O capacete inovador que irá prevenir lesões na medula espinhal em ciclistas

Desenvolvido em conjunto com o Hospital Nacional de Paraplégicos de Toledo e a empresa EVIX, este capacete visa reduzir o risco de lesões na medula espinhal em ciclistas.
O capacete inovador que irá prevenir lesões na medula espinhal em ciclistas

Última atualização: 05 Outubro, 2021

Mesmo quando precauções extremas são tomadas, os acidentes de bicicleta são comuns. Usar um capacete pode reduzir significativamente o risco de ferimentos na cabeça, embora a região cervical ainda fique vulnerável. Para mudar esse quadro, um capacete foi criado na Espanha para prevenir lesões na medula espinhal em ciclistas. Descubra suas características a seguir.

O primeiro capacete para prevenir lesões na medula espinhal

Desenhado pela startup EVIX, em colaboração com o Hospital Nacional de Paraplégicos de Toledo, este é um protótipo de capacete que inclui um air bag para proteção contra possíveis lesões cervicais. O sistema é ativado automaticamente por meio de sensores inteligentes. Leva apenas alguns milissegundos para o airbag abrir e se acomodar no pescoço do ciclista.

Em um vídeo publicado pela empresa sediada em Barcelona em janeiro de 2020, podemos ver simulações de computador de um hipotético acidente de bicicleta. O sistema de proteção inercial protege o usuário do capacete para reduzir as chances de trauma na medula espinhal.

Mas isso não é tudo. O capacete se conecta a um aplicativo que permite enviar uma mensagem de alerta junto com o local, caso esteja ativado. Da mesma forma, enviará notificações ao passar por pontos com alto histórico de acidentes e sugerirá alternativas mais seguras para o ciclista. Todo o processo é automático e começa após a fixação do equipamento no cabeçote.

A distribuição está prevista para começar no final de 2021 e, a curto prazo, atraiu o interesse de marcas consagradas no mundo do ciclismo. Embora este seja o seu principal mercado, o protótipo também pode ser utilizado em qualquer modalidade esportiva em que seja necessário o uso de capacete para uma maior segurança.

O primeiro capacete da história do ciclismo com airbag
O objetivo desse capacete é amenizar o impacto sofrido pela região cervical em acidentes de bicicleta. Desta forma, o risco de ferimentos pode ser reduzido.

A importância do capacete para a integridade do ciclista

Segundo dados da Comissão Europeia, até 8% de todas as mortes por acidentes de trânsito correspondem a ciclistas. Neste ponto, deve ser lembrado que nem todos os países regulamentam o uso de capacetes em áreas urbanas, especialmente quando seus usuários são adultos.

Por exemplo, a Direção Geral de Trânsito (DGT) estipula o uso obrigatório de capacetes nesses contextos apenas para menores de 16 anos. Para ciclistas maiores de 16 anos, seu uso é apenas opcional, pelo menos em trânsito dentro da cidade. Prevê-se modificar isso a curto prazo para implementar um transporte obrigatório e melhorar a segurança rodoviária.

Segundo dados da própria DGT, em 2019 ocorreram 2.536 acidentes de bicicleta na Espanha. Os números não são pequenos e, em muitos casos, o uso de um capacete pode fazer uma diferença radical quando se trata de minimizar o número de ferimentos ou mortes. Os pesquisadores estipulam que, por si só, este capacete pode reduzir os ferimentos graves na cabeça em até 60%.

O novo capacete com airbag e o futuro do ciclismo

O capacete que irá prevenir lesões na medula espinhal devido ao EVIX está se preparando para ser um novo horizonte no futuro da mobilidade sobre duas rodas. A sua funcionalidade foi meticulosamente testada, o que só foi possível graças à colaboração com um hospital especializado em trauma.

Embora a startup não seja especialista em capacetes, seu interesse pela mobilidade sustentável e segura a levou a projetar um modelo capaz de reduzir o número de lesões anuais. O desenvolvimento do airbag do capacete é um assunto de família, já que o pai de um dos fundadores fazia parte da equipe que projetou o primeiro capacete de motocicleta com airbag embutido.

O novo capacete de airbag e o futuro do ciclismo
O capacete EVIX, que evita lesões na coluna, é considerado o ponto de partida para o desenvolvimento de capacetes mais seguros para os ciclistas.

A Mataró, empresa sediada em Barcelona, foi fundada em 2017 e, desde então, conquistou vários prêmios e interesse como uma iniciativa emergente. Seus sócios fundadores, Marc Millet, Nil Oleaga e Lucas Llobet, estão comprometidos com um futuro em que o uso de capacetes seja obrigatório, independentemente do contexto de condução.

Até agora não existe um protótipo de capacete semelhante no mundo. O modelo que mais se aproxima é o Hövding 3, desenhado pela empresa sueca Hövding Sverige AB. O compromisso com os airbags nos capacetes que previnem as lesões cervicais não é um assunto isolado; portanto, espera-se que nas próximas décadas seu uso seja natural nos esportes ou veículos que o exijam.

Pode interessar a você...
Tudo sobre a hipoglicemia durante a prática de esportes
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Tudo sobre a hipoglicemia durante a prática de esportes

Você sabe por que os atletas sofrem uma queda na glicose durante o treino? Saiba tudo sobre a hipoglicemia durante a prática de esportes.