Alimentos para reduzir a gordura abdominal

· 11 de junho de 2019
A gordura localizada na barriga não é fácil de queimar, e ainda que nos sacrifiquemos seguindo uma dieta saudável e equilibrada e praticando esportes, é possível que seja complicado se livrar dela.

Às vezes, reduzir a gordura localizada na barriga não é fácil. Ainda que se sacrifique seguindo uma dieta saudável e equilibrada, assim como praticando esportes, é possível que seja complicado se desfazer dela. Portanto, leve em consideração nossos conselhos e vá à luta!

Situação atual da obesidade

Gordura abdominal

A obesidade é uma doença muito frequente na atualidade, com cifras que seguem aumentando ano após ano. Do mesmo modo, as doenças metabólicas também seguem aumentando.

Hoje em dia, quando a obesidade alcança os picos mais altos da história, os especialistas centram seu olhar na alimentação como fonte de saúde. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem mais de 1.900 milhões de pessoas com sobrepeso no mundo e mais de 650 milhões são obesas.

Cifras tão alarmantes como as que aparecem quando focamos nas crianças. Existem 124 milhões de crianças obesas no mundo, de acordo com um estudo da OMS e do Imperial College de Londres; publicado há alguns meses pela famosa revista ‘The Lancet’.

Também pode te interessar ler: Quantidade recomendada de gorduras na dieta

A gordura abdominal e as doenças associadas

Diversos estudos relacionam diretamente a gordura abdominal com uma maior chance de sofrer diferentes doenças; com isso, a localização da gordura é tão importante quanto a quantidade da mesma.

De acordo com uma recente pesquisa realizada pela Universidade de Harvard e pelo Hospital Geral de Massachusetts, o acúmulo de gordura abdominal está relacionado com um maior risco de desenvolver diabetes tipo 2 e doenças coronárias.

A adiposidade abdominal excessiva afeta muito mais os homens do que as mulheres. Assim como afirmou um estudo do departamento de Urologia da Universidade de Cornell, afeta negativamente a próstata e está diretamente relacionada com a disfunção erétil.

Por outro lado, de acordo com a Fundação Espanhola do Coração, a medida ideal do perímetro abdominal recomendado é de 88 centímetros para as mulheres e 102 para os homens.

Quais alimentos podem ajudar a reduzir a gordura abdominal?

1. Salmão

Salmão assado com verduras

Um peixe recomendado por oferecer proteína de alto valor biológico e ser muito rico em vitamina D, cuja carência costuma estar presente nas pessoas obesas, como demonstrou um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Columbia.

2. Brócolis

Leve, cheio de vitaminas e rico em cálcio, um mineral que tem um papel importante na perda de peso. Ao menos assim o assegura uma pesquisa conjunta de vários departamentos universitários americanos e publicada no ‘Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism’.

3. Nozes

Como indica uma pesquisa da Universidade de Barcelona, seu consumo habitual e moderado ajuda a perder a gordura abdominal. O segredo está no fato de sua ingestão diária disparar a serotonina. Esse é um hormônio que, ademais, melhora o estado de humor e a saciedade.

4. Banana

Bananas para a dieta

Ainda que muitas pessoas se mantenham afastadas das bananas por seu alto teor de carboidratos, é um alimento eficaz quando se quer ter uma barriga lisa. Isso é devido ao seu teor de potássio, que ajuda a eliminar líquidos.

Leia também: Hábitos para reduzir o ganho de gordura

5. Melancia

Outro alimento rico em potássio para eliminar líquidos é a melancia. Além disso, de acordo com um estudo da Universidade do Kentucky, também pode ajudar a reduzir a gordura corporal; assim como a reduzir o colesterol do sangue.

6. Chocolate amargo

O chocolate amargo com mais de 60% de cacau está carregado de antioxidantes benéficos que podem ajudar a reduzir a inflamação do ventre e reduzir os desejos por doces.

7. Iogurte natural

Iogurtes para a dieta

O iogurte integral (e sem açúcar) é recomendado em dietas de controle de peso. Além disso, é rico em probióticos (bactérias ‘boas’) e por isso favorece a saúde intestinal. Portanto, com uma microbiota saudável, assim como mostra um estudo da Universidade de Viena, perde-se a gordura abdominal mais facilmente.

Caso adicione aos iogurtes alguns frutos vermelhos ou qualquer tipo de fruta com alto poder diurético, o efeito será ainda maior.

Além de aumentar o consumo desses produtos, é bom ir eliminando da dieta as gorduras saturadas e os açúcares simples; assim como recomenda a Fundação Espanhola do Coração, que também aconselha se manter ativo, praticando exercícios aeróbicos e de força.

  • Lee, R. K., Chung, D. , Chughtai, B. , Te, A. E. and Kaplan, S. A. (2012), Central obesity as measured by waist circumference is predictive of severity of lower urinary tract symptoms. BJU International, 110: 540-545.
  • Journal of Proteome Research. Benefits of nut consumption for people with abdominal obesity, high blood sugar, high blood pressure. ACS News Service Weekly PressPac: November 02, 2011
  • Carrelli, A., Bucovsky, M., Horst, R., Cremers, S., Zhang, C., Bessler, M., Schrope, B., Evanko, J., Blanco, J., Silverberg, S. J., … Stein, E. M. (2016). Vitamin D Storage in Adipose Tissue of Obese and Normal Weight Women. Journal of bone and mineral research : the official journal of the American Society for Bone and Mineral Research, 32(2), 237-242.