A importância de manter um bom nível de biotina

26 de outubro de 2019
A biotina é uma vitamina do grupo B que é fundamental para um adequado bem-estar psicológico e um bom desempenho físico. Também é importante para a saúde da pele e unhas.

A biotina é uma vitamina essencial para o corpo. Neste artigo explicaremos a importância de manter um bom nível desta vitamina no corpo. Consuma-a e traga bem-estar para o corpo.

A biotina

A biotina (também chamada de vitamina B7, B8 e H) é uma vitamina solúvel em água que faz parte do complexo da vitamina B. Estas são um grupo de nutrientes essenciais necessárias para as funções metabólicas, nervosas, digestivas e cardiovasculares.

Além disso, esta vitamina é uma coenzima fundamental para o corpo, visto que ajuda a metabolizar gorduras, carboidratos e aminoácidos.

Ademais, encarrega-se de converter a glicose em energia. Por isso, desempenha um papel bastante importante na hora de realizar atividades físicas e de manter um adequado funcionamento mental.

Ainda, ajuda a manter saudáveis as células da pele, assim como das unhas, e também é um agente direto da criação de hemoglobina. Uma das formas de ter um bom nível de biotina é por meio da alimentação. Entre os alimentos ricos nesta vitamina é possível encontrar:

  • Fígado
  • Soja
  • Ovo
  • Frutas
  • Frutos secos (amêndoas, amendoim, nozes, pistache)
  • Salmão
  • Cereais integrais
  • Abacate
  • Couve-flor

O consumo destes alimentos ajudará a manter um bom nível de biotina no organismo. Siga lendo, pois explicaremos a importância dessa vitamina para o corpo.

Ajuda a melhorar a aparência do cabelo

Alimentos com biotina

A biotina é conhecida por ter uma grande quantidade de propriedades que favorecem o cabelo. Dessa maneira, contribui para o fortalecimento, crescimento e traz mais brilho.

Portanto, o consumo de vitamina B7 como suplemento natural pode ser benéfico ante a perda de cabelo. Porém, o melhor é sempre consultar o médico antes de começar a tomar suplementos.

A biotina ajuda a desestressar e a combater a ansiedade

No dia a dia vivemos sob muito estresse e certa ansiedade, seja pelo trabalho, pela família ou por outros motivos. É normal, mas os altos níveis de estresse ou ansiedade podem acarretar problemas graves.

Por isso, consumir alimentos que contenham biotina pode ajudar a combater o estresse e reduzir a fadiga e a tristeza. A ausência de vitamina no organismo pode favorecer a depressão, já que causa fraqueza. Portanto, recomenda-se incluir biotina e outros nutrientes na dieta diária. Ainda, esta pode ser um bom complemento ao tratamento da depressão crônica.

Acelera o metabolismo

É fundamental para o organismo, já que ajuda a acelerar o metabolismo e, por conseguinte, a melhorar o funcionamento intestinal.

Também se encarrega de nivelar o metabolismo, assim como da produção de carboidratos, proteínas e aminoácidos.

Talvez te interesse ler: 5 truques para pessoas com metabolismo lento

Pode funcionar como analgésico natural

Vegetais com àgua

A biotina pode funcionar como analgésico, assim como aliviar as dores musculares.

Manter um bom nível desta enzima ajudará a realizar exercícios e a criar uma maior sensação de bem-estar. Por isso, alimente-se de forma saudável e faça exercício: seu corpo agradecerá.

É importante para a pele

A ingestão de biotina tem muitos benefícios para a pele. Por exemplo, ao comer alimentos que a contenham estará ajudando a combater a dermatite. Isso se deve as suas propriedades analgésicas que ajudam a aliviar a irritação.

Ademais, esta enzima ajuda a reduzir o estresse, uma das possíveis causas da dermatite. Também permite combater a secura da pele e prevenir a irritação, as rachaduras ou outras infecções na pele.

Ainda, é importante destacar que o consumo excessivo desta vitamina pode produzir acne, principalmente na área do rosto, por isso é bom não abusar. Tenha cuidado com o excesso de gorduras para evitar o aparecimento de acne. O melhor é sempre procurar o médico para que este recomende a dose mais adequada.

Ajuda na circulação do sangue

A falta da biotina no corpo está relacionada com o risco de sofrer anemia. Em suma, esta vitamina colabora com a criação de hemoglobina e, dessa forma, também ajusta os níveis de hemácias no corpo.

Além disso, a biotina facilita a obtenção de energia por meio da glicose, por isso que pode ajudar a prevenir a neuropatia diabética. Ainda, a circulação sanguínea pode melhorar com o consumo da vitamina.

Não perca: 9 alimentos para reduzir os sintomas da anemia

A biotina fortalece as unhas

Assim como ocorre com o cabelo, a biotina ajuda na saúde das unhas. Isso se deve ao fato das células encarregadas por seu crescimento se regenerarem graças a esta vitamina.

Ajuda a proteger a função cerebral e lutar contra o deterioramento cognitivo

A biotina beneficia a saúde do sistema nervoso devido ao seu papel na sinalização nervosa e na atividade do neurotransmissor. Ainda mais, influencia na função de memória, assim como protege contra o deterioramento cognitivo relacionado com a idade, como o Mal de Alzheimer e a demência.

Por fim, ainda que esta vitamina possa ajudar em diferentes funções do organismo, ter um nível excessivo pode ser prejudicial. Em algumas pessoas pode gerar reações alérgicas, dores de estômago, diarreia e náuseas leves. Ademais, os diabéticos não devem consumi-la em excesso, pois aumenta a glicose e os ácidos graxos no corpo.

Portanto, o melhor é consultar o médico antes de começar a tomar suplementos com biotina. Esta pode ser muito benéfica, mas nas quantidades adequadas.