9 alimentos que eliminam a gordura abdominal

· 25 de março de 2016
Um dos alimentos mais conhecidos, para eliminar a gordura abdominal, é a raiz de gengibre. Podemos consumi-la fresca, adicionada a nossos pratos, mas também podemos aproveitá-la em infusões.

Gordura abdominal é um problema para você? Diferentemente do que costumamos imaginar, é possível eliminá-la com uma boa alimentação.

Nós sempre recomendamos que nossos leitores optem por alternativas saudáveis.

É verdade que você poderá encontrar pílulas e uma infinidade de produtos que prometem o mesmo resultado, mas desde o nosso ponto de vista, estes devem ser tomados com muito cuidado.

Acreditamos que o melhor  para a sua saúde é fazer sempre escolhas naturais. Por isso, deixamos a seguir uma lista com os alimentos que eliminam gordura abdominal.

Inclua-os na sua dieta e diga adeus a este problema incômodo.

Alface romana

A alface contém muito poucas calorias, por isso é um alimento sempre presente nas saladas. Este tipo de alface em particular faz com que nos sintamos saciados e tem uma consistência crocante que a torna deliciosa.

Nossos motivos para incluí-la na lista de alimentos que eliminam a gordura abdominal é que ela é uma excelente fonte de:

  • Vitamina C
  • Betacaroteno
  • Vitamina K
  • Folatos
  • Manganês
  • Cromo

Vários estudos concordam que o cromo aumenta a queima de gordura abdominal quando é combinado com a prática de exercícios. Além disso, as pessoas que são diabéticas notarão uma melhora na produção e no uso de sua insulina natural.

Toranja para eliminar a gordura abdominal

Suco de toranja para eliminar gordura abdominal

Não é nenhum segredo que a toranja é um dos alimentos que eliminam a gordura abdominal. Um estudo de 2006 descobriu que comer meia toranja antes da refeição ajuda a perder peso.

Lembre-se sempre de que é melhor consumir a fruta fresca do que o seu suco. Ao comê-la desta forma iremos aproveitar todas as fibras naturais, e ela também poderá nos ajudar a melhorar a digestão.

Gengibre

A raiz de gengibre é uma das especiarias mais usadas em todo o mundo. Seu uso começou na china, em torno dos anos 400 a.C., e agora ela está presente em todo o mundo.

O mais importante é que o gengibre é um dos alimentos que eliminam a gordura abdominal. A forma mais eficaz é quando o consumimos fresco.

Podemos encontrar a raiz em pedaços nas lojas de produtos naturais e nos supermercados.

Ela pode ser usada moída ou ralada, no momento de preparar alimentos refogados, ou em forma de pó.

Feijões brancos

Eles são legumes muito versáteis, ricos e nutritivos. Se consumi-los regularmente, notará que em pouco tempo a gordura abdominal vai desaparecendo.

Devido ao fato de que são baixos em calorias e graças ao seu alto teor de fibras e proteínas, você vai precisar de uma quantidade mínima para se sentir satisfeito após ingeri-los.

Os feijões também melhoram a qualidade da absorção de carboidratos no estômago. O benefício desta característica é que você vai evitar a incômoda prisão de ventre.

Pinhões

Pinhões para eliminar gordura abdominal

Os pinhões são sementes deliciosas que não costumam ser incluídas na dieta diária das pessoas.

Devido ao fato de que têm um preço elevado, não são uma opção para todos os dias. No entanto, você deveria considerar incluí-los em algumas ocasiões se estiver em busca de alimentos que eliminem a gordura abdominal.

Um pequeno punhado de pinhões sacia e reduz o apetite, mas não exagere, pois são ricos em calorias.

Peito de frango

Se você estiver preocupado com a gordura abdominal, o peito de frango é um dos alimentos que devem estar na sua lista de compras. Este tipo de carne é rica em proteína e não contém quase nada de gordura e carboidratos.

O peito de frango é um excelente recurso de vitamina B3 e B6. A vitamina B3 está diretamente relacionada à resistência à insulina. Por outro lado, a vitamina B6 é necessária para que tenhamos uma correta absorção de zinco.

Canela

A canela conta com propriedades extraordinárias no que diz respeito a perder peso.

Algumas vezes a gordura abdominal se armazena por resistência à insulina. Isso acontece porque o seu pâncreas não trabalha como deveria e os resíduos não são eliminados corretamente.

Isso também pode interessar você: 4 máscaras com canela para ter o cabelo perfeito

Meia colher de canela em pó por dia é suficiente para melhorar os níveis de açúcar no sangue, desta maneira, iremos processar melhor a insulina e eliminar a gordura abdominal.

Se você estiver fazendo um controle médico para a diabetes ou pré-diabetes, a canela também pode ajudar a controlar a glicose no sangue.

Clara de ovo

Clara para eliminar gordura abdominal

A clara de ovo é um dos ingredientes básicos de toda dieta equilibrada. Além disso, é uma excelente fonte de proteínas e é muito pobre em calorias e rica em água.

A gema de ovo, por outro lado, é alta em calorias, gordura e colesterol. Apesar disso, você não deveria se privar dela por completo, já que a gema também é rica em ferro, zinco, vitamina A, D, E e B12.

Nossa recomendação é incluir em seu café da manhã uma omelete ou ovos mexidos com um ovo inteiro, uma clara e outros vegetais.

Abacate

Outro dos alimentos que eliminam a gordura abdominal é o abacate, mas é aconselhável para quem quer perder peso?

Costumamos pensar em eliminar esta fruta quando queremos perder peso porque ela contém muitas gorduras, mas não há nada mais longe da realidade.

A gordura presente no abacate não apenas não fará com que você ganhe peso, mas também irá ajudar a perdê-lo.

Esta fruta é rica em ácidos oleicos, então fará com que você se sinta saciado mesmo com uma pequena quantidade.

Leia também: Como usar a semente de abacate no tratamento da celulite

Além de ácidos oleicos, o abacate é rico em vitamina C, vitamina E e vitamina B.

Uma dieta variada, baseada em produtos completamente naturais, irá aproximá-lo da forma que sempre quis ter.

Inclua os alimentos que mencionamos e verá rápidos resultados.

Gostou do nosso artigo? Sendo assim, não deixe de seguir nossa página com mais informações que podem interessar.

Rezende, F. A. C., Rosado, L. E. F. P. L., Ribeiro, R. de C. L., Vidigal, F. de C., Vasques, A. C. J., Bonard, I. S., & Carvalho, C. R. de. (2006). Índice de massa corporal e circunferência abdominal: associação com fatores de risco cardiovascular. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. http://doi.org/10.1590/S0066-782X2006001900008