O que fazer diante da deficiência de cálcio?

· 30 de dezembro de 2018
Contra a deficiência de cálcio, podemos consumir suplementos de cálcio, vitamina D e fósforo. No entanto, antes de começar a tomar qualquer tipo de suplemento alimentar, devemos consultar um médico.

A deficiência de cálcio é produzida quando o corpo não tem as quantidades adequadas desse mineral, que é tão importante para a saúde em geral, tendo maior importância para a saúde dos ossos, dos dentes e para um ritmo cardíaco adequado e normal.

Este mineral também é muito importante para as contrações musculares, as funções nervosas, os hormônios e para a regulagem e o controle da pressão arterial.

A falta de cálcio pode provocar sintomas?

Os sintomas da falta de cálcio podem variar de pessoa para pessoa. Dependendo do grau de deficiência que se tenha, diferentes fatores ou causas podem estar envolvidos.

Raras vezes os sintomas da deficiência de cálcio são apresentados no começo de seu desenvolvimento. Em geral, são notados quando se produz debilidade e fraturas nos ossos.

Os sintomas podem ser tão imperceptíveis que passam inadvertidos na maioria dos casos e podem passar muitos anos até que sejam notados. Inclusive, é muito comum apresentar uma osteoporose em estado avançado quando os sintomas são notados.

Leia também: 7 formas de melhorar a assimilação do cálcio

Alguns sintomas são:

  • Forte dor no pescoço e nas costas, o que na maioria dos casos, é muito grave devido às fraturas que ocorrem na coluna vertebral.
  • Dor nos ossos ou sensibilidade óssea.
  • Fraturas graves que podem ser geradas mesmo com uma leve batida.
  • Perda de altura – a pessoa fica cada vez menor.
  • Postura encurvada – apresenta uma curvatura anormal na coluna.

Tratamento para a deficiência de cálcio

Tratamento para a deficiência de cálcio
O diagnóstico precoce e um bom consumo de cálcio podem reduzir o risco de chegar a ter maiores complicações, como a hipertensão e a osteoporose.

Os tratamentos mais apropriados neste caso são, primeiramente, substituir as reservas de cálcio do corpo de diferentes formas:

  • A primeira coisa que se deve fazer quando descobrimos que temos uma deficiência de cálcio é aumentar o consumo de alimentos ricos nesse mineral como, por exemplo, as verduras de folhas, os feijões, as nozes, os mariscos, o suco de laranja, entre outros.
  • A mudança de alguns medicamentos que podem estar associados à perda progressiva do cálcio, como podem ser os diuréticos (isso deve ser consultado com um especialista, você nunca deve fazê-lo por conta própria).
  • Realizar uma série de exercícios suaves, que não sejam muito esgotantes.
  • Consumir complementos de cálcio, além de incluir vitamina D e fósforo.

Não deixe der ler: Prepare remédios ricos em cálcio para prevenir a osteoporose

Atenção: você deve sempre consultar um médico para poder consumir qualquer tipo de suplemento alimentar. Você jamais deve se automedicar, dado que isso pode trazer complicações muito graves para a sua saúde em geral.

  • Ross, A. C., Manson, J. E., Abrams, S. A., Aloia, J. F., Brannon, P. M., Clinton, S. K., … Shapses, S. A. (2011). The 2011 Dietary Reference Intakes for Calcium and Vitamin D: What Dietetics Practitioners Need to Know. Journal of the American Dietetic Association. https://doi.org/10.1016/j.jada.2011.01.004
  • Law, K. (2013). Osteoporosis. In Rheumatology Board Review. https://doi.org/10.5324/eip.v11i1.1938
  • McKenna, M. J., & Murray, B. (2014). Vitamin D deficiency. In Endocrinology and Diabetes: A Problem-Oriented Approach. https://doi.org/10.1007/978-1-4614-8684-8_23