8 dicas para se iniciar na alimentação saudável

12 de agosto de 2019
Para desfrutar de uma alimentação saudável, não é necessário seguir dietas rigorosas. A melhor maneira de conseguir isso é fazendo mudanças graduais, optando por alimentos de alta qualidade.

Com o objetivo de manter um peso equilibrado e melhorar a saúde, muitas pessoas tomaram a decisão de se iniciar na alimentação saudável. Embora não seja fácil mudar os hábitos alimentares, seguir algumas dicas pode te ajudar a obter uma nutrição melhor.

Primeiramente, é preciso que fique claro que a disciplina e a vontade é que desempenham o papel principal. Apesar de ser possível sentir os efeitos de uma boa dieta desde os primeiros dias, você terá que ser consistente com os esforços para experimentar mudanças significativas e permanentes.

Dicas para se iniciar na alimentação saudável

Para começar a desfrutar de uma alimentação saudável, não é necessário adotar planos hipocalóricos ou muito restritivos. Em vez disso, trata-se de aprender a escolher alimentos de alta qualidade que possam atender às necessidades nutricionais do corpo sem exceder as calorias.

Da mesma forma, é importante identificar os produtos alimentares que não são tão bons e que podem incidir em excesso de peso. Em seguida, confira algumas dicas que te ajudarão a melhorar sua dieta sem implicar em sofrimento. Anote!

1. Para iniciar uma alimentação saudável, evite os produtos processados

Comida processada

Um dos impedimentos para manter uma alimentação saudável é escolher alimentos processados e pobres em nutrientes. Embora estes pareçam uma forma rápida de aliviar a fome, seu teor de conservantes, gorduras e açúcar os torna prejudiciais.

Por isso, tente evitar opções como:

  • Pão e produtos de panificação industrial;
  • Carnes embutidas e pré-cozidas;
  • Tira-gostos de pacote ou frituras;
  • Doces e guloseimas;
  • Produtos enlatados;
  • Fast Food.

2. Coma boas gorduras

Em uma alimentação saudável e equilibrada é necessário adicionar fontes de gordura; porém, deve-se escolher as gorduras insaturadas em vez das gorduras trans e saturadas. Estes últimos geralmente estão presentes em produtos de origem animal e tendem a elevar os níveis de colesterol.

Em vez disso, as insaturadas estão presentes em alimentos saudáveis como, por exemplo, abacate, nozes e peixes ricos em gorduras. Essas opções não apenas fornecem menos calorias, mas também fornecem um plus de aminoácidos, oligoelementos e vitaminas importantes.

3. Se iniciar na alimentação saudável significa limitar o consumo de açúcar e sal

Para iniciar uma alimentação saudável limite o consumo de açúcar e sal

Tanto o açúcar refinado quanto o sal são ingredientes muito comuns na alimentação regular da população. Devido ao sabor que dão às refeições, para muitos são inevitáveis na hora de cozinhar. A desvantagem é que, em excesso, são prejudiciais e incidem diretamente no sobrepeso.

O açúcar pode causar distúrbios metabólicos que levam ao diabetes. Por sua vez, o sal causa retenção de líquidos e aumenta o risco de hipertensão, problemas circulatórios e doenças inflamatórias.

Leia este artigo: Hábitos que engordam e muitos desconhecem

4. Aumente o consumo de frutas e legumes

Os melhores aliados para fazer uma refeição saudável são as frutas e os legumes. Estes ingredientes são pobres em calorias e representam uma importante fonte de nutrientes essenciais. Além disso, aliviam a fome e ajudam a manter as defesas ativas.

5. Escolha grãos integrais

Pão com farinha integral

O tempo em que se demonizava as farinhas acabou. Os cereais integrais agora são recomendados como principal fonte de energia para o corpo. Estes alimentos são básicos na pirâmide alimentar e podem ser incluídos em qualquer dieta.

Além disso, também se destacam por seu teor de fibra alimentar, um nutriente essencial para a saúde digestiva e cardíaca. Algumas opções saudáveis ​​incluem aveia, centeio, gérmen de trigo e flocos de milho.

6. Faça cinco refeições diárias

Embora até poucos anos atrás se recomendasse fazer apenas três refeições principais, cinco são sugeridas atualmente. Isso não só diminui a ansiedade por comer, mas mantém o metabolismo ativo e ajuda a obter um melhor gasto de energia.

Descubra: 5 benefícios de fazer cinco refeições por dia

7. Para aderir à alimentação saudável, ATENÇÃO, cozinhe em casa

Mulher cozinhando em casa para ter alimentação saudável

Planejar os cardápios com antecedência facilita a tarefa de cozinhar em casa, a fim de manter uma alimentação saudável. Um dos obstáculos para uma alimentação equilibrada e saudável é comer “qualquer coisa” para não gastar alguns minutos na cozinha.

8. Por fim, para ter uma alimentação saudável, aumente o consumo de água

A água não contém calorias e é a melhor bebida para complementar os alimentos. Sua ingestão diária ajuda a desintoxicar o corpo e promove o processo de digestão. Além disso, também melhora o funcionamento renal e ajuda a alcançar o equilíbrio de líquidos e sais minerais.

E então, pronta para começar uma alimentação saudável? Não desespere! Tente fazer mudanças graduais para que a alimentação saudável não seja uma tortura. Claro, se você está com excesso de peso ou tem uma doença especial, consulte o seu médico para adaptar a dieta ao seu caso.