7 alimentos a evitar para não ter problemas de sono

Para não ter problemas ao adormecer, é aconselhável evitar o consumo de determinados alimentos que mantêm as pessoas acordadas à noite.
7 alimentos a evitar para não ter problemas de sono

Última atualização: 04 Setembro, 2021

A dificuldade de pegar no sono à noite é conhecida como insônia inicial. Esta é uma das doenças mais comuns da sociedade moderna. Algumas das razões pelas quais cada vez mais pessoas têm esse tipo de problema são o uso excessivo de tecnologia, a exposição constante ao estresse e o estilo de vida sedentário, mas também existem alguns alimentos que podem prejudicar o sono.

O que mais preocupa os especialistas em saúde é que esta é uma condição que leva a outras doenças quando não controlada a tempo. Por isso, é fundamental identificar a causa e tentar providenciar um tratamento ou solução o mais rápido possível.

Nesse sentido, existem certos alimentos que, de acordo com a sua composição, dificultam o descanso quando ingeridos horas antes de dormir. Junte-se a nós para conhecê-los. Evitá-los é uma solução simples para se despedir de todos os incômodos que o impedem de ter uma boa noite de sono.

Alimentos que podem prejudicar o sono

1. Queijo

Queijo

O queijo é um alimento saboroso, encontrado em diferentes apresentações e com o qual podemos preparar diferentes tipos de pratos. No entanto, é fundamental lembrar que ele é um dos alimentos que pode causar insônia quando consumido em horários inadequados.

O queijo costuma conter um aminoácido conhecido como tiramina, conforme citado em uma pesquisa realizada em 2012. Sua ação estimulante mantém o cérebro ativo e evita o sono. Na verdade, essa mesma substância já foi associada a alguns casos de dores de cabeça.

Por outro lado, outros laticínios, como leite e iogurte, têm se mostrado bons para favorecer um bom descanso devido ao seu teor significativo de cálcio. Este mineral reduz o estresse e estabiliza as fibras nervosas no cérebro para manter um humor calmo e relaxado.

2. Chocolate

Para muitas pessoas, o chocolate é um deleite requintado que pode desencadear uma sensação de felicidade em momentos difíceis. Foi comprovado por pesquisas realizadas na Universidade Complutense de Madrid que ele contém antioxidantes e nutrientes essenciais que beneficiam a saúde se for consumido em quantidades moderadas.

Porém, não é apropriado ingeri-lo antes de dormir devido ao seu teor de tirosina, que é convertida em dopamina no organismo. Este é um estimulante forte que o impedirá de pegar no sono. É melhor ingeri-lo pela manhã ou no meio da tarde.

3. Carnes processadas

Carnes processadas

Os embutidos possuem um alto teor de gordura e proteína, o que dificulta o processo de digestão.

Ingeri-los à noite costuma causar indigestão e uma sensação de peso no abdômen. Além disso, eles também contêm tiramina, o aminoácido associado à insônia e dores de cabeça.

Se você quiser comer carne no jantar, é melhor escolher peito de frango ou carne de peru. Elas são mais saudáveis e fáceis de digerir.

Recomendamos que você leia: 4 posturas de ioga para recarregar as energias

4. Alimentos com cafeína podem prejudicar o sono

A cafeína é uma substância estimulante para manter o cérebro ativo e acordado por mais horas. O café e outras bebidas energéticas a contêm em quantidades significativas para ajudar a prolongar o rendimento físico e mental.

No entanto, o seu consumo não deve ser excedido, pois ela pode se tornar um obstáculo para dormir o suficiente. É melhor não ingeri-la à noite e tentar encontrar outras alternativas. É importante lembrar que ela também está presente em alguns medicamentos, chás e refrigerantes.

5. Produtos à base de tomate

Produtos à base de tomate

Alimentos à base de tomate aumentam o pH ácido no corpo e causam queimação e desconforto digestivo à noite.

Desta forma, para evitar os efeitos negativos que isso pode ter no sono, seu consumo deve ser evitado pelo menos 3 horas antes de ir dormir.

6. Toranja

O consumo de frutas cítricas, como a toranja, pode aumentar a azia e o refluxo ácido quando ocorre antes de ir para a cama. Esses desconfortos interrompem o sono e podem impedi-lo de atingir a quantidade necessária de horas dormindo. É melhor consumi-las de manhã ou algumas horas depois do almoço.

Você também pode se interessar: Qual é o melhor horário para tomar medicamentos?

7. Os alimentos apimentados também podem prejudicar o sono

Alimentos picantes

Molhos e temperos picantes, como mostarda e pimenta, interrompem o ciclo do sono se forem ingeridos horas antes de deitar. Isso ocorre porque eles causam uma mudança na temperatura no corpo que confunde as funções cerebrais que induzem o sono.

Você costuma comer algum desses alimentos antes de ir dormir? Este pode ser o motivo da sua insônia todas as noites. Recomenda-se tentar escolher outro horário para consumi-los e optar por alimentos mais leves e mais fáceis de digerir para o jantar.

Pode interessar a você...
9 alimentos ricos em melatonina para melhorar a qualidade do sono
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
9 alimentos ricos em melatonina para melhorar a qualidade do sono

A melatonina é um hormônio cujas funções são determinantes para o bem-estar físico e mental, e ajuda a melhorar a qualidade do sono.