Como controlar a pressão arterial alta com 5 remédios caseiros

18 Dezembro, 2018
Se você estiver seguindo algum tratamento médico para controlar a pressão alta ou outra doença, é preciso consultar um especialista antes de consumir estes remédios para verificar se eles podem causar alguma interferência no seu tratamento

O aumento da pressão arterial, um transtorno conhecido em termos médicos como hipertensão, é um dos inimigos número um da saúde cardiovascular.

Origina-se pela obstrução das artérias, o que obriga o coração a trabalhar demais para bombear e transportar o sangue até as demais partes do corpo.

Como resultado disso, o músculo cardíaco se enfraquece e, às vezes, a função dos rins, do cérebro e do pâncreas se veem comprometidas.

No entanto, estas complicações podem ser prevenidas com o tratamento adequado da doença, já que alguns remédios reduzem a pressão e ajudam a mantê-la em níveis estáveis.

Apesar de ser necessário seguir as orientações médicas, também é possível complementar os tratamentos com algumas soluções naturais.

Por isso, a seguir compartilhamos 5 alternativas interessantes. Confira!

1. Manjericão ajuda a controlar a pressão arterial alta

O manjericão serve para controlar a pressão arterial alta

A infusão de manjericão tem propriedades diuréticas e anti-inflamatórias que, sem dúvida, ajudam no controle da pressão alta.

Seu consumo diminui a retenção de líquidos e o excesso de sódio; ou seja, luta contra duas das causas do aumento do risco de hipertensão.

Ingredientes

  • 1 colher pequena de manjericão fresco (5g)
  • 1 xícara de água (250ml)

Preparo

  • Primeiramente, esquente uma xícara de água e, quando ferver, adicione o manjericão fresco;
  • Cubra a infusão e, então, deixe descasar por 10 minutos.

Modo de consumo

  • Beba 2 ou 3 xícaras da infusão de manjericão por dia, no mínimo 3 vezes na semana.

2. Canela

A canela é uma especiaria rica em óleos naturais, antioxidantes e compostos anti-inflamatórios que ajudam a melhorar a circulação, assim como a saúde arterial.

É recomendada para o controle da pressão arterial em pacientes com diabetes, já que, entre outras coisas, ajuda a regular os níveis de glicose.

Ingredientes

  • 1 colher pequena de canela em pó (5g)
  • 1 xícara de água (250ml)

Preparo

  • Adicione a canela em pó a uma xícara de água fervente, cubra e, então, deixe repousar por 10 minutos.

Modo de consumo

  • Beba uma xícara da infusão de canela em jejum e, se acaso quiser, repita o consumo no meio da tarde.

Leia também: As 10 incríveis propriedades da canela para a saúde

3. Cardamomo

O chá de cardamomo serve para controlar a pressão arterial alta

As propriedades do cardamomo são úteis não só para relaxar o sistema nervoso, mas também para reduzir a pressão arterial.

Isso porque seus minerais essenciais ajudam a regular os altos níveis de sódio e a melhorar a circulação.

Ingredientes

  • 1 colher pequena de cardamomo (5g)
  • 1 xícara de água (250ml)

Preparo

  • Primeiramente, adicione uma colher pequena de cardamomo em uma xícara de água e coloque para ferver;
  • Então, quando chegar ao ponto de ebulição, retire a bebida do fogo e deixe descansar entre 5 e 10 minutos à temperatura ambiente;
  • Coe a bebida e consuma em seguida.

Modo de consumo

  • Beba 2 ou 3 xícaras da infusão de cardamomo por dia, depois de cada refeição.

4. Linhaça

As sementes de linhaça podem contribuir para a redução do risco de doenças cardiovasculares crônicas, pois têm um alto índice de ômega 3, aminoácidos e fibra dietética.

Estas substâncias promovem o controle do colesterol alto e da pressão arterial, diminuindo assim a tendência a sofrer ataques cardíacos, arteriosclerose e outros transtornos graves.

Ingredientes

  • 1 colher de sementes de linhaça (10g)
  • ½ xícara de água (125ml)

Preparo

  • Adicione uma colher de sementes de linhaça a meia xícara de água quente e, então, deixe descansar a noite toda;
  • Na manhã seguinte, quando o líquido estiver ligeiramente espesso, coe.

Modo de consumo

  • Beba em jejum, todos os dias;
  • Se acaso quiser, adicione um pouco de suco de limão.

