Combata a retenção de líquidos em um mês

· 24 de fevereiro de 2015
Sofre muito com a retenção de líquidos? Saiba como reduzi-la a seguir.

A retenção de líquidos é capaz de acabar com o humor de qualquer um. Ela faz com que nos sintamos lentos, inchados e com menos disposição, além de causar desconforto e irritação.

Quando estamos tentando emagrecer, a retenção causa efeitos ainda piores, já que impede que vejamos nosso progresso de perda de peso, “escondido” embaixo do inchaço, principalmente na região abdominal, onde menos queremos vê-lo.

Causas da retenção de líquidos

Todos sofrem com a retenção em algum momento da vida, mas há alguns fatores que são os principais responsáveis por causar este problema:

  • Ficar em pé por um longo período de tempo. Por esse motivo, pessoas que trabalham nessa posição o dia inteiro devem tomar cuidado redobrado com a retenção
  • A gravidez, pois libera hormônios que encorajam o organismo a reter fluídos em excesso
  • Efeitos colaterais da pílula anticoncepcional
  • Deficiência de alguns nutrientes específicos, como quantidade insuficiente de proteínas ou vitamina B na dieta
  • Consumo exagerado de sal refinado e alimentos processados
  • Medicamentos, incluindo remédios para pressão alta, corticoides, e algumas medicações anti-inflamatórias
  • Insuficiência venosa crônica (válvulas enfraquecidas nas veias das pernas)

Leia também: 5 sinais que podem indicar retenção de líquidos

Como acabar com a retenção de líquidos

Manter uma dieta saudável e balanceada é a melhor maneira de combater a retenção de líquidos, mas existem alguns alimentos específicos que ajudam a reduzir ainda mais o inchaço, e outros que devem ser evitados a qualquer custo, pois somente pioram o problema.

Veja aqui algumas dicas de como reduzir de forma significativa a retenção em apenas um mês.

Beba mais água

Pode até parecer ilógico, mas a melhor forma de diminuir a retenção de água é bebendo bastante água.

Quando o corpo está bem hidratado, retém menos fluídos para balancear os níveis de sódio no organismo.

Além disso, uma maior quantidade de líquidos ajuda a eliminar toxinas indesejáveis, portanto tente beber entre 2 e 3 litros de água todos os dias.

Saiba mais: Benefícios da água de abacaxi

Alimentos ricos em potássio e vitamina B

O potássio e a vitamina B funcionam como diuréticos naturais, ajudando a reduzir a retenção de líquidos. Ademais, contribuem para estabilizar os níveis de sódio no corpo.

Para obter os benefícios, inclua na dieta alimentos como a banana, água de coco, pera, mamão papaia e frutas cítricas como a laranja e o abacaxi.

Chá de dente-de-leão

dente de leão para combater a retenção de líquidos

Esta erva é rica em nutrientes como vitamina A, vitamina C, ferro e potássio, além de ter propriedades diuréticas que ajudam a diminuir a retenção.

Tome um chá entre as refeições, ou antes de dormir para potencializar os efeitos e eliminar os fluídos indesejáveis.

Evite alimentos ricos em sódio

O sódio é o principal vilão na luta contra a retenção de líquidos. Quando consumimos sódio em excesso, nossos rins retêm mais água para tentar diluí-lo e retornar os níveis desta substância à normalidade.

Além de reter fluídos, altos níveis de sódio podem até provocar um aumento da pressão sanguínea.

Fique longe do sal refinado, que é basicamente cloreto de sódio puro. Use ervas naturais e sal marinho para cozinhar e temperar os alimentos.

Evite também carnes processadas, comidas congeladas e enlatadas.

Reduza o consumo de café e álcool

O café e o álcool são bebidas que desidratam, e portanto podem aumentar a retenção de líquidos, já que o corpo irá reter mais fluídos tentando balancear os níveis de hidratação.

Evite qualquer bebida que contenha cafeína, como refrigerantes, chás e energéticos, já que causam o mesmo efeito.

Aumente o consumo de proteínas

A deficiência de proteínas pode ser um dos fatores que causa a retenção de líquidos. Ingerir mais proteína encoraja o organismo a eliminar os fluídos em excesso, portanto aposte em fontes de proteína magra como frango, peixe e ovos.

Aposte em alimentos ricos em cálcio e magnésio

Estes dois minerais são armas fundamentais na batalha contra a retenção de líquidos.

Além disso, agem como diuréticos naturais, bem como ajudam a eliminar os fluídos em excesso; reduzindo a sensação de inchaço.

Por isso, invista em fontes de cálcio como o leite e o iogurte, e obtenha o magnésio em vegetais verdes como o espinafre, feijão e lentilha, amêndoas e nozes.

 

Alimentação saudável para combater a retenção de líquidos

Livre-se já da retenção de líquidos

Mantendo uma dieta saudável, assim como seguindo estas recomendações por um período de 30 dias, é provável que note uma mudança na retenção de líquidos, inchaço e desconforto.

Além disso, terá mais disposição e energia para lidar com as tarefas do dia-a-dia.

  • Ribeiro, M., Albiero, A. L., & Milaneze-Gutierre, M. A. (2004). Taraxacum officinale WEBER (DENTE-DE-LEÃO)–UMA REVISÃO DAS PROPRIEDADES E POTENCIALIDADES MEDICINAIS. Arquivos do Museu Dinâmico Interdisciplinar8(2), 46-49.