6 hábitos recomendados para regenerar os neurônios

Para regenerar os neurônios na idade adulta, basta desafiar nosso cérebro com perguntas simples, como lembrar números de telefone ou datas, ou realizar atividades físicas frequentes.

Talvez você tenha lido ou ouvido em algum lugar que todas as pessoas nascem com uma certa quantidade de células cerebrais, que vão se “desgastando” e não são substituídas.

No entanto, isso não é verdade. Na verdade, através de certos hábitos podemos regenerá-los.

Gostaria de saber quais são? Em seguida, continue lendo este artigo.

Neurogênese em adultos

O processo chamado neurogênese ocorre durante o estágio embrionário e dá ao cérebro os neurônios necessários para realizar todas as nossas atividades.

Acredita-se que, uma vez concluído, não acontece novamente em outro momento da vida. Agora, a verdade é que, na idade adulta, temos a capacidade de fabricar novas células.

Quando e por que o cérebro é responsável pela fabricação de novos neurônios? A teoria indicaria que em dado momento você percebe que não tem a quantidade necessária ou o que costumava ter enquanto era um feto no útero.

De acordo com um relatório do Instituto Médico Karonlinska na Suécia, os neurônios podem ser gerados na fase adulta com o objetivo de contribuir para o bom funcionamento do cérebro.

Mas, além disso, os cientistas afirmam que essas novas células podem ter um valor adicional: prevenir ou tratar doenças neurodegenerativas como a doença de Alzheimer.

Vale a pena notar que a neurogênese adulta tem um papel muito limitado e, por exemplo, não pode corrigir lesões cerebrais.

No entanto, já é um grande avanço saber que é possível regenerar os neurônios e que podem ser usados ​​para certos tratamentos em pacientes com história familiar de certas doenças.

Hábitos para regenerar os neurônios

Existem vários mecanismos, atividades ou métodos que nos permitem regenerar os neurônios. É mais fácil do que pensamos e eles se relacionam com os hábitos saudáveis ​​do dia-a-dia:

1. Evite álcool e drogas

Evite bebidas alcólicas se quiser regenerar os neurônios

Também o cigarro. Todas essas substâncias “matam” os neurônios e reduzem a plasticidade sináptica. Ou seja, eles não podem se conectar com outros. Essa falta de atividade é a causa da morte (não o excesso de tarefas, como dizem).

Visite este artigo: O tabaco desconta dias de sua vida

2. Faça exercícios aeróbicos

Tem muitas vantagens para a nossa saúde e, claro, para o nosso cérebro, porque aumenta a oxigenação das células.

Embora para regenerar os neurônios teríamos que praticar a atividade física de forma intensa (como, por exemplo, corridas de resistência) uma caminhada a um bom ritmo meia hora por dia poderia ser suficiente (pelo menos para começar).

  • Tente aumentar a intensidade e o tempo que você se exercita se desejar que seus neurônios sejam rejuvenescidos e façam seu trabalho de forma eficiente.

3. Tenha uma dieta saudável

Uma boa alimentação ajuda a regenerar os neurônios

Recomenda-se que a ingestão diária seja hipocalórica, ou seja, que você restrinja a quantidade de calorias e gorduras que você consome para favorecer a neurogênese no hipocampo.

Uma dieta baixa nestes elementos estimula o cérebro e melhora a produção de neurônios.

Além disso, os alimentos ricos em Omega 3, como o salmão, abacate e azeite, contribuem para esse processo. Não hesite em adicioná-los às suas refeições.

4. Ter relações sexuais

A relação sexual está ligada à geração de neurônios, porque aumentam a quantidade de elementos químicos no cérebro.

Os impulsos originados no hipocampo durante o sexo desenvolvem a neurogênese adulta. A quantidade ou intensidade de encontros íntimos dependerá de cada pessoa, embora uma vez por semana seja o mínimo recomendado.

Você quer saber mais? 5 hábitos simples que regeneram seus neurônios (neurogênese)

5. Controle o estresse

O estresse evita a regeneração dos neurônios

Existem diferentes tipos de estresse, mas, neste caso, nos referimos ao negativo; isto é, aquele que, ao invés de ajudar o cérebro, coloca-o sob tanta pressão que não pode fazer seu trabalho corretamente.

De que maneira podemos estar menos estressados ​​e sobrecarregados com tudo o que nos acontece? Existem diferentes técnicas, desde meditação até Ioga, através de banhos de imersão ou viagens para o campo.

Você decide o que é melhor para você e o que melhor funciona para você. O mais importante de tudo é que, quando você está calmo, sua mente pode regenerar os neurônios. Portanto, é mais do que aconselhável fazer todo o possível para relaxar.

6. Mantenha o cérebro ativo

Isso é fundamental, porque os neurônios não “desaparecem” devido ao excesso de atividade, mas por causa da falta de “motivação” (para explicá-lo de alguma forma).

Além de passar horas fazendo sudoku ou palavras cruzadas, existem outras formas de estimular o cérebro e mantê-lo ativo.

Aqui você também pode escolher o que parecer mais apropriado, divertido ou agradável. Talvez você prefira ler romances, fazer contas sem usar a calculadora, lembrar-se de números de telefone ou aniversários…

Outras opções são manter a interação social com aqueles ao seu redor ou alterar determinados hábitos diários, tais como:

  • Escove os dentes com a outra mão
  • Faça uma rota diferente de casa para o trabalho
  • Deixe-se surpreender por algum episódio imprevisto (você não precisa organizar tudo).

Como você viu, terapias, tratamentos ou medicamentos caros não são necessários para regenerar os neurônios. É uma questão de melhorar certos hábitos que, em suma, permitirá que você viva mais plenamente e evite doenças ou problemas futuros.

Recomendados para você