Leia também: Os grandes benefícios da água de linhaça

5. Gengibre

O gengibre serve para controlar a pressão arterial alta

O gengibre é um dos remédios tradicionais para o controle da hipertensão. Seus benefícios são derivados de seus compostos anticoagulantes e vasodilatadores que, por certo, ajudam a melhorar a passagem do fluxo sanguíneo através das artérias.

Contém antioxidantes, fibras, vitaminas e minerais que, sobretudo, ajudam a eliminar as toxinas e líquidos que influenciam no aumento da pressão.

Ingredientes

  • 1 colher pequena de gengibre ralado (5g)
  • 1 xícara de água (250ml)

Preparo

  • Em primeiro lugar, despeje uma xícara de água em uma panela e coloque para esquentar;
  • Quando começar a ferver, adicione o gengibre ralado, reduza o fogo e, então, deixe por 2 minutos;
  • Passado este tempo, deixe que a bebida repouse à temperatura ambiente até que esteja morna.

Modo de consumo

  • Coe a infusão e consuma em jejum.
  • Ou então beba 2 ou 3 vezes por dia depois de comer.

Afinal, você sofre de pressão alta? Tem antecedentes familiares de hipertensão? Se tiver motivos para temer esta condição, prepare os remédios mencionados e, assim, aproveite suas propriedades.

Mas, atenção! Caso esteja tomando medicamentos, consulte o seu médico para saber se estes remédios podem interferir na assimilação dos que você já toma.

  • Ileana Anika Domondon, Samantha Alexis Dueñas, Hazel Joy Dungo, Rafael Luis Encarnacion, Kimberly Esteban, Ma. Presentacion Estrada, Alan Evangelista, Izach Evangelista, Michael Jason Fadul, Kenneth Martin Falloria, Reyna Marie Federo, Jose Ronilo Juangco, MD, MPH (Faculty Adviser). The effectiveness of Ocimum basilicum (basil) tea as an adjunct to medications in decreasing the blood pressure of hypertensive individuals. VOL. 6 NO. 2 • JULY – DECEMBER 2017 • UERM Health Sciences Journal. https://uerm.edu.ph/Forms/research/UERM%20Health%20Sciences%20Journal%20Vol.6%20No.2%20July%20-%20December%20%202017.pdf#page=21
  • Khan, A., Safdar, M., Ali Khan, MM, Khattak, KN y Anderson, RA (2003). La canela mejora la glucosa y los lípidos de las personas con diabetes tipo 2. Diabetes Care, 26 (12), 3215–3218. https://doi.org/10.2337/diacare.26.12.3215
  • Ortigado Matamala, A. (2008). Hipertensión arterial. Pediatria Integral. https://doi.org/10.1016/S1696-2818(09)71095-9
  • Rajendra Nath. (2011). Un estudio experimental para evaluar el efecto preventivo de Zingiber officinale (jengibre) sobre la hipertensión y la hiperlipidemia y su comparación con Allium sativum (ajo) en ratas. Revista de investigación de plantas medicinales, 6 (25). https://doi.org/10.5897/jmpr12.323
  • Saman Khalesi, Christopher Irwin, Matt Schubert. El consumo de linaza puede reducir la presión arterial: una revisión sistemática y metanálisis de ensayos controlados, The Journal of Nutrition , volumen 145, número 4, abril de 2015, páginas 758–765, https: // doi.org/10.3945/jn.114.205302
  • Wagner-Grau, P. (2011). Fisiopatología de la hipertensión arterial. Anales de La Facultad de Medicina. https://doi.org/10.15381/anales.v71i4.99
  • Umar A, Imam G, Yimin W, Kerim P, Tohti I, Berké B, Moore N. Antihypertensive effects of Ocimum basilicum L. (OBL) on blood pressure in renovascular hypertensive rats. Hypertens Res. 2010 Jul;33(7):727-30. doi: 10.1038/hr.2010.64. Epub 2010 May 7. PMID: 20448636.
  • Valero Zanuy, M. Á. (2013). Nutrición e hipertensión arterial. Hipertension y Riesgo Vascular. https://doi.org/10.1016/j.hipert.2012.09.004
  • Tagle, R. (2018). DIAGNÓSTICO DE HIPERTENSIÓN ARTERIAL. Revista Médica Clínica Las Condes. https://doi.org/10.1016/j.rmclc.2017.12.005