Anemia ferropriva: recomendações alimentares

· 17 de abril de 2019
Além de aumentar o consumo de alimentos ricos em ferro, para evitar uma crise de anemia também é fundamental evitar aqueles que podem dificultar a absorção deste mineral.

A anemia ferropriva ou anemia por deficiência de ferro é caracterizada por uma deficiência na qualidade e quantidade de hemoglobina, uma molécula encontrada nos glóbulos vermelhos. A hemoglobina é importante porque transporta oxigênio dos pulmões para os tecidos do corpo.

Quando a hemoglobina não consegue transportar oxigênio para os tecidos do corpo, ele desenvolve anemia. Este distúrbio é, portanto, uma anomalia na contagem sanguínea, uma falta de glóbulos vermelhos que causa um transporte deficiente de oxigênio pelo sangue.

Entre os sintomas que uma pessoa anêmica pode experimentar estão:

  • Fadiga crônica, letargia
  • Mal-estar geral
  • Insônia
  • Enjoos
  • Palidez, falta de ar
  • Perda da regularidade do ciclo menstrual
  • Ritmo cardíaco incomum ou palpitações

Se a anemia é diagnosticada e tratada rapidamente, não há consequências. Por outro lado, se não for detectada a tempo, pode agravar a situação de um paciente cardíaco ou de uma pessoa com insuficiência respiratória.

Além disso, você deve sempre consultar o seu médico antes de tomar suplementos de ferro. O consumo excessivo de ferro pode ser prejudicial.

Recomendações em casos de anemia ferropriva

Aqui estão algumas dicas que você pode tomar para superar qualquer situação de anemia ferropriva. Anote!

1. Se o problema é anemia ferropriva: inclua ferro em sua dieta

Suplementação com fontes de ferro para tratar a anemia

A primeira de nossas dicas para prevenir e corrigir a anemia por deficiência de ferro é incluir esse mineral em sua dieta. Tenha em mente que o ferro é necessário para a produção de hemoglobina.

Na maioria dos casos, a deficiência de ferro pode ser causada pelo consumo insuficiente de alimentos ricos nesse mineral.

Esse problema é mais pronunciado em crianças e mulheres jovens: além do período menstrual, dietas extremas e até mesmo dietas vegetarianas também podem favorecer a falta de ferro.

O ferro mais facilmente absorvido é encontrado em carnes, aves e peixes. Outros alimentos, como legumes, frutas, cereais, ovos e nozes também contêm ferro, mas são absorvidos em menor proporção.

Por outro lado, te recomendamos que não tome ferro na forma de suplementos se o médico considerar que você não precisa. Em altas doses, suplementos de ferro causam prisão de ventre e fezes escuras. Por sua vez, suplementos desnecessários de ferro podem disfarçar um problema sério, como um sangramento no sistema digestivo.

Leia este artigo: Como adicionar fontes de ferro à minha dieta

2. Limitar o consumo de álcool

Em segundo lugar, você deve saber que alcoolismo e anemia estão relacionados em algumas pessoas, já que em alguns casos provém de uma má nutrição. Ao consumir álcool, o fígado deve trabalhar para eliminá-lo e, além disso, este órgão é responsável por fornecer ferro para o restante do organismo.

Portanto, a ingestão de álcool pode agravar os sintomas da anemia ferropriva. Portanto, é recomendado o consumo moderado, já que beber muito álcool pode levar à deficiência de ferro.

Além disso, devemos ter em mente que as pessoas que consomem quantidades excessivas de álcool tendem a ter glóbulos vermelhos defeituosos; estes são destruídos antes do final do seu ciclo de vida natural.

3. Alimentos ricos em folato

O folato, uma vitamina B, acelera a divisão dos glóbulos vermelhos e, portanto, promove o transporte de oxigênio. Nesse sentido, recomenda-se que as pessoas com anemia incluam alimentos ricos em folato em sua dieta.

Entre os alimentos ricos em folato encontramos frutas cítricas, vegetais de folhas verdes, nozes, sementes e legumes. No entanto, você deve ter em mente que o folato que eles contêm é sensível ao calor. Portanto, evite cozinha-los demais e opte por métodos de cozimento como ao vapor ou ao forno.

4. Contra a anemia por deficiência de ferro, consuma vitamina C

Aumentar o consumo de vitamina c é fundamental para tratar a anemia ferropriva

Para melhorar o consumo de ferro de origem vegetal, é essencial envolver o consumo de vitamina C. Esta vitamina melhora a absorção do ferro das plantas.

Lembre-se de comer regularmente, por exemplo, uma laranja ou um suco de limão para obter vitamina C. Além disso, outras frutas que contêm grandes quantidades de vitamina C são as toranjas ou os kiwis.

Descubra: Creme de vitamina C: antioxidante e regenerador cutâneo

5. Limite o consumo de chá e café

Chá e café são ricos em taninos, substâncias vegetais que limitam a absorção de ferro. Portanto, você deve limitar seu consumo, especialmente durante as refeições.

Se você estiver tomando suplementos de ferro, é importante não consumir chá ou café por várias horas antes e depois de tomar os suplementos. Além disso, eles não devem ser tomados no final de uma refeição, mas à tarde ou no início da manhã.

Por fim, lembre-se de que a anemia relacionada à falta de ferro é a mais comum. Isso significa que a ingestão de alimentos com ferro é insuficiente ou não compensa as perdas relacionadas ao sangramento agudo ou crônico.

Tenha em mente que, para restaurar o equilíbrio correto dos glóbulos vermelhos, é necessário avaliar a origem do problema.