4 posturas de ioga para recarregar as energias

· 20 de julho de 2018
A harmonia do corpo e da mente graças à prática de ioga é uma forma ideal de conseguir uma série de mudanças positivas em nossa vida, em todos o níveis.

A ioga nasceu na Índia como uma atividade física e mental. Seu objetivo principal é conseguir o equilíbrio corpo-mente para quem a pratica. Como toda atividade física, requer um esforço corporal, ainda que o mais importante seja dominar a mente para encontrar bem-estar espiritual.

Poderiam ser enumerados múltiplos benefícios da ioga, mas os principais são a estabilidade emocional, relaxamento e energia. Esta atividade se divide em vários tipos que vão desde a acroioga até a ioga do riso. Desta vez nos centraremos na hatha ioga, uma mistura de ioga física e meditação.

O que são as posturas da ioga?

Também chamadas ásanas, as posturas de ioga são atividades que unem o corpo e a mente. Ainda que algumas pareçam fáceis, realmente cada uma delas tem seu nível de dificuldade. Deve estar atento e controlar corpo e mente ao mesmo tempo.

Existem muitas posturas de ioga e cada uma delas beneficia a partes pontuais do corpo. Algumas ajudam a corrigir problemas como escoliose, aumentam a elasticidade corporal ou reduzem dores.

Estas posturas podem ser aperfeiçoadas com muita prática e paciência. Inclusive os melhores praticantes de ioga demoram anos para dominar a técnica.

Quais são as melhores posturas para recarregar as energias?

A ioga como atividade em geral te ajuda sempre a se encher de energia mental e física. Porém, estas são 4 posturas da ioga que com certeza recarregarão sua energia ao máximo. Te recomendamos fazê-las com frequência:

1. O cão 1 ou cão para baixo

É a postura mais comum de ioga, uma postura ideal para os principiantes, e consiste em pôr o corpo em forma de V invertido. Não requer grande esforço físico mas sim uma excelente postura corporal para manter o equilíbrio.

Como se faz?

  • Fique de barriga para baixo sobre a esteira, coloque as mãos debaixo dos ombros e os joelhos na altura dos quadris. Se assegure de manter as costas retas.
  • Apoie muito bem as mãos e pés porque serão os encarregados de suportar seu peso nesta posição.
  • Respire profundamente, levante os joelhos e suba os quadris o mais alto que puder. Trate de manter os calcanhares colados na esteira e os joelhos completamente estendidos. Aguente a posição por 10 segundos.
  • Abaixe o quadril e volte à posição inicial enquanto exala.

Benefícios

  • Libera a tensão e o estresse.
  • Fortalece os ossos e músculos.
  • Melhora a flexibilidade dos ombros, quadris e extremidades.
  • Melhora a digestão.

2. Cão 2 ou cão para cima

É uma variação da posição do cão. Ainda que costume ser confundida com a postura da cobra, sua principal característica é que o apoio do corpo está concentrado nas mãos e nos pés. Não se deve colar as pernas no chão como na posição da cobra.

Postura de ioga que serve para recarregar energias

Como se faz?

  • Parta da mesma posição inicial do cão 1. Respira profundamente e prenda o ar.
  • Descole os joelhos do chão e impulsione a parte superior do corpo para cima.
  • Os braços devem estar completamente esticados com as mãos debaixo dos ombros. Arqueie as costas para trás e levante o olhar.
  • Aguente a posição por 10 segundos e depois descanse.

Benefícios

  • Fortalece os músculos dos braços, ombros, pulsos, abdômen, cintura e peitoral.
  • Fortalece os glúteos.
  • Melhora a flexibilidade da coluna vertebral.
  • Consegue maior abertura no peito, o que aumenta a capacidade pulmonar.

3. Guerreiro 1

Assim como a do cão, a posição do guerreiro também tem variantes. Esta posição de ioga é inspirada em Virabhadra, um antigo guerreiro da Índia que surgiu do sofrimento do deus Shiva depois da morte de sua esposa.

As 3 variantes da postura representam os passos que o guerreiro deu para vingar a morte da esposa de Shiva.

Como fazer?

  • Pare reto sobre a esteira e alongue as costas. Inale por 5 segundo, segure a respiração por outros 10 e exale por mais 10.
  • Separe um pouco os pés e levante os braços em forma vertical.
  • Dê um grande passo para frente com a perna direita e deixe a esquerda para trás.
  • Se incline sobre a perna direita até que forme um ângulo de 90 graus. Se assegure de manter as costas retas e mantenha a posição por 10 segundos, depois volte à posição original.

Benefícios

  • Fortalece as pernas e glúteos.
  • Aumenta a resistência.
  • Aumenta o equilíbrio e a estabilidade.
  • Alivia a dor em certas partes do corpo.
Mulher praticando posturas de ioga para recarregar as energias

4. Postura do cadáver

É a postura de ioga mais simples a nível físico, mas o que a torna realmente difícil é o esforço mental que exige. O objetivo desta postura é estar totalmente relaxado e conseguir um ponto máximo de meditação.

Ao realizá-la deve minimizar a atividade mental, se esquecer das distrações e aprofundar a respiração.

Como fazer?

  • Deite de barriga para cima sobre a esteira com as pernas separadas na altura dos quadris.
  • Separe levemente seus braços do corpo e abra um pouco as pernas. A cabeça deve estar centrada e a coluna alinhada, as palmas devem estar para cima com os dedos relaxados.
  • Se concentre em respirar profundamente para liberar a tensão ou rigidez muscular.

Benefícios

  • Reduz a dor de cabeça.
  • Combate a fatiga e a insônia.
  • Diminui a pressão arterial.
  • Alivia a depressão leve.

Fazer diariamente estas e outras posturas de ioga te dará uma boa dose de energia. Comece colocando seu corpo e sua mente em sintonia e verá as mudanças positivas que ocorrerão em sua vida. Se despreocupe, relaxe e haja para que sua qualidade de vida melhore. Verá que valerá a pena!