8 maneiras de diminuir o inchaço abdominal sem praticar exercícios

· 7 de agosto de 2017
Além de adotar uma dieta equilibrada, para aliviar o inchaço abdominal, também podemos realizar algumas massagens locais que podem ser de grande ajuda.

Você sofre com inchaço abdominal e não sabe como diminuir este problema sem a necessidade de recorrer a nenhum tipo de exercício?

Compartilhamos uma série de recomendações que lhe permitirão aliviar esta condição de forma simples e rápida.

Maneiras de diminuir o inchaço abdominal

1. Massagem para reduzir os gases

Em certos momentos, o inchaço que sofremos deve-se a um acúmulo de gases. Felizmente, nestes casos é possível evitá-lo com uma simples massagem.

O que fazer?

  • Faça a massagem sobre a área do umbigo.
  • Coloque 4 dedos sobre ele, de maneira horizontal.
  • Neste ponto e sobre o dedo superior encontrará o ponto exato que está buscando.
  • Uma vez localizado, massageie durante 2 ou 3 minutos no sentido horário.
  • Você saberá que está fazendo da maneira correta porque a produção de saliva se intensifica.

2. Massagem para reduzir a retenção de líquidos

A massagem para reduzir a retenção de líquidos é uma das maneiras de diminuir o inchaço abdominal

Se o que buscamos é reduzir a quantidade de líquidos retidos que nos fazem parecer mais inchados, com esta simples massagem será um pouco mais fácil.

O que fazer?

  • Para esta massagem, uma vez mais, usaremos o umbigo como referência. O ponto que buscamos se encontra uns dois dedos acima do mesmo.
  • Devemos exercer certa pressão sobre esta área massagear durante 2 ou 3 minutos no sentido horário e depois no anti-horário.

3. Massagem para aumentar a atividade intestinal

Com esta massagem que apresentamos a seguir, será possível aumentar a atividade intestinal e assim evitar a prisão de ventre, que pode ser uma das culpadas pelo inchaço abdominal.

O que fazer?

  • Neste caso, devemos focar na área abaixo do umbigo, uns 4 dedos abaixo, e fazer uma massagem durante 2 ou 3 minutos na direção horária e anti-horária.
  • Esta simples massagem será de grande ajuda para favorecer os movimentos peristálticos.
  • Além de aliviar a prisão de ventre, conseguiremos aliviar o inchaço da área.

4. Beba água com limão

Beber água com limão é uma das maneiras de diminuir o inchaço abdominal

Você sabia que beber um copo de água morna com suco de limão todas as manhãs, uns 15 ou 20 minutos antes de tomar café da manhã pode ajudar a normalizar a produção de suco gástrico e a aliviar os sintomas de acidez?

Trata-se de uma solução capaz de prevenir a formação de gases no intestino. Além disso, é rico em vitamina C.

Leia também: Água com limão os benefícios de beber diariamente

5. Esqueça do café com leite para o café da manhã

O café com leite no café da manhã é uma das bebidas mais consumidas.

No entanto, se o que você busca é preservar a saúde de seu intestino, será melhor se esquecer dele e optar por outras soluções mais saudáveis.

Temos que saber que o leite estimula a produção de suco gástrico e aumenta a acidez.

O café tem um efeito muito similar ao do próprio leite no estômago. Portanto, juntos é ainda pior.

O que fazer?

  • Se você não pode passar o dia sem sua porção de laticínios pela manhã, pode substituir o leite por iogurte. Assim conseguirá que as bactérias do estômago possam digerir o alimento.

6. Não consuma bebidas alcoólicas de estômago vazio

Não consumir bebidas alcoólicas de estômago vazio é uma das maneiras de diminuir o inchaço abdominal

Devemos levar em consideração que as bebidas alcoólicas estimulam a produção de suco gástrico.

Isso não é nada bom se o estômago estiver vazio, porque contribuirá para desacelerar o trabalho do próprio estômago e danificar as paredes estomacais.

Além disso, no caso de consumir álcool de maneira frequente, saiba que se trata de um tipo de bebida que mata a microflora do estômago e do intestino. 

O mais recomendável é fazer um consumo moderado e sempre com algo no estômago.

7. Elimine os alimentos gordurosos da sua dieta

Comer alimentos gordurosos de maneira regular é algo que sempre devemos evitar.

Saiba que a comida gordurosa, como os fast food e as sobremesas açucaradas, são alimentos pesados e de lenta digestão. Quanto mais difícil for para o estômago digerir, mais gases produz.

Se quiser evitar a sensação de inflamação e o incômodo que este tipo de alimento pode chegar a provocar, recomendamos adotar uma dieta mais equilibrada, com uma maior quantidade de frutas e vegetais.

Não deixe de ler: 14 dicas para tornar a dieta mais eficaz

8. Alimentos com fibras sim, mas moderadamente

Consumir alimentos com fibras pode ajudar a diminuir o inchaço abdominal

Os alimentos com fibras são recomendados, mas é preciso ter cuidado para não consumi-los em excesso.

Consuma a quantidade diária recomendada de frutas, verduras e legumes, mas sem cair em excesso. Do contrário, um excesso de fibra pode favorecer a produção de gases e o inchaço abdominal.

Além disso, pode inclusive chegar a dificultar o funcionamento do intestino.

  • Seo, A. Y., Kim, N., & Oh, D. H. (2013). Abdominal bloating: Pathophysiology and treatment. Journal of Neurogastroenterology and Motility. https://doi.org/10.5056/jnm.2013.19.4.433
  • Jones, M. P. (2005). Bloating and intestinal gas. Current Treatment Options in Gastroenterology. https://doi.org/10.1007/s11938-005-0024-x