Cigarro: plantas que ajudam a se livrar desse mal

· 28 de dezembro de 2013
Unidas a sua força de vontade, plantas como a flor de maracujá e o alcaçuz farão com que os efeitos da síndrome de abstinência sejam muito menores.

Fumar é um dos piores hábitos para a saúde, o vício, a dependência que a nicotina e todos os componentes cancerígenos do cigarro causam, nos obrigam a continuar escravizados diariamente por esse composto que marca nossas horas e nossos costumes, corroendo pouco a pouco nossa saúde.

Deixar de fumar requer grande força de vontade e determinação pessoal, assim é possível deixar o hábito e iniciar uma vida mais saudável.

Para isso é necessária ajuda profissional e motivação. As estatísticas demonstram que muitas das pessoas que deixaram de fumar por si só apresentaram: vontade, perseverança e a necessidade de viver de maneira mais saudável.

Esses devem ser os pilares fundamentais sobre os quais apoiaremos nossa determinação, principalmente para aqueles que fumam a mais de 20 anos diariamente.

As plantas que apresentaremos a seguir podem ser de grande ajuda para diminuir a ânsia, relaxar e suavizar a síndrome da abstinência.

Além disso, são fáceis de encontrar, seu preparo é simples, e basta inclui-las diariamente na alimentação; tentando principalmente mudar os costumes, praticando esportes e lutando contra o desejo de fumar.

Passiflora ou flor da paixão

Essa flor tem a capacidade de minimizar a síndrome de abstinência, relaxar e ajudar a descansar. Para prepará-la é muito indicado utilizar as pétalas e frutos secos.

Utilize uma colher de sopa das partes secas e coloque-as em um bule com água fervente. Em seguida, deixe repousar por 10 minutos. É indicado tomar antes de se deitar, para descansar melhor e acordar relaxado.

Saiba mais: Passiflora para controlar a pressão arterial

Regaliz ou alcaçuz

O alcaçuz tem sido utilizado há séculos como substituto do cigarro, já que mastigar sua raiz oferece um grande benefício físico e psicológico.

Além disso, relaxa e seus componentes não apenas aliviam a abstinência, como também ajudam a prevenir o câncer de pele.

É uma planta com pouca toxidade, mas é contraindicada para diabéticos, já que reage com certos medicamentos.

Pode ser consumido de várias formas: em pó e em infusão, em decocção, mastigando sua raiz ou inclusive consumindo as pastilhas de alcaçuz vendidas em lojas de produtos naturais.

Leia mais: Xarope de tomilho e alcaçuz para aliviar a tosse

Gengibre

Gengibre ajuda a parar com cigarro

O gengibre tem grandes benefícios para a saúde, principalmente para o sistema digestivo.

Por isso, é muito habitual aparecer em muitas receitas de cozinha e em remédios naturais. A parte que costuma ser utilizada é sua raiz, portanto é apropriado tomá-la na forma de chá ou infusão.

O gengibre ajuda a minimizar a vontade de fumar, assim como o alcaçuz. Devido ao seu forte sabor, deixa uma sensação de saciedade no paladar que distrai as ânsias pelo cigarro.

Noni ajuda na abstinência do cigarro

Uma excelente planta medicinal com frutos muito característicos, utilizada em muitas culturas desde a antiguidade como remédio para muitas doenças.

Por isso, para ajudar na luta contra o cigarro é muito conveniente utilizar as folhas secas do noni para fazer infusões.

Isso permitirá não apenas relaxar e combater a abstinência, como também ajudará a descansar e melhorar a digestão.

Lembre-se, a força de vontade é indispensável para se libertar pouco a pouco da dependência. É possível começar limitando o número de cigarros que se fuma por dia, praticando esportes, e ficando atento aos instantes em que o desejo pela nicotina aparece; quando se levantar, depois de comer, quando tomar um café ou reunir familiares e amigos.

As plantas medicinais sempre serão um grande aliado nessa causa, mas a força de vontade é a principal arma pessoal para se libertar da nicotina.

  • DE, O. F. T. Suco de NONI.
  • Sánchez-Hernández, J. A., García-Amaya, C. V., & Muñoz-Zurita, G. (2017). Tabaquismo y atipias celulares cérvico-vaginales. Atención Familiar24(1), 3-7.
  • Silva, M. A. M. A. D. (2017). O efeito da infusão de gengibre no fluxo salivar em indivíduos fumadores (Doctoral dissertation).
  • Figueiredo, D. A. F. D. (2013). Avaliação de efeitos terapêuticos e nutricionais da farinha de Passiflora edulis (maracujá-amarelo) em estudos pré-clinícos com ratos.