água e, quando ebulir, adicione o gengibre.
  • Deixe cozinhar durante 10 minutos, até ficar com uma cor amarelada.
  • Deixe repousar e esfriar.

Modo de consumo

  • Assim que chegar em uma temperatura suportável, tome a infusão em pequenos goles.
  • Recomendamos não coar os pedacinhos de gengibre e sim mastigá-los.
    • Você pode adicionar uma colher de mel para seja ainda mais calmante.

Chá de limão

Chá de limão ajuda a aliviar a coceira na garganta

O chá de limão quente também reduzirá a coceira na garganta.

Além disso, o limão é um cítrico carregado com vitamina C, que ajuda a prevenir doenças respiratórias.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 2 cascas de limão
  • 6 colheres de suco de limão natural (60 ml)

Modo de preparo

  • Colocar a água no fogo e adicionar as cascas de limão.
  • Ferver por dez minutos.
  • Retirar do fogo e misturar com o suco de limão.
  • Tomar pelo menos três vezes por dia.

Gargarejos com água do mar

Para a coceira da garganta também é bom realizar gargarejos com água do mar. O sal permite lavar qualquer agente externo presente, como pó, pelos ou até mesmo bactérias.

O resultado é uma garganta aliviada sem a sensação de secura. Mesmo que esta técnica possa parecer incômoda pelo sabor, realizá-la pelo menos uma vez por dia, garantirá bons resultados.

Se você não tiver água do mar esterilizada para realizar os gargarejos, pode preparar em sua cada este remédio seguindo estes passos:

Ingredientes

  • Uma xícara de água (250 ml)
  • 1/2 colher de sal (5 g)

Modo de preparo

  • Ferver a água.
  • Retirar do fogo, adicionar o sal e misturar bem.
  • Fazer os gargarejos quando a temperatura da água estiver morna.

Suco de aloe vera

Beber suco de aloe vera ajuda a aliviar a coceira na garganta

O suco de aloe vera ou babosa contém muitas vitaminas, enzimas, minerais e compostos anti-inflamatórios ideais para aliviar a garganta.

O aloe também serve para tratar e reduzir os sintomas do refluxo gastroesofágico, que é uma das possíveis causas da coceira na garganta.

Ingerir 1/4 xícara de suco de aloe vera uns vinte minutos antes de uma refeição reduz a ardência e também alivia a coceira na garganta. 

Ingredientes

  • 2 folhas grandes de aloe vera
  • 1 xícara de suco de cítrico (250 ml) (Pode ser limão, laranja ou outra fruta cítrica de sua preferência)
  • 1/2 xícara de água (125 ml)

Modo de preparo

  • Retire os espinhos e lave bem as folhas do aloe vera.
  • Parta a folha em dois e com uma colher retire o gel contido dentro (assegure-se de não raspar a casca amarela).
  • Adicione em um liquidificador a água, o suco cítrico e o gel de aloe vera para misturar bem.
  • Sirva em um copo e desfrute da bebida.

Vinagre de sidra de maçã

A coceira na garganta também pode ser tratada com vinagre de maçã. Neste caso faça gargarejos.

Ingredientes

  • 1/4 xícara de água morna (62 ml)
  • 1/4 xícara de vinagre de maçã puro (62 ml)

Modo de preparo

  • Misture bem ambos os ingredientes com uma colher ou agitador.
  • Tome pequenos goles e comece a fazer gargarejos durante quinze segundos aproximadamente.
  • Cuspa a água, sem tragá-la, e repita o procedimento duas vezes por dia.

Quer conhecer mais? Leia: 9 benefícios que obtemos quando consumimos maçã

Beba mais água

Beber bastante água ajuda a aliviar a coceira na garganta

A coceira, a ardência e a secura na garganta muitas vezes são fruto de desidratação, já que esta área não tem a quantidade suficiente de muco para lubrificar e proteger o tecido sensível.

  • Devemos procurar ingerir, pelo menos, oito copos de água por dia.
  • Tomar água é muito importante no caso de ter gripe ou resfriado, pois quando sofremos com estas doenças perdemos muitos líquidos através do suor (pela febre) e dos mucos (ao espirrar e assoar o nariz).

Outras considerações para proteger a garganta 

  • Evite consumir bebidas que contenham cafeína como o café, o chá e os refrigerantes, já que podem provocar desidratação.
  • O cigarro é nocivo para a garganta e provoca coceira e irritação (além de muitos outros problemas de saúde). Considere a possibilidade de deixar de fumar ou, pelo menos, de reduzir seu consumo.
  • Proteja sua voz. Quando você fala, grita ou canta em excesso sobrecarrega a garganta, o que provoca desidratação e coceira.

Se você acreditar que esta é a causa da coceira, tente descansar a voz (não fale, não cante nem grite) por pelo menos uma ou duas horas do dia.

Recomendados para